Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Férias em grande: Trinta ideias para fazer com as crianças durante o verão

Sair

Agora que o ano letivo terminou, é tempo de arrumar a mochila no armário e ir navegar num barco pirata, vestir a bata de cientista ou voar à altura de um pássaro. Trinta ideias para brincar à séria e aprender sem dar por isso

Joana Loureiro, Sandra Pinto, Susana Lopes Faustino e Susana Silva Oliveira

São 120 modelos, em tamanho real, os que se podem ver no novo Dino Parque da Lourinhã

São 120 modelos, em tamanho real, os que se podem ver no novo Dino Parque da Lourinhã

Marcos Borga

1. No parque jurássico português, Lourinhã

Os dinossauros, feitos de resina, fibra, esferovite e estruturas de ferro, estão tão perfeitos que parecem mesmo verdadeiros. São 120 modelos, em tamanho real, os que se podem ver no novo Dino Parque da Lourinhã. Os modelos não se mexem nem fazem barulho, por isso, não há motivo para ter medo enquanto se percorrem os quatros trilhos que nos guiam entre estes animais pré-históricos: dos exemplares descobertos na Lourinhã e na região Oeste, um dos locais paleontológicos mais ricos do mundo, como o Supersaurus lourinhanensis ou o Lourinhanosaurus, ao célebre T. rex, incluindo o curioso Quetzalcoatlus, da altura de uma girafa e do tamanho de uma avioneta. Terminado o passeio-aventura ao ar livre, há ainda que descobrir, no museu, o ninho de Lourinhanosaurus, um dos maiