Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma das padarias mais antigas do Porto está como nova

Visão Se7e

  • 333

A padaria Formosa, uma das mair antigas da Porto, na Foz do Douro, tem cara lavada

A fachada passou do amarelotorrado a cinza. A cor original de uma das padarias mais antigas do Porto, nascida em 1898 (embora o alvará date de 1922), na Foz do Douro, cobre também o interior, depois de o edifício ter sofrido obras de renovação há três meses. Só o chão, quase centenário, e o balcão foram mantidos, numa obra a cargo do arquiteto Nuno Rodrigues.

Um esforço "para acompanhar os tempos", segundo conta Rui Freitas, ex-bancário e um dos responsáveis por esta casa que vai na terceira geração. Além da variedade de pão cozido em forno a lenha (quatro grãos com cevada, de mistura, baguete francesa, muesli, centeio alemão, chapata de cereais e italiano), a Padaria Formosa passou a ter outras iguarias.

Como queijo da serra, requeijão, compotas, mel, chás, patés, bolachas artesanais e até doces conventuais. Em breve, haverá igualmente chocolates da Avianense e azeites.

O objetivo é, assume Rui Freitas, "servir melhor" os clientes. "Se vai comprar pão, pode levar também um queijo ou compotas", acrescenta. "É uma padaria com um canto gourmet." Uma última nota: não saia sem antes olhar para o teto, onde foram colocadas dezenas de antigas peneiras de farinha, formando uma invulgar instalação.

 

 



TOME NOTA

A broa da Formosa (€1,85/kg) é famosa, há décadas. O segredo parece estar na massa, que começa a ser feita às 21 horas, demorando quase quatro horas a levedar. Depois, são necessárias mais três horas a cozer em forno a lenha.

 

PADARIA FORMOSA

R. de Gondarém, 362, Porto

T. 22 618 0781

Seg-Sex 7h-13h, 15h30-19h, Sáb-Dom 7h-13h