Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O poder dos dados no documentário 'Nada É Privado: O Escândalo da Cambridge Analytica', na Netflix

TV

O documentário da Netflix mostra como foi utilizada a informação de dados para efeitos políticos. Nada É Privado: O Escândalo da Cambridge Analytica está disponível na plataforma de streaming

D.R.

No fim de quase duas horas de documentário, quem ainda está fora das redes sociais, sem perfis, gostos ou fotografias publicadas, mantém a convicção de que dessas teias só quer mesmo distância. Já os outros milhões de fiéis no mundo que partilham opiniões, interesses, alegrias e tristezas, é possível que fiquem preocupados, e até indignados.
The Great Hack, na versão portuguesa Nada É Privado: O Escândalo da Cambridge Analytica, acompanha vários protagonistas com ligações ao caso. Na sala de aula, David Carroll, professor da Parsons School of Design, em Nova Iorque, pergunta aos seus alunos: “Quem já viu publicidade que vos convenceu de que o vosso microfone ouve as vossas conversas?” A maioria levanta o braço. “Todas as vossas interações, compras, pesquisas, localizações e gostos são recolhidos em direto para uma indústria de milhares de milhões de dólares. Isto está a tornar-se um tema criminoso”, acrescenta o único homem que levou a Cambridge Analytica a tribunal, no Reino Unido, para que os seus dados fossem devolvidos. A empresa britânica ficou conhecida por usar os dados de milhões de pessoas, recolhidos sem o seu consentimento para fins de marketing estratégico em campanhas políticas, como a de Donald Trump, em 2016, e no referendo do Brexit. Mas a empresa, dirigida por Alexander Nix, também ajudou a influenciar o comportamento eleitoral em países como Trindade e Tobago. A delatora Brittany Kaiser, ex-diretora de negócios da Cambridge Analytica, foi fundamental para desmontar o funcionamento desta teia de manipulação de dados. “A razão pela qual a Google e o Facebook são as empresas mais poderosas do mundo é porque, agora, os dados valem mais do que petróleo. É o ativo mais valioso na Terra.” Nada é o que parece.

A dupla Karim Amer e Jehane Noujaim, realizadores deste documentário original da Netflix, já esteve nomeada para os Oscars com The Square (2013), documentário sobre a revolução árabe no Egito, através dos olhos de seis manifestantes.

Nada É Privado: O Escândalo da Cambridge Analytica > Disponível na Netflix