Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Canal 11 da Federação Portuguesa de Futebol começa a emitir nesta quinta, 1 – e Cristiano Ronaldo é figura central

TV

Jogos em direto, reportagens, análise técnica e boas conversas, assim se faz a nova plataforma de conteúdos da Federação Portuguesa de Futebol. O Canal 11 começa a emitir esta quinta, 1 de agosto, na televisão, para mostrar o lado B do futebol

“Será o canal português que melhor acompanhará os jogadores e treinadores portugueses no mundo e também aquele que terá mais desporto feminino”, adianta Nuno Santos, diretor do 11

“Será o canal português que melhor acompanhará os jogadores e treinadores portugueses no mundo e também aquele que terá mais desporto feminino”, adianta Nuno Santos, diretor do 11

FPF

A partir desta quinta-feira, 1 de agosto, com presença no pacote básico das operadoras Meo, Nos e Vodafone (posição 11), o Canal 11, a nova plataforma de conteúdos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), promete democratizar o lado menos visível do futebol. E não o fará somente para os ecrãs de televisão, haverá conteúdos para Facebook, Instagram, YouTube e WhatsApp. Além da seleção principal, onde brilha Cristiano Ronaldo ou Rui Patrício, existem outras 25 seleções nacionais que, em média, realizam um jogo a cada dois dias e meio. Sendo a FPF responsável pela Taça de Portugal, pela Liga Revelação (sub-23), pela Liga Sportzone (futsal) e pela Liga BPI (futebol feminino), “a grelha está pensada de acordo com os diferentes públicos que veem televisão ao longo do dia”, explica Nuno Santos, diretor do canal, jornalista que já passou pelas direções da RTP e da SIC, onde também apresentou o programa Os Donos da Bola (1992).

Cristiano Ronaldo será a figura central no primeiro dia de emissão do Canal 11, com início marcado para as 11h11, a partir da Cidade do Futebol, em Oeiras. O conteúdo em que está envolvido o capitão da Seleção Nacional esteve a ser preparado no último mês. Um dos pontos altos deste primeiro dia será uma conversa entre Vítor Baía, agora no papel de pivot de televisão, e Fernando Gomes, presidente da FPF. Da parte da tarde, o sorteio da Liga BPI terá transmissão em direto, a mostrar que o futebol feminino também tem lugar na programação. E, à noite, Marcelo Rebelo de Sousa e Fernando Santos encontram-se no Palácio de Belém, para uma conversa em direto, moderada por Nuno Santos, que tem como ponto de partida a conquista do título europeu em 2016.

Os rostos do canal

Esperando alcançar quatro milhões de casas, serão cerca de 600 transmissões por ano de jogos de futebol, futsal e futebol de praia, de equipas masculinas e femininas, de jovens e de profissionais, de seleções, claro, mas também muitas competições nacionais. “O canal apostará muito no direto. Será o canal português que melhor acompanhará os jogadores e treinadores portugueses no mundo e também aquele que terá mais desporto feminino”, adianta Nuno Santos. O objetivo do 11 é fazer crescer o número de jogadores federados, rapazes e raparigas. “Queremos demonstrar que o futebol é um elemento de desenvolvimento, que o futebol faz bem”, acrescenta.

Entre os rostos do canal, destaque para Jaime Cravo, nos últimos 18 anos na Sport TV, onde venceu mais de 20 prémios com ReportTV; Pedro Sousa (ex-TVI) no comentário; Rita Ferro Rodrigues na coordenação de dois programas com “grandes histórias de vida, a memória e o futuro do afeto que nos liga às seleções, e ao melhor do nosso futebol”; Vítor Baía, antigo guarda-redes do Futebol Clube do Porto e da Seleção Nacional, será pivô de um programa à noite, acompanhado pelos internacionais portugueses Costinha e João Tomás, na linha do que é feito pelo britânico Gary Lineker na BBC, com uma linguagem inovadora; e Iva Domingues, no late night com boas conversas em Virar o Jogo. Clubites à parte e sem lugar para discussões.

Canal 11 > Início da emissão 1 ago, qui, a partir das 11h11