Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

'Portugal em Flagrante': Par e passo, salto triplo, na Gulbenkian

Ver

  • 333

Rever a nossa história através de obras icónicas? Entre, por favor, na exposição Portugal em Flagrante: Operação 1, no Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa

A fotografia de Amália intervencionada em 1987 por Leonel Moura

A fotografia de Amália intervencionada em 1987 por Leonel Moura

Esta é uma missão de reconhecimento. Primeiro momento de três revisitações da Coleção Moderna do Museu Gulbenkian, a exposição Portugal em Flagrante: Operação 1 permite o reencontro com obras do imaginário coletivo: o poster dedicado ao 25 de Abril, pintado por Maria Helena Vieira da Silva, a fotografia de Amália intervencionada em 1987 por Leonel Moura em Sem título (Amália #6), exemplares originais da revista Orpheu (1915) ou do folheto futurista K4: O Quadrado Azul, de Almada Negreiros e Amadeo de Souza-Cardoso (1917), o autorretrato com binóculos em fundo azulão na fotografia de grande formato I Spy (2003), de Daniel Blaufuks...

Mas o eventual best of é transformado numa narrativa complexa, cronológica, pedagógica, que atravessa o último século e picos da vida portuguesa: da Primeira República ao período colonial, da ditadura à contemporaneidade, tudo é pontuado por pinturas, fotografias, desenhos, vídeos, a que se junta precioso material documental: posters, catálogos, livros, edições (desde a velhinha revista ABC à marcante K da década de 1980; do álbum comemorativo da Primeira Exposição Colonial Portuguesa (1934) ao romance Dinossauro Excelentíssimo, de José Cardoso Pires...). As ilustrações de Bordallo Pinheiro, os desenhos de Almada Negreiros ou de Ana Jotta, as fotografias de Victor Palla, a instalação com mapas coloniais de Manuel Botelho ou as imagens de edifícios do Estado Novo intervencionadas por Miguel Palma, entre trabalhos de muitos outros artistas, dão conta do que andámos até aqui.

Museu Calouste Gulbenkian Coleção Moderna > R. Dr. Nicolau Bettencourt, Lisboa > T. 21 78234 74 > até 8 jan, qua-seg 10h-18h > €10