Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Festival Porta-Jazz: uma semana de jazz para todos, no Porto

Ver

Ao longo de uma semana, serão vários os locais, distribuídos pela cidade do Porto, que vão receber a maior edição de sempre do Festival Porta-Jazz. A partir deste sábado, 2

Os Lama atuam no Festival Porta-Jazz, na sexta, 8, no Rivoli

Os Lama atuam no Festival Porta-Jazz, na sexta, 8, no Rivoli

Valeria Cosi

O Rivoli, a Casa da Música, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), o Passos Manuel e a Sala Porta-Jazz, sede da associação que organiza o festival, vão ser os palcos de mais um Porta-Jazz, que este ano terá, segundo a organização, a maior edição de sempre.

Ao todo, e durante uma semana, estarão presentes 70 músicos nacionais e estrangeiros, numa programação composta por 17 concertos, entre estreias e as mais variadas parcerias artísticas, que são já, desde a primeira edição, uma das imagens de marca deste festival. É o caso do projeto Mirrors, que cruza música com artes plásticas e será apresentado na terça-feira, 5, no Passos Manuel.

Quanto aos artistas estrangeiros, destacam-se, por exemplo, os concertos dos coletivos suíços Gysler-Perez-Nick Trio e Controvento, que atuam sábado, 2, na Sala Porta-Jazz, os franceses In Love With, com concerto marcado para o dia seguinte, 3, na Casa da Música ou o quarteto do cubano Ariel Bringuez, que na quarta, 6, vem apresentar o espetáculo Jazzing the Classics, na FEUP.

Organizado desde 2010, o Porta-Jazz quer afirmar-se como o maior festival de jazz em Portugal, dando ao mesmo tempo a conhecer toda uma nova geração de músicos, compositores e intérpretes, como é o caso do Ricardo Toscano Quarteto e dos Axes, que tocam, respetivamente, a 7 e 8, no Rivoli.

Em paralelo com os concertos, haverá lançamentos de discos, oficinas de jazz na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), jam sessions e ainda um encontro de escolas de jazz no Conservatório de Música do Porto.

Festival Porta-Jazz > várias salas, Porto > 2-9 dez, sáb-sáb > €5