Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Dias do Desassossego: Celebrar Pessoa e Saramago

Sair

Em Lisboa, a Casa Fernando Pessoa e a Fundação José Saramago voltam a programar em conjunto os Dias do Desassossego. Entre esta sexta, 16 – dia de nascimento de José Saramago – e 30 de novembro – dia da morte de Fernando Pessoa –, a literatura serve de pretexto para sair de casa, com um programa que se estende, pela primeira vez, ao Porto. Em 9 pontos, resumimos o que não deve perder

Rogelio Cuellar

1. Abertura

A edição deste ano começa com música na Casa dos Bicos, sede da Fundação José Saramago. O concerto dos El Sur, nesta sexta, 16, pelas 18 e 30, inspira-se nas músicas do hemisfério sul e junta a poesia de Victor Jara, Violeta Parra, Viglietti e Guillen para celebrar o aniversário de José Saramago (entrada €4). Mais tarde, Anabela Mota Ribeiro apresenta Por Saramago, livro da sua autoria com bonitas fotografias a preto e branco de Estelle Valente, comentadas por Pilar del Río. A sessão está marcada para as 21 e 30 e tem entrada livre.

2. Leituras encenadas

Neste sábado, 17, sob o céu pintado por Michel Biberstein na Igreja de Santa Isabel, em Campo de Ourique, Crista Alfaiate e Norberto Lobo dão voz e melodia à leitura encenada Poemas Espirituais de Ocidente a Oriente. Já Meninas Pouco Exemplares junta Ana Brandão, Carla Bolito e Sara Castro no Teatro São Carlos, no dia 25, às 17 horas, a interpretar textos de vários poetas. No palco estará também o músico Carlos Bica. A entrada é livre.

3. Música

O Teatro São Luiz recebe Biblioteca dos Músicos, com Cristina Branco. Neste espetáculo, marcado para dia 27, às 21 horas, a cantora dá voz a autores com quem se cruzou e apresenta também dois temas inéditos: um, composto a partir de um poema de José Saramago sobre o dia em que conheceu Pilar del Río; outro, a partir de um poema de Alexander Search, heterónimo de Fernando Pessoa. Bilhetes €12-€15.

Cristina Branco dá voz a autores com quem se cruzou no Teatro São Luiz

Cristina Branco dá voz a autores com quem se cruzou no Teatro São Luiz

Joana Linda

4. Passeios

No domingo, 18, tem lugar Lisboa, onde o mar se acabou e a terra espera, passeio literário por Lisboa, a partir do livro O Ano da Morte de Ricardo Reis, de José Saramago. A partida faz-se na Casa dos Bicos, às 10 horas (duração: 120 minutos, €7, inscrições: secretaria@josesaramago.org). Já no dia 24, o destaque vai para Não sei o que amanhã trará, passeio áudio-guiado na Lisboa de Fernando Pessoa, com ponto de encontro marcado para as 10 da manhã no Largo de São Carlos (duração: 180 minutos, €7, inscrições: visitas@casafernandopessoa.pt).

5. A estreia no Porto

Pela primeira vez, os Dias do Desassossego estendem-se ao Porto. No Teatro do Campo Alegre, a 22 de novembro, é dia de Quintas de Leitura com Rui Manuel Amaral, Teresa Coutinho, Crista Alfaiate, Adolfo Luxúria, Alex Gozblau, João Paulo Esteves da Silva, Lobos de Barro e Radar 360º. A sessão, que leva o nome Ainda Não Há Camas Só Para Pesadelos, faz-se a partir de textos de seis autores inquietantes: Fernando Pessoa, José Saramago, António José Forte, Luiza Neto Jorge, Adília Lopes e José Miguel Silva. A partir das 22 horas, entrada €7,50.

6. Conversas

Ana Bacalhau e Samuel Úria são os convidados da mesa-redonda Leitores Feitos de Livros, com os músicos a falar sobre o papel da literatura nas suas vidas, numa conversa moderada pelo jornalista Gonçalo Frota. O encontro está marcado para dia 20, às 18 e 30, na Casa Fernando Pessoa, numa sessão de entrada livre que terá acompanhamento em Língua Gestual Portuguesa. Já na Fundação José Saramago, no dia 21, às 18 e 30, João Carlos Barradas, Maria João Guimarães e Rui Tavares são os oradores da sessão A Censura Mora ao Lado, dedicada a textos censurados na Europa Contemporânea. Entrada livre.

8. Arte Urbana

O bairro de Campo de Ourique ganha, a partir deste sábado, 17, um novo mural. Opiemme, a quem têm chamado “poeta da arte urbana”, vai tomar conta de uma parede no número 110 da Rua do Patrocínio para fazer o que procura desde 1998: trazer a poesia para a rua.

9. Encerramento

Os Dias do Desassossego terminam a 30 de novembro, com duas propostas. Uma visita guiada à Casa Fernando Pessoa, que neste dia comemora 25 anos (15h30, marcação visitas@casafernandopessoa.pt, grátis). E, às 18 e 30, o espetáculo Inventar os seus Amigos, criado por Miguel Loureiro para a ocasião, que reúne em palco Fernando Pessoa, Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos. O espetáculo repete no dia 1 de dezembro, à mesma hora. Entrada €8

Opiemme

Opiemme

Dias do Desassossego > 16-30 nov > Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago, Teatro São Carlos, Teatro São Luiz e Igreja de Santa Isabel, Lisboa > Teatro Campo Alegre, Porto