Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma escola transformada num hotel… mas só por uns dias

Ver

A terceira edição do Sleep In Porto, mostra de arquitetura e design de interiores, ocupa a antiga (e abandonada) escola primária 85 da Foz do Douro com propostas de 12 designers para um hotel imaginário. Veja a galeria de fotos

Lucília Monteiro

Lucília Monteiro

Repórter Fotográfico

O lobby deste hotel imaginário, para onde se entra depois de atravessar a receção decorada por Jorge Cássio, esteve a cargo da Nuance Home Design que, entre vários detalhes, nos apresenta uma mesa (com mais de seis metros de comprimento) e bancos feitos em madeira maciça
1 / 13

O lobby deste hotel imaginário, para onde se entra depois de atravessar a receção decorada por Jorge Cássio, esteve a cargo da Nuance Home Design que, entre vários detalhes, nos apresenta uma mesa (com mais de seis metros de comprimento) e bancos feitos em madeira maciça

Lucília Monteiro

O Mercado Loft Store e Mariana Setas decoraram um quarto "o mais ecológico e natural possível" a pensar num piloto de aviões (Andy Terence, nome fictício) da Red Bull Air Race. É um lugar onde alguém com uma profissão de adrenalina "pode fazer um retiro e aterrar em terra", conta Alexandra Dinis, responsável pelo Mercado Loft Store
2 / 13

O Mercado Loft Store e Mariana Setas decoraram um quarto "o mais ecológico e natural possível" a pensar num piloto de aviões (Andy Terence, nome fictício) da Red Bull Air Race. É um lugar onde alguém com uma profissão de adrenalina "pode fazer um retiro e aterrar em terra", conta Alexandra Dinis, responsável pelo Mercado Loft Store

Lucília Monteiro

A arquiteta de interiores Maria Ilharco Moura desenhou um quarto a pensar num casal alemão (Karen e Peter Müller) que se encontram a fazer o Caminho de Santiago em bicicleta. Na decoração, onde sobressaem o algodão, linho e cobre, é dada atenção "ao conforto, à paz e a um bom banho depois da caminhada", a atenção volta-se para um candeeiro feito com lãs
3 / 13

A arquiteta de interiores Maria Ilharco Moura desenhou um quarto a pensar num casal alemão (Karen e Peter Müller) que se encontram a fazer o Caminho de Santiago em bicicleta. Na decoração, onde sobressaem o algodão, linho e cobre, é dada atenção "ao conforto, à paz e a um bom banho depois da caminhada", a atenção volta-se para um candeeiro feito com lãs

Lucília Monteiro

À designer de interiores Cristina Archer coube a decoração da suite "de um hóspede rico, com 50 anos, bon vivant e que gosta de viver em hotéis". Figueiredo de Sá (nome fictício) gosta de expor as fotografias que tira em África ou na Indonésia, e é um apaixonado por livros de arte que tem expostos na sala de estar
4 / 13

À designer de interiores Cristina Archer coube a decoração da suite "de um hóspede rico, com 50 anos, bon vivant e que gosta de viver em hotéis". Figueiredo de Sá (nome fictício) gosta de expor as fotografias que tira em África ou na Indonésia, e é um apaixonado por livros de arte que tem expostos na sala de estar

Lucília Monteiro

O teto do quarto idealizado pela dupla Ana e Mafalda Lencastre é feito de caniços de bambu. "Apostámos num estilo rústico, mas mais jovem, respeitando a traça colonial da casa", contam. A dupla criou um quarto para duas amigas italianas (Francesca Morosi e Giullia Andrez) que viajam pelo Porto de moto, gostam da vida noturna, de praias e compras
5 / 13

O teto do quarto idealizado pela dupla Ana e Mafalda Lencastre é feito de caniços de bambu. "Apostámos num estilo rústico, mas mais jovem, respeitando a traça colonial da casa", contam. A dupla criou um quarto para duas amigas italianas (Francesca Morosi e Giullia Andrez) que viajam pelo Porto de moto, gostam da vida noturna, de praias e compras

Lucília Monteiro

A decoradora Paula Franzini pensou numa suite cheia de ramos de flores para receber uma famosa editora de moda internacional (Margot Lefevre) "feminina, extravagante e idolatrada por todos os estilistas em qualquer parte do mundo"
6 / 13

A decoradora Paula Franzini pensou numa suite cheia de ramos de flores para receber uma famosa editora de moda internacional (Margot Lefevre) "feminina, extravagante e idolatrada por todos os estilistas em qualquer parte do mundo"

