Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

MOTELX: O regresso das lendas vivas

Ver

Alejandro Jodorowsky e Roger Corman são as grandes estrelas do festival MOTELX que leva mais de 70 (aterradoras) sessões a Lisboa, a partir desta terça-feira, 5

Tenha medo. Tenha muito medo, Está de volta o MOTELX - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, com muitos filmes de arrepiar o cabelo. Em alguns casos, o êxito mede-se pelo número de pessoas que resistem na sala (quantas menos, melhor). Mas não em todos, claro. Até porque o MOTELX, ao longo dos seus dez anos de percurso, tem servido também para construir e desconstruir preconceitos à volta do género.

Um dos ídolos do festival, o mestre Georges Romero, inventor do cinema de zombies (que passou pelo MOTELX em 2010), faleceu este ano, pelo que naturalmente lhe será prestada a devida homenagem (ainda antes da abertura oficial). Mas há muito, muito mais. Sobretudo há a visita de duas lendas vivas do cinema: o chileno Alejandro Jodorowsky, 88 anos, guru do cinema fantástico e da banda desenhada, vai estar presente no festival para uma masterclass e retrospetivas, assim como Roger Corman, 91 anos, uma das maiores referências da chamada série B americana.

Em termos de estreias, é um programa em grande, com destaque para a sessão de abertura, com Super Dark Times, filme gore do americano Kevin Philips; e o encerramento, com o aguardado IT, adaptação do best-seller de Stephen King por Andy Muschietti. Em competição, oito longas-metragens, a que se somam 33 filmes da secção Quarto de Serviço (o melhor cinema do género dos últimos dois anos). Como é hábito, o novo cinema português revela-se através de uma competição de curtas metragens que tão bons resultados tem produzido nos último anos.

MOTELX > Cinema São Jorge, Teatro Tivoli, Cinemateca Portuguesa e outros locais de Lisboa > 5-10 set > €2-€5, €15 (pack 5 bilhetes para sessões diferentes)