Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Concertos de Páscoa: Com Cristo e em Cristo

Ver

  • 333

No seu Ciclo Pascal, a Casa da Música, no Porto, estreia esta terça-feira, 4, a monumental Stabat Mater Dolorosa, de James Dillon. Ao primeiro dos Concertos de Páscoa segue-se, até dia 12, a apresentação de várias outras obras de música sacra

A peça Stabat Mater Dolorosa, de James Dillon, será interpretada pelo Remix Ensemble e pelo Coro Casa da Música

A peça Stabat Mater Dolorosa, de James Dillon, será interpretada pelo Remix Ensemble e pelo Coro Casa da Música

“Belo, estranho e comovente” foi como o jornal inglês The Guardian descreveu a Stabat Mater Dolorosa, de James Dillon, que estreia na Casa da Música, no Porto, logo no primeiro dos Concertos de Páscoa, na terça-feira, 4. Escrita para 12 cantores e 12 instrumentistas, a peça para ensemble, eletrónica e coro, interpretada pelo Remix Ensemble e o Coro Casa da Música, também considerada pela crítica uma obra “poderosamente original”, resulta de uma encomenda conjunta da BBC, Casa da Música e do Festival de Huddersfield. O escocês James Dillon – compositor em associação 2017 – voltará, no dia 8, a estar no centro de atenções quando a sua Via Sacra for interpretada pela Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música juntamente com a Hymne au Saint Sacrement, de Olivier Messiaen, e a orquestral Sinfonia de Requiem, de Benjamin Britten.

O ciclo de música sacra percorre, lembra António Jorge Pacheco, diretor artístico e de educação da Casa da Música, “um repertório de vários séculos dedicados ao tema pascal, à morte e ressurreição de Cristo”. A Banda Sinfónica Portuguesa interpreta, no dia 9, um programa exclusivo de obras britânicas, de Edward Gregson, Martin Ellerby e Philip Sparke, no qual se estabelece “uma relação entre características puramente musicais e a perceção visual das cores”.

O Pranto de Maria, pela Orquestra Barroca, encerra o ciclo, no dia 12, já na semana da Páscoa. Nesse concerto, ouviremos, entre outras, a cantata Il Pianto di Maria, do compositor italiano Ferrandini, com a soprano portuguesa Mónica Monteiro a encarnar a personagem e os lamentos da Virgem Maria após a Paixão de Cristo; e Salve Regina de Vivaldi, uma das obras vocais favoritas do período Barroco.

Concertos de Páscoa > Casa da Música > Av. da Boavista, 604, Porto > T. 22 012 0220 > Remix Ensemble/Coro Casa da Música > 4 abr, ter 19h30 > €13 a €15 > Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música > 8 abr, sáb 18h > €16 a €18 > Banda Sinfónica Portuguesa > 9 abr, dom 12h > €10 a €12 > Orquestra Barroca Casa da Música > 12 abr, qua 21h > €16 a €18