Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Em ponto de rebuçado com o novo Chef’s Table: Pastry

TV

Os quatro novos episódios da série documental da Netflix, disponíveis a partir desta sexta, 13, trazem pastelaria ao mais alto nível. Bolachas, gelados e muitas sobremesas requintadas, para gulosos e não só

Em Bali, na Indonésia, há um restaurante só de sobremesas, o Room4Dessert, de Will Goldfarb

Em Bali, na Indonésia, há um restaurante só de sobremesas, o Room4Dessert, de Will Goldfarb

Martin Westlake/Netflix

Não basta juntar açúcar para se dizer que é um doce. Há todo um processo, quase científico, por detrás de cada receita. E uma paixão incomensurável. Quatro dos que são considerados os melhores chefes pasteleiros do mundo vão abrir o livro das suas vidas para percebermos como os seus sacrifícios, falhas e escolhas os levaram ao caminho da sofisticação. Uma viagem por Estados Unidos da América, Itália, Espanha e Indonésia mostra como as guloseimas são uma linguagem tão universal.

Christina Tosi, a única mulher neste original da Netflix é o cérebro de Milk Bar, cadeia aberta, há dez anos, em Manhattan

Christina Tosi, a única mulher neste original da Netflix é o cérebro de Milk Bar, cadeia aberta, há dez anos, em Manhattan

K C Bailey/Netflix

Christina Tosi, a única mulher nos novos quatro episódios deste original da Netflix, adora pastelaria porque lhe lembra a sua avó. Ela é o cérebro de Milk Bar, cadeia aberta, há dez anos, em Manhattan, dentro do restaurante Momofuku do chefe David Chang, e que conta hoje com 
14 lojas em Nova Iorque, Washington, Las Vegas, Los Angeles, em breve, e Toronto, no Canadá. 
Tosi é também autora de dois livros de receitas, tem uma linha de bolos de casamento e um negócio online em expansão. O seu best-seller é a crack pie, uma tarte com crosta de aveia tostada e recheio de manteiga pegajoso. Para aprendermos tudo sobre gelados, granita e cannoli temos de ver o episódio com Corrado Assenza, uma verdadeira instituição em Itália, quarta geração à frente do Caffè Sicilia, em Noto. Assenza estava a estudar na Universidade de Bolonha quando um tio lhe fez um ultimato: volta para a Sicília e toma conta do negócio ou venderemos tudo. E Corrado Assenza pôs os melhores sabores sicilianos ao serviço dos gelados, recuperando a amêndoa romana quase em extinção e destacando o pistácio de Bronte, por exemplo. Outra história de família é a de Jordi Roca, do restaurante El Celler de Can Roca, em Girona, Espanha. O mais novo do trio de irmãos cozinheiros tanto se inspira em perfumes como em golos de futebol para criar sobremesas. E quando nos questionamos sobre porque não existe um restaurante só de sobremesas, a resposta serve-se em Bali, na Indonésia, no Room4Dessert, de Will Goldfarb, com um livro recém-editado pela Phaidon.

No Caffè Sicilia, em Noto, Corrado Assenza põe os melhores sabores sicilianos ao serviço dos gelados

No Caffè Sicilia, em Noto, Corrado Assenza põe os melhores sabores sicilianos ao serviço dos gelados

Divulgacao

Realizada por David Gleb, a série documental Chef’s Table já revelou ao mundo os segredos dos chefes mais mediáticos, dedicou uma série só a cozinheiros franceses, apresentou outros menos conhecidos mas não menos talentosos, e faz agora uma incursão pelo mundo da pastelaria. Ficamos a aguardar uma série, quem sabe, dedicada à gastronomia da Península Ibérica

Chef’s Table: Pastry > Disponível a partir 13 abr, sex > Netflix