Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Spring On!, um festival com os ritmos da primavera

Ver

O festival da Casa da Música Spring On!, dedicado aos valores emergentes do jazz, dura quatro dias e vai de Portugal à Escandinávia. A partir desta quinta-feira, 4

Os Ararur atuam na sexta, 5, trazendo jazz improvisação e música do mundo,

Os Ararur atuam na sexta, 5, trazendo jazz improvisação e música do mundo,

Há seis anos que o Spring On! nos apresenta o que de novo se vai fazendo um pouco por todo o mundo na área do jazz. Na Casa da Música, durante quatro dias, de quinta, 4, a domingo, 7, a festa, que serve também de pontapé de saída para o festival Rito da Primavera (a decorrer até final do mês, com a atuação de novos valores da música clássica), mostra-nos algumas das propostas mais “desafiantes” do jazz atual, privilegiando os projetos de músicos europeus. Com referências que podem ir além do jazz até às músicas tradicionais, às novas tendências urbanas e, até, ao rock.

O Quarteto do vibrafonista Eduardo Cardinho abre o Spring On!, com um concerto gratuito no Café Casa da Música, onde interpreta temas do seu álbum mais recente, Black Hole, considerado pela crítica como um dos discos do ano e bem recebido pelo público. O pianista Mário Laginha foi um dos que elogiou o disco, pelos seus “arranjos elaborados” e pela “evidente procura de uma linguagem própria”.

Em cada um dos restantes três dias, haverá duas bandas a atuar no palco da sala 2. Na sexta, ao jazz, à música improvisada e à world music dos Ararur (liderado pelo guitarrista e compositor António Miguel Silva) seguem-se as improvisações do trio dos italianos Emanuele Maniscalco e Francesco Bigoni e do dinamarquês Mark Solborg. Noruega e Portugal juntam-se no sábado, 6, com os escandinavos Ballrogg e o novo projeto Ciranda, de Gileno Santana (trompete) e Inês Vaz (acordeão) que une o popular ao erudito.

As novas tendências do jazz mostram-se ainda no domingo, 7, com a dupla francesa Watchdog, laureada do Jazz--Migration 2016/17, e o projeto Axes, onde se incluem as composições mais recentes de João Mortágua, músico diplomado da ESMAE – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, no Porto.

Spring On! > Eduardo Cardinho Quarteto (Café) > 4 mai, qui 22h > grátis > Ararur + Maniscalco-Bigoni-Solborg Trio (sala 2) > 5 maio, sex 22h > Ballrogg + Ciranda (Sala 2) > 6 mai, sáb 22h > Watchdog + Axes (Sala 2) > 7 mai, dom 22h > Casa da Música > Av. da Boavista, 604, Porto > T. 22 012 0220 > €11/dia, €25 (bilhete festival)