Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comissão Europeia admite proibir pesticidas devido ao impacto sobre as abelhas

Alimentação, Agricultura e Pesca

  • 333

Em causa estão pesticidas produzidos pelas farmacêuticas Bayer e Syngenta

A Comissão Europeia pode propor a interdição de usar determinados pesticidas, após a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) revelar conclusões "inquietantes" sobre o seu impacto nas abelhas.

"A EFSA apresentou hoje conclusões inquietantes sobre o impacto de três tipos de produtos sobre o néctar e o pólen", explicou Frédéric Vincent, porta-voz do comissário europeu da Saúde e Defesa do Consumidor, Tonio Borg, adiantando que o parecer foi pedido pela Comissão.

"Esta semana" vai ser enviada uma carta ao grupo alemão Bayer e ao suíço Syngenta, que produzem pesticidas com os três neonicotinóides em causa (Clotianidina, Tiametoxam e Imidaclopride), nomeadamente o Cruiser OSR, podendo as empresas responder até ao dia 25 de janeiro.

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária e a Federação Nacional dos Apicultores de Portugal nada sabem sobre o problema.