Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Voltou o Bons Sons à aldeia sempre em festa

Ver

Cem Soldos recebe, uma vez mais, o melhor da música portuguesa, com quatro dias de concertos distribuídos por sete palcos. O festival Bons Sons começa esta sexta-feira, 11

Os Virgem Suta são uma das bandas portuguesas a atuar no Bons Sons

Os Virgem Suta são uma das bandas portuguesas a atuar no Bons Sons

Foi em 2006 que um festival organizado por uma associação local pôs 
a pequena aldeia de Cem Soldos no mapa. Desde então, primeiro de dois 
em dois anos e anualmente desde 2015, esta localidade do concelho 
de Tomar, com pouco mais de 
600 habitantes, recebe, sempre no segundo fim de semana de agosto, uma verdadeira cimeira sonora da lusofonia, que cada vez mais se tem afirmado como uma alternativa aos festivais de verão mais comerciais. Especialmente porque propõe uma vivência real da aldeia, não encenada, através da música que é tocada nos mais variados espaços da localidade, numa lógica de festa e descoberta que se estende à própria população.

Este ano, por exemplo, entre as 
10 e as 17 horas, haverá visitas guiadas pelas ruas, a cargo de quem melhor as conhece, ou seja, as crianças de Cem Soldos. Quanto à música, serão mais de 40 concertos ao longo de quatro dias (de sexta, 11, a segunda, 14), distribuídos por sete palcos, por onde, como habitualmente, irão passar nomes consagrados e emergentes dos mais variados espetros sonoros, numa espécie de fotografia de família que a cada ano retrata o presente da música portuguesa.

O cartaz deste ano junta, entre muitos outros, nomes tão diferentes como Virgem Suta, Capitão Fausto, Manuel Fúria, Medeiros/Lucas, Né Ladeiras, Mão Morta, Paulo Bragança, Samuel Úria, Orelha Negra, Frankie Chavez ou Rodrigo Leão.

Bons Sons > Cem Soldos, Tomar > 11-14 ago, sex-seg 10h > €22 a €45 (passe)