Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O Gosto dos Outros... Carminho

Sair

Depois de cantar Jobim, Carminho voltou ao fado com Maria, título do novo álbum que é também o seu primeiro nome, com temas sobretudo escritos por si. Aqui, revela-nos pequenos prazeres

Mariana Maltoni

1. Terra Madre, Lisboa
Nas várias idas à sua editora, a Warner Music, no Parque das Nações, costuma almoçar no restaurante italiano Terra Madre. “O chefe, que também é italiano, é de uma criatividade e de uma simpatia cativantes. É difícil encontrar um sítio tão simples e especial, onde tudo é feito com tanto cuidado. E a esplanada é perfeita para os dias de sol.”

2. Em Nome da Rosa, Lisboa
A florista Em Nome da Rosa, em Campolide, em Lisboa, “é o paraíso florido”. Todos os dias, Maurício Fernandes, o dono, “faz nascer os mais bonitos arranjos de flores portuguesas e de todo o mundo.”

3. Capela de Santo Amaro, Lisboa
É um passeio que Carminho faz muitas vezes: caminhar até ao cimo da pequena colina e visitar a Capela de Santo Amaro. “Pela maravilhosa vista sobre a Ponte 25 de Abril, mas sobretudo pela energia deste lugar.”

4. A poesia de Daniel Faria
A obra completa de Daniel Faria, “breve passagem do poeta iluminado por este mundo”, é companhia dos dias há muitos anos. “Morreu aos 28 anos, mas deixou uma obra inspiradora e profunda. Parece sempre novo.”

5. Coração da Sé, Lisboa
À casa de fados Coração da Sé vai por várias vezes para ouvir e cantar. “Os donos são a alma do negócio: a Ana Lúcia cozinha e canta, e o marido, o Diogo, é uma das vozes mais especiais desta geração. Nesta casa, tradicional e familiar, há fado a valer!”

6. Projeto Viva o Samba
“No Titanic Sur Mer, aos domingos, acontece uma das melhores noites de Lisboa. Roda de samba com os irmãos Cícero e Betinho a liderar a música, a mãe na porta a gerir as entradas e um mar de gente, amante de samba verdadeiro, de dança ou, simplesmente, de um ambiente eletrizante até altas horas da madrugada.”