Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

25 artistas de rua e 60 espetáculos no primeiro Porto Busker Fest

Ver

A primeira edição do Porto Busker Fest junta 25 artistas em 60 espetáculos nas ruas da Baixa. Para ver todos os fins de semana, até final de agosto

Até final de agosto há 60 espetáculos gratuitos para ver no Porto Busker Fest

Até final de agosto há 60 espetáculos gratuitos para ver no Porto Busker Fest

São atuações livres e gratuitas. De acrobatas e malabaristas, de clowns e ilusionistas, de músicos e estátuas vivas. Os buskers, nome pela qual são conhecidos os artistas de rua, fazem das ruas da Baixa palco para a primeira edição do Porto Busker Fest, que tem início este sábado, 4. Em praças e ruas, todos os fins de semana, até final de agosto, serão 60 espetáculos a cargo de 25 artistas.

A animação vai permitir caminhar entre 15 palcos improvisados, que podem ser encontrados ao virar de uma esquina, numa praça ou até mesmo no átrio de uma estação de metro. A surpresa do inesperado, os truques de magia, a comédia, as manobras de acrobacia e a performance vão, assim, mudar o ritmo e o humor da cidade. “É um festival que reúne os buskers que atuam na rua e ganham dinheiro com isso”, diz Rui Miguel Silva, um dos programadores da iniciativa, em conjunto com Nuno Lacerda.

São 15 os palcos improvisados por onde vão passar mais de 25 artistas portugueses e estrangeiros

São 15 os palcos improvisados por onde vão passar mais de 25 artistas portugueses e estrangeiros

Divulgacao

O objetivo é reunir artistas de expressões diversas, que usam a rua como ferramenta de expressão, numa iniciativa única que oferece espetáculos com humor e ritmo, em diferentes pontos da cidade. O Porto Busker Fest, que no futuro pode vir a ser um festival, arranca este fim de semana com 13 apresentações, divididas entre as praças dos Poveiros e da Batalha, além das ruas de Santa Catarina e do Bomjardim. A abrir estão as atuações do músico portuense Jah Radio, do grupo Bassement, do comediante ambulante Diogo Duro, além da magia da polaca Ola Muchin e as acrobacias do performer argentino Juan Abalos.

Com um cartaz marcado pela interação entre os artistas que vivem na cidade e os convidados estrangeiros, pretende-se elevar os espetáculos de rua a um outro nível, tal como, sublinha Rui Miguel Silva, já acontece noutros países europeus. Integrada no programa Verão é no Porto, a iniciativa é uma organização conjunta do Porto Busker e da Câmara da cidade.

Porto Busker Fest > Baixa do Porto > 4-26 ago, sáb-dom 15h-19h