Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Galeria Underdogs faz quatro anos e celebra no Príncipe Real

Ver

Com as obras de renovação a decorrer na galeria em Marvila, a Underdogs apresenta-se até 28 de maio na Praça do Príncipe Real, em Lisboa, com uma exposição coletiva que faz um balanço de quatro anos de atividade

Conquer the divide #10, Cyrcle, 2013
1 / 14

Conquer the divide #10, Cyrcle, 2013

Searching for Direction, Add Fuel, 2014
2 / 14

Searching for Direction, Add Fuel, 2014

O Egoísta (The Egotist), Finok, 2014
3 / 14

O Egoísta (The Egotist), Finok, 2014

Untitled (Bagnolet), Olivier Kosta-Théfaine, 2014
4 / 14

Untitled (Bagnolet), Olivier Kosta-Théfaine, 2014

Things Falling Apart 2, Clemens Behr, 2014
5 / 14

Things Falling Apart 2, Clemens Behr, 2014

Fraternité, ±MaisMenos±, 2015
6 / 14

Fraternité, ±MaisMenos±, 2015

Pedro #5, Pedrita Studia, 2015
7 / 14

Pedro #5, Pedrita Studia, 2015

The Victory of Nobody, Okuda San Miguel, 2016
8 / 14

The Victory of Nobody, Okuda San Miguel, 2016

Go Big Go Home, AkaCorleone, 2016
9 / 14

Go Big Go Home, AkaCorleone, 2016

Afroantoinette 5, Francisco Vidal, 2016
10 / 14

Afroantoinette 5, Francisco Vidal, 2016

VII, André da Loba, 2016
11 / 14

VII, André da Loba, 2016

Lifeshots 1, Wasted Rita, 2016
12 / 14

Lifeshots 1, Wasted Rita, 2016

Six Heads, Maria Imaginário, 2016
13 / 14

Six Heads, Maria Imaginário, 2016

Chromadynamica 22, Felipe Pantone, 2017
14 / 14

Chromadynamica 22, Felipe Pantone, 2017

Um programa de arte pública, com pinturas nas paredes da cidade, exposições dentro de portas, num antigo armazém em Marvila recuperado e transformado em galeria, e a produção de edições artísticas originais. Assim nasceu há quatro anos a Underdogs, a plataforma criada por Alexandre Farto (Vhils) e Pauline Foessel. O ano era 2013, mas bem vistas as coisas tudo tinha começado em 2010, com a exposição coletiva organizada na galeria Vera Cortês, em Alvalade, com trabalhos de MaisMenos±, Adres, Kuska, Mar, Obey, Ram, Smart Bastard, Shiza, Tosco e de Vhils.

Quatro anos volvidos, os artistas são outros e muitos mais na exposição que até 28 de maio, e enquanto decorrem as obras na galeria em Marvila, ocupa um palacete na Praça do Príncipe Real. Os portugueses MaisMenos±, Add Fuel, AkaCorleone, André da Loba, Estúdio Pedrita, Francisco Vidal, Maria Imaginário e Wasted Rita. A que se juntam o espanhol Okuda San Miguel, o francês Olivier Kosta-Théfaine, o brasileiro Finok, o alemão Clemens Behr, o coletivo Cyrcle e o argentino Felipe Pantone. Todos artistas que tiveram exposições individuais na Galeria Underdogs, nos últimos anos.

Em paralelo, e em jeito de balanço dos anos de atividade da plataforma nas suas três prinicipais áreas de atuação (Galeria, Programa de Arte Pública e Edições), foi editado o livro Underdogs, de Pauline Foessel e Miguel Moore, com desenho gráfico de João M. Machado.

A reabertura da galeria no número 56 da rua Fernando Palha está marcada para 16 de junho, com a exposição do australiano Anthony Lister, que começou o seu percurso artístico a pintar paredes na cidade de Brisbane e se estreia na Underdogs e em Portugal. Depois, em julho, segue-se Shepard Fairey, artista urbano e designer gráfico que vive e trabalha em Los Angeles, conhecido pelo retrato de Barack Obama (Obama Hope), a vermelho, branco e azul, espalhado pelos Estados Unidos em formato de cartaz durante a campanha das eleições presidenciais de 2008.

Underdogs Gallery | Príncipe Real > Pç. do Príncipe Real, 18, Lisboa > até 28 mai, ter-dom 11h-20h > grátis