Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Festa rija no 86º aniversário do Teatro Rivoli, no Porto

Ver

Com o espetáculo de Mathilde Monnier como charneira, o soprar de velas do 86º aniversário do Teatro Rivoli, no Porto, contará com muitas outras propostas para toda a família. A festa faz-se este sábado, 20, e tem entrada livre

'El Baile', da coreógrafa francesa Mathilde Monnier, marcará o tom da festa do 86º aniversário do Teatro Rivoli, no Porto

'El Baile', da coreógrafa francesa Mathilde Monnier, marcará o tom da festa do 86º aniversário do Teatro Rivoli, no Porto

D.R.

Do tango ao futebol, dos protestos nas ruas à música rock, os 12 bailarinos argentinos incorporam a história do seu país, de 1978 até à atualidade, ao mesmo tempo que levam à cena as suas histórias pessoais. Mathilde Monnier, coreógrafa francesa bem conhecida do público português, contou com a ajuda preciosa do escritor argentino Alan Pauls na criação de El Baile, que lhe forneceu uma série de pequenos quadros sobre a nação sul-americana para trabalhar de forma coreográfica. Livremente inspirado no espetáculo Le Bal, de Jean-Claude Penchenat (de 1981, que também esteve na base do filme de Ettore Scola), sobre a história da França, a produção franco-argentina marcará o tom da festa do 86º aniversário do Teatro Rivoli, no Porto.

Para além de dança, haverá teatro, música, instalação, literatura e performance a ocupar vários recantos, da sala de ensaios ao subpalco. A comemoração contará com a prata da casa, estreando-se o “quase-musical” Coro, dirigido por André Murraças, sobre e com os colaboradores de várias áreas do Rivoli, da limpeza às bilheteiras, com as suas vidas a servir de matéria do texto e das canções. O convite a todas as gerações reflete-se na programação, que começa de manhã com o espetáculo Poemas do Pé para a Mão, com direção de Joana Providência. As conversas com os artistas associados do Teatro Municipal do Porto também marcarão o dia: o coreógrafo Marco da Silva Ferreira apresentará uma espécie de conferência sobre a sua peça Brother, enquanto Jorge Andrade contará a história da companhia mala voadora, recorrendo a uma monografia literalmente teatral.

Entre outras propostas pensadas para este dia especial, está o Understage que porá em diálogo a música dos Gala Drop e as artes gráficas da Oficina Arara, ou a instalação/performance Soará a Silêncio, o Som de uma Revolução dentro de um Bunker, da artista plástica portuense Maria Trabulo. Como é habitual, a festa irá prolongar-se pela noite dentro, com a mesa de misturas instalada no café-teatro a ser partilhada pelos djs Rodrigo Affreixo, André Tentugal e Pedro Tudela. Parabéns ao Rivoli!

Teatro Municipal Rivoli > Pç. D. João I, Porto > T. 22 339 2201 > 20 jan, sáb 11h-04h > entrada livre (até ao limite da lotação das salas)