Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Festival Periferias: Cinema ao ar livre entre Marvão e Valencia de Alcántara, do outro lado da fronteira

Ver

Levar filmes a aldeias e lugares históricos da raia, onde não existem salas de cinema. Assim se faz mais uma edição do Periferias – Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara, a decorrer até 18 de agosto nos dois lados da fronteira

Antiga Estação da Beirã

Antiga Estação da Beirã

Surgiu em 2013 com o intuito de levar cinema a aldeias e lugares isolados da região raiana, a bem da descentralização cultural. Este ano, são 30 os filmes que fazem a 7ª edição do Periferias – Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara, a decorrer entre os dias 10 e 18 deste mês. Os cenários escolhidos para as sessões também fazem a diferença: a desativada Estação de Comboios da Beirã, as ruínas da cidade romana de Ammaia, a praça de touros de Santo António das Areias (uma estreia), além de castelos e praças.

O festival continua a apostar em produções recentes dos dois lados da fronteira. É o caso de Diamantino, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt (12 ago); Batida Lisboa, de Rita Maia de Vasco Viana (14 ago); Debaixo do Céu, de Nicholas Oulman e de Buñuel en el Labirinto de Las Tortugas, de Salvador Simó Busom (ambos 16 ago). Destaque especial para a pré-estreia do documentário sobre o escritor moçambicano Mia Couto, Sou Autor do Meu Nome, de Solveig Nordlund (14 ago). A abertura do Periferias acontece neste sábado, 10, no Castelo de Marvão, com o filme Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos, de João Salaviza e Renée Nader Messora, e a presença dos realizadores. O programa inclui ainda concertos, exposições, visitas guiadas e passeios pedestres.

PROGRAMA COMPLETO

10 AGOSTO

Castelo de Marvão (Portugal) 21h30

Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos, de João Salaviza e Renée Nader Messora (com a presença dos realizadores)

11 AGOSTO

Centro Cultural de Marvão (Portugal) 16h

Hiper-Mulheres, de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro

12 AGOSTO

Praça de Touros de Santo António das Areias (Portugal) 21h30

Diamantino, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

13 AGOSTO

Castelo de Valencia de Alcántara (Espanha) 21h30

Siembra, de Angela Osorio e Sérgio Lozano

14 AGOSTO

Casa da Cultura de Marvão (Portugal) 21h30

SOU AUTOR DO MEU NOME – Mia Couto, de Solveig Nordlund

Estação de combóios Beirã (Portugal) 21h30

Batida Lisboa, de Rita Maia e Vasco Viana (com a presença do realizador Vasco Viana)

15 AGOSTO

Fontanheira (Portugal) / (Espanha) 21h30

Renault 12, de Mohamed El Khatib

16 AGOSTO

Centro Cultural de Marvão (Portugal) 15h

Seleção de filmes CINEECO - Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela

CASTELO DE VIDE (Portugal) 21h30

Debaixo do Céu, de Nicholas Oulmann

Calle Cortizada - Valencia de Alcántara (Espanha) 22h30

Buñuel en el Laberinto de las Tortugas, de Salvador Simó

17 AGOSTO

Ammaia - Ruínas da cidade romana (Portugal) 21h30

Cafarnaum, de Nabine Labaki

CEDILLO (Espanha) 21h30

Cielo, de Alison McAlpine

17 AGOSTO

GALEGOS (Portugal) 21h30

Mabata Bata, de Sol de Carvalho

18 AGOSTO

Museu Vostell – Malpartida de Cáceres (Espanha) 21h

Jaar, El Lamento de Las Imagénes, de Paula Rodriguez

Periferias – Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara > 10-18 ago > €5 (sessão), €30 (passe), estudantes €3, menores de 12 anos grátis