Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

"And So You See…": Um solo/provocação no Museu de Serralves, no Porto

Ver

A sul-africana Robyn Orlin cruza a performance com a dança e destrói estereótipos sobre a sociedade do pós-apartheid. O solo And so you see... sobe ao palco do Auditório do Museu de Serralves, no Porto, nesta terça-feira, 19

O solo é interpretado pelo jovem Albert Khoza

O solo é interpretado pelo jovem Albert Khoza

Jerome Seron

É uma figura curiosa, uma espécie de ogre azul emplumado com trejeitos femininos, capaz de destruir qualquer estereótipo que possa existir sobre os sul-africanos. Neste solo, criado pela sua conterrânea Robyn Orlin, o jovem Albert Khoza tem tanto de diva quanto de ditador, deitado numa chaise-longue de costas para o público, com a sua imagem em grande plano captada ao vivo e plasmada no ecrã. Símbolo de um país em desintegração, Khosa carrega simultaneamente tradições ancestrais e uma esperança de modernidade.

Como uma crisálida, neste caso presa em celofane (de que se vai soltando), o intérprete revela-se perante as câmaras em metamorfose constante, ao longo de uma hora de atuação bem-humorada, sensual, extravagante, narcísica e inquieta. As questões em torno da cultura, da História e da identidade sul-africanas, caras a Robyn Orlin em 20 anos de trabalho, encontram nesta peça o cúmplice perfeito. Um espetáculo que não foge a controvérsias e provocações, na fronteira entre a performance e a dança.

And So You See… > Auditório do Museu de Arte Contemporânea de Serralves > R. D. João de Castro, 210, Porto > T. 22 615 6584 > 19 mar, ter 22h > €7,50