Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Todos ao palco no festival Materiais Diversos

Ver

O festival Materiais Diversos junta em cena artistas e público. Este ano, reúne dez espetáculos de dança, teatro e música, alguns em estreia. A partir desta quinta-feira, 14, em Minde, Alcanena 
e Cartaxo

Folk-S, do coreógrafo italiano Alessandro Sciarroni, é um olhar sobre folclore e danças populares através da dança contemporânea

Folk-S, do coreógrafo italiano Alessandro Sciarroni, é um olhar sobre folclore e danças populares através da dança contemporânea

Andrea Macchia

“Transações/Transformações” é o mote da 9ª edição do Materiais Diversos, que decorre em vários espaços de Minde, Alcanena e Cartaxo, e volta a colocar o diálogo entre artistas e público no centro da programação. A performance Gatilho da Felicidade, de Ana Borralho e João Galante, com 12 jovens do concelho de Alcanena, marca o início do festival (quinta, 14, às 22h, no Cine-Teatro São Pedro, Alcanena), que este ano apresenta 10 espetáculos de dança, teatro e música.

Entre as estreias, estão Nova Criação, de Filipe Pereira e Teresa Silva; o espetáculo Folk-S, um olhar sobre folclore e danças populares através da dança contemporânea, do coreógrafo italiano Alessandro Sciarroni; e Antropocenas, de Rita Natálio e João dos Santos Martins. As apresentações acontecem nos dias 15, 16 e 22, respetivamente, às 22h, no Centro Cultural do Cartaxo.

A programação inclui, de resto, propostas tão diversas como 55, onde o coreógrafo e bailarino marroquino Radouan Mriziga procura fundir o corpo com o espaço da Fábrica de Cultura de Minde; Viajantes Solitários, uma criação do Teatro do Vestido a partir de histórias de estrada de camionistas, que será apresentada num camião estacionado à porta da antiga fábrica têxtil de Minde; ou dois espetáculos que têm como ponto de partida o diálogo e a investigação sobre o território e a comunidade local – Caminhar, do Teatro do Silêncio, e Balada (das vinte meninas friorentas), de Margarida Mestre, dedicado a um público mais jovem.

Viajantes Solitários, uma criação do Teatro do Vestido a partir de histórias de estrada de camionistas, que será apresentada num camião estacionado à porta da antiga fábrica têxtil de Minde

Viajantes Solitários, uma criação do Teatro do Vestido a partir de histórias de estrada de camionistas, que será apresentada num camião estacionado à porta da antiga fábrica têxtil de Minde

Tiago Craveiro

Materiais Diversos > Vários espaços de Minde, Alcanena e Cartaxo > 14-23 set