Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O Gosto dos Outros ... Tóli César Machado

Sair

As escolhas do fundador dos GNR – que acabam de lançar o novo tema original "Quem?" – vão quase sempre dar à música

1. Restaurante Azeite & Alho, Braga
Fora do circuito turístico de Braga, a “casa” do chefe Ivo Loureiro, de quem é amigo, é quase sempre a eleita pelo músico para se sentar à mesa com os amigos. “O Ivo cozinha peixe e marisco como ninguém.”

2. Buenos Aires, Argentina
“A cidade tem um sabor especial e uma cultura completamente diferente”, conta o compositor, que visitou Buenos Aires há 20 anos. Apesar das muitas cidades que conheceu entretanto, permanecem na sua memória os clubes de tango e o bairro La Boca. Ali, o músico diz ter encontrado “muito do ambiente de Piazzolla e do bandoneon”, a versão argentina do acordeão.

3. O filme

Lawrence da Arábia, de David Lean, “é um filme interessante e muito atual, apesar de ter mais de 50 anos”. Um retrato do Médio Oriente, com uma “fotografia fantástica que poucos filmes têm agora”.

4. Parque da Cidade, Porto
“Há jardins lindíssimos no Porto”, mas é no Parque da Cidade que, quase todos os dias, bem cedo, o músico corre durante uma hora. “É um sítio que me diz muito. Além de ficar perto de casa, tem o melhor festival de música do Porto 
(o Primavera Sound), e permite intercalar a corrida com um banho de mar”.

5. “The Rise and Fall of Ziggy...”
São muitos os artistas que influenciam o músico, mas há um que o acompanha desde miúdo: David Bowie, tal como The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars, o primeiro álbum do cantor. “É uma espécie de ídolo musical.” Dele, recorda a Glass Spider Tour, em 1987, que passou por Madrid, e que confessa ter sido 
“o concerto” da sua vida.

6. Um livro
Está a ler Entre Braga e Nova Iorque, a biografia de António Variações, escrita por Manuela Gonzaga, com que, diz, teve a sorte de trabalhar em 1983, na gravação do primeiro álbum do cantor, Anjo da Guarda.