Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Está aí a primeira temporada do LU.CA, o novo teatro de Lisboa para crianças e jovens

Ver

É com espetáculos de teatro, dança, marionetas e conferências que começa a programação do novo Teatro Luís de Camões, em Lisboa, exclusivamente dedicado a produções para crianças e jovens. Em sete pontos, dizemos-lhe o que não deve perder

"Um Tigre-Lírio é difícil de encontrar" é a primeira peça de teatro escrita e ensaiada a partir da sala do novo Teatro Luís de Camões

"Um Tigre-Lírio é difícil de encontrar" é a primeira peça de teatro escrita e ensaiada a partir da sala do novo Teatro Luís de Camões

Alipio Padilha

1. Dia de Abertura
Há música e dança neste sábado, 8, a partir das 16h30, dia em que abre a temporada de espetáculos do Teatro Luís de Camões – LU.CA, na Ajuda, em Lisboa. “Desafiámos o Bruno Pernadas para um concerto especial composto por bandas sonoras de filmes animados, como a Pantera Cor-de-Rosa. Depois, às 17h30, um DJ set com Pedro Ramos e Tomás Wallenstein fecha uma tarde onde pais e filhos vão poder dançar juntos”, explica a diretora artística do LU.CA, Susana Menezes. A entrada é livre.

2. “Um Tigre-Lírio é difícil de encontrar”
“É um espetáculo que explora toda a maquinaria de cena, da teia ao subpalco”, descreve Susana Menezes. A equipa do encenador Alex Cassal trabalhou durante todo o verão para preparar a estreia, a 15 de setembro, da primeira peça de teatro escrita e ensaiada a partir da sala do LU.CA.

3. Dois ciclos
Uma intervenção plástica no entrepiso do teatro, o espetáculo Impossível (e lançamento do respetivo livro) e o filme-concerto Vazio preenchem o ciclo dedicado à ilustradora Catarina Sobral, de 3 a 14 de outubro. Também João Fazenda vai intervir, com carta-branca, no entrepiso do LU.CA, quando a 30 de outubro tiver início o ciclo com o seu nome, que contará com oficinas para escolas e com o espetáculo Retrato Falado, que mistura projeções e desenho ao vivo.

4. Miniconferências
“No teatro também se pensa, discute, problematiza e aprende, claro.” A frase da diretora artística do LU.CA justifica a escolha das Miniconferências para Miúdas e Miúdos Curiosos como um dos destaques da temporada, com debates sobre temas como a utopia, dias 20 e 21 de outubro, e o racismo, dias 24 e 25 de novembro. Este último voltará a estar em destaque na sessão de cinema 
A Diferença e o Racismo, também no dia 25 de novembro, incluída no festival Play, que decorre ali e em vários lugares da cidade.

5. “Poemas de Pé 
para a Mão”
Nos dias 27 e 28 de outubro, a poesia chega ao LU.CA em forma de recital e para maiores de seis anos. Com poemas de Regina Guimarães, encenação de Joana Providência e interpretação de Margarida Gonçalves, Poemas de Pé para a Mão saltita entre mini--histórias enquanto se fala da palavra que queria casar-se ou dos cinco dedos que são filhos da mão.

6. “Bianca Branca”
Numa altura em que há menos propostas de dança contemporânea para crianças, Bianca Branca, de Leonor Keil, destaca-se na programação do LU.CA de novembro com sessões nos dias 17 e 18. Este é o primeiro espetáculo a solo da bailarina e coreógrafa para crianças – a partir do conto Bianca, de Fausto Gilberti –, com interpretação de Rita Omar.

7. “5 Fábulas para
 não Adormecer”
O projeto de teatro de marionetas de Caroline Bergeron tem estreia agendada para dezembro, com sessões em dois fins de semana, nos dias 8, 9, 15 e 16. É o primeiro espetáculo de marionetas em Portugal concebido e encenado por Caroline Bergeron, assim como a primeira coprodução do Teatro LU.CA com outros teatros nacionais. São cinco histórias que ironizam sobre o que somos e que vão encher os espetadores de ternura.

O Teatro Luís de Camões, em Lisboa, tem uma programação para crianças e jovens

O Teatro Luís de Camões, em Lisboa, tem uma programação para crianças e jovens

Marcos Borga

LU.CA - Teatro Luís de Camões > Calçada da Ajuda, 80, Lisboa > T. 21 593 9100