Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Um mural bem português

Visão Se7e

  • 333

Uma nova peça de arte reveste o exterior do Jardim Botânico Tropical, em Lisboa

Se contar todos os azulejos que fazem parte da intervenção artística que cobre o muro exterior que separa o Jardim Botânico Tropical da Travessa do Marta Pinto, em Belém, chegará ao número 559.

Não os contámos, mas sabemos que assim é. E avaliando as suas grandes dimensões (com cerca de 4,5 metros de altura por 5,5 metros de largura), acreditamos que os autores do painel Pato Mudo, concebido pelo Estúdio de Design Pedrita, tenham necessitado de todos eles.

Para a concretização do Projeto Travessa da Ermida utilizaram a "técnica grão que consiste numa composição de painéis de caráter fotográfico, onde são utilizados azulejos portugueses industriais em fim de linha" recuperados em dez fábricas nacionais, algumas já fechadas.

Uma peça de arte urbana que vai embelezar permanentemente esta zona da cidade e que utiliza um dos símbolos que mais identifica a nossa cultura e arquitetura, numa conjugação que resulta num efeito visual contemporâneo. É caso para dizer, grão a grão (ou azulejo a azulejo) se faz um muro cheio de história e estilo.