Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

'Rosas de Ermera': Uma história do século XX

Ver

O percurso da família de José Afonso confunde-se com o de Portugal, num documentário com emoções fortes. Rosas de Ermera, de Luís Filipe Rocha, já está nas salas de cinema

Rosas de Ermera, que conta a história da família de Zeca Afonso, é um documentário rico em emoções

Rosas de Ermera, que conta a história da família de Zeca Afonso, é um documentário rico em emoções

Entre Moçambique, Coimbra e Timor Leste se conta a história da família de Zeca Afonso, que se confunde com a História de Portugal do século XX. Rosas de Ermera é um documentário rico em emoções, que nos faz entrar a fundo em realidades ao mesmo tempo próximas e distantes. Tudo isto anos antes de ter surgido o grande músico e escritor de canções...

A história do filme começa em Moçambique, onde vivia a família Afonso Santos: o pai, a mãe e os três filhos – João, Zeca e Mariazinha. Nas memórias, o “período africano” é visto como uma espécie de paraíso na terra ou paraíso perdido. O pai, juiz, decide aceitar a colocação em Timor Leste e os caminhos bifurcam-se. Mariazinha parte com os pais, enquanto os irmão são enviados para Coimbra, para casa de uma tia. Vivências opostas. E muito atribuladas. Sobretudo a de Mariazinha e os pais, cuja permanência em Timor coincide com a II Guerra Mundial e a invasão da ilha pelos japoneses.

É emocionante acompanhar Mariazinha, com os seus 83 anos, nesta viagem de regresso a Timor (onde nunca tinha voltado desde a infância), passando por todas as casas e locais que compuseram a sua estadia. Durante o período mais crítico, protegiam-se dos bombardeamentos dos “aliados” australianos, enquanto ficavam subjugados ao poder japonês, em campos de refugiados, lutando dia a dia por bem essenciais. Um testemunho impressionante de um período da nossa História recente. Isto em contraste com a vivência de João e Zeca, retrato do Portugal acanhado dos anos 40, um meio muito conservador e provinciano.

Luís Filipe Rocha, mais conhecido como autor de filmes de ficção, encontra um dispositivo simples para contar esta história, com o recurso a imagens de arquivo e aos testemunhos, incrivelmente sóbrios e claros, de João e Mariazinha.

Rosas de Ermera > de Luís Filipe Rocha > documentário > 125 minutos