Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Música para os sentidos, no Festival para Gente Sentada

Ver

  • 333

A brasileira Mallu Magalhães e o sueco José González são os cabeças de cartaz da edição deste ano do Festival para Gente Sentada, em Braga

Mallu Magalhães estará no palco do Theatro Circo em versão voz e viola

Mallu Magalhães estará no palco do Theatro Circo em versão voz e viola

Depois de dez anos a realizar-se em Santa Maria da Feira, onde recebeu nomes como Devendra Banhart, Sufjan Stevens, Bill Callahan ou Tinderstiks, o Festival para Gente Sentada, dedicado em exclusivo a cantautores, mudou-se no ano passado para Braga, onde regressa este ano para duas noites de concertos despidos de artifícios e distribuídos por vários espaços da cidade.
Um dos primeiros nomes a ser anunciado foi o da brasileira Mallu Magalhães, que reparte o estatuto de cabeça de cartaz com José González. A jovem cantora paulista começou a compor as suas próprias músicas aos 12 anos, tornando-se desde muito cedo um fenómeno de culto na internet. Conta já com três álbuns em nome próprio e mais recentemente formou, com o marido Marcelo Camelo e com o baterista português Fred Ferreira, a Banda do Mar. O seu trajeto será recordado neste espetáculo em formato de voz e viola, intitulado de Saudade.

Quanto a José González, músico sueco de ascendência argentina, começou a carreira numa banda punk, mas foi com a sua guitarra clássica que se tornou numa verdadeira estrela da indie-folk, célebre pelas versões acústicas de temas como Love Will Tear Us Apart, dos Joy Division, Born in the U.S.A., de Bruce Sprinsteen, ou Teardrop, dos Massive Attack.
O cartaz inclui ainda nomes como o português Francis Dale, a catalã Joana Serrat, os americanos Christopher Paul Stelling e Corina Repp ou a brasileira Nega Jaci.

Festival para Gente Sentada > Theatro Circo > Av. da Liberdade, 697, Braga > T. 253 203 800 > 16-17 set, sex-sáb 22h > €15 a €27,50 (passe)