De acordo com a EFE, que cita um funcionário do velódromo, Conrad Readman, de 49 anos, sofreu um colapso quando se encontrava numa das casas de banho do recinto e foi assistido durante 23 minutos por uma equipa médica no local, antes de ser transportado ao hospital, onde acabaria por morrer.

O adepto foi encontrado na tarde em que Victoria Pendleton conquistou o ouro na prova de keirin e a seleção britânica feminina se sagrou campeã olímpica de perseguição, com novo recorde mundial.