Lucília Monteiro

O wine bar deste hotel de charme, bem como a biblioteca, são da autoria de Nuno Ribeiro e Nuno Pinto Leite. Com um pé direito de seis metros, a decoração é uma apologia ao vinho, desde os pufes em tecido de cortiça às dezenas de alguidares de plástico que cobrem as janelas e dão um invulgar jogo de cores ao espaço
7 / 13

O wine bar deste hotel de charme, bem como a biblioteca, são da autoria de Nuno Ribeiro e Nuno Pinto Leite. Com um pé direito de seis metros, a decoração é uma apologia ao vinho, desde os pufes em tecido de cortiça às dezenas de alguidares de plástico que cobrem as janelas e dão um invulgar jogo de cores ao espaço

Lucília Monteiro

A biblioteca aproveitou milhares de livros antigos, encontrados ao abandono no edifício da escola
8 / 13

A biblioteca aproveitou milhares de livros antigos, encontrados ao abandono no edifício da escola

Lucília Monteiro

A Nieta-Atelier (da dupla Nieta e João Durão) reconverteram um dos espaços da cave num spa etnic-chic com total respeito pela natureza e materiais orgânicos e sustentáveis. Às almofadas em algodão e tapetes em juta juntam-se peças da ceramista Anna Westerlund
9 / 13

A Nieta-Atelier (da dupla Nieta e João Durão) reconverteram um dos espaços da cave num spa etnic-chic com total respeito pela natureza e materiais orgânicos e sustentáveis. Às almofadas em algodão e tapetes em juta juntam-se peças da ceramista Anna Westerlund

Lucília Monteiro

A concept store de Teresa Pinho e Inês Fleming recria a loja do hotel onde se pode comprar roupa e acessórios. Inspiraram-se nas malas de viagem daí o facto de o teto ser em xadrez a imitar o interior das malas
10 / 13

A concept store de Teresa Pinho e Inês Fleming recria a loja do hotel onde se pode comprar roupa e acessórios. Inspiraram-se nas malas de viagem daí o facto de o teto ser em xadrez a imitar o interior das malas

Lucília Monteiro

Manuela Pinto (da Código Design) idealizou uma cozinha, com materiais inovadores, pensada para um cliente de hotel que queira cozinhar
11 / 13

Manuela Pinto (da Código Design) idealizou uma cozinha, com materiais inovadores, pensada para um cliente de hotel que queira cozinhar

Lucília Monteiro

A sala de pequenos-almoços do hotel foi recriada pela Costa Nova
12 / 13

A sala de pequenos-almoços do hotel foi recriada pela Costa Nova

Lucília Monteiro

A mostra de decoração e arquitetura de interiores Sleep in Porto ocupou a antiga escola primária 85 da Foz do Porto
13 / 13

A mostra de decoração e arquitetura de interiores Sleep in Porto ocupou a antiga escola primária 85 da Foz do Porto

Lucília Monteiro

A escola primária 85 da Foz do Porto foi o primeiro infantário da cidade e terá sido o segundo do País (inaugurado em 1916). O edifício de início do século XX, dotado ao abandono há vários anos, está reconvertido num hotel – só até 13 de maio – a propósito da terceira edição do Sleep In Porto, iniciativa que tem levado propostas de decoração de interiores a lugares improváveis da cidade como já aconteceu, em anos anteriores, no Cais Novo e no Forte de São João Batista.

A mostra de arquitetura e design de interiores juntou 12 designers e uma série de marcas, não só na reconversão dos espaços como na reabilitação possível do edifício, cujo chão e paredes se encontravam bastante danificados. “O Sleep In vive destes espaços inusitados, abrindo ao público edifícios cheios de emoções que habitualmente o público não conhece”, afirma Dina Souto Rosa, a mentora e dinamizadora da iniciativa. Pelo menos por uns dias, a antiga escola está reconvertida num hotel de charme, com cada um dos espaços do seu interior transformado em receção, lobby, quartos e suites (pensados para clientes com nomes fictícios), e onde nem sequer faltam um spa, um wine bar, duas cozinhas e uma biblioteca, onde estão alguns dos milhares de livros antigos que ali foram encontrados “ao abandono”.

Entre provas de vinhos e lançamentos de livros, o Sleep in Art Day convida, no próximo sábado, 12, vários artistas plásticos e fotógrafos a produzirem obras de arte com um fim social (as vendas revertem a favor das associações Somos Nós e ADDIM).

Sleep In Porto > Escola 85 Foz do Porto, R. do Passeio Alegre, 85, Porto > Até 13 mai, seg-dom 11h30-20h30 > grátis