Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O Natal Psicadélico de Constança Cordeiro no bar Toca da Raposa, em Lisboa

Sair

Durante o mês de dezembro, o espirito natalício toma conta do bar Toca da Raposa, de Constança Cordeiro, com oito novos cocktails que sabem a Natal, decoração e música a condizer

“É o espírito natalício levado ao extremo. Adoro tudo o que envolve esta época”, diz Constança Cordeiro que a partir deste sábado, 1 de dezembro, celebra a quadra com música, decoração e uma carta especial de cocktails
1 / 6

“É o espírito natalício levado ao extremo. Adoro tudo o que envolve esta época”, diz Constança Cordeiro que a partir deste sábado, 1 de dezembro, celebra a quadra com música, decoração e uma carta especial de cocktails

Marcelo Duarte

Cocktail Rena, feito com bolotas da Herdade do Freixo do Meio, em Montemor-o-Novo
2 / 6

Cocktail Rena, feito com bolotas da Herdade do Freixo do Meio, em Montemor-o-Novo

D.R.

Constança Cordeiro abriu o Toca da Raposa em junho passado
3 / 6

Constança Cordeiro abriu o Toca da Raposa em junho passado

Marcelo Duarte

A "butterbeer" dos livros de Harry Potter serviu de inspiração para o Burro, um fatwashed bourboun com licor de bolo-rei e espuma de cerveja
4 / 6

A "butterbeer" dos livros de Harry Potter serviu de inspiração para o Burro, um fatwashed bourboun com licor de bolo-rei e espuma de cerveja

D.R.

5 / 6

Marcelo Duarte

O Burro sabe a bolo-rei, manteiga e cerveja
6 / 6

O Burro sabe a bolo-rei, manteiga e cerveja

D.R.

Era uma vez um peru, um cordeiro, um polvo, um burro, uma rena, uma raposa, um duende e o Pai Natal. Estes podiam ser os personagens de um conto de Natal, mas são os nomes dos oito novos cocktails imaginados por Constança Cordeiro que vão estar a ser servidos, durante o mês de dezembro, no bar Toca da Raposa, em Lisboa. A esta carta especial, preparada com ingredientes pouco convencionais, como bolo-rei, pinho e bolacha Maria, Constança deu o nome de Natal Psicadélico. “É o espírito natalício levado ao extremo. Adoro tudo o que envolve esta época festiva”, diz a proprietária do bar, aberto este verão. As ideias foram crescendo e uma coisa levou à outra: “Se vamos passar só músicas de Natal, então mais vale decorar de uma forma exagerada.” E basta olhar em volta. Ali não faltam luzes a piscar, grinaldas e estrelas de cores berrantes, azevinho e outras decorações cintilantes.

Os novos cocktails são o elemento de ligação. O Peru, por exemplo, é feito com licor de bolotas apanhadas na Herdade do Freixo do Meio, em Montemor-o-Novo, ao qual Constança Cordeiro junta a laranja e o brandy. “Recebemos a bolota seca, hidratamo--la, assamo-la e separamos o miolo da casca”, explica, dando-nos alguns passos na preparação do licor. “São ingredientes que ligam bem com o peru, muito apreciado nesta época.” Já o Burro sabe a bolo-rei, manteiga e cerveja, e o Duende, a bolacha Maria, hortelã e natas. É que na Toca da Raposa, como já se percebeu, a época natalícia não vai mesmo passar despercebida.

Toca da Raposa > R. da Condessa, 45, Lisboa > ter-dom 18h-2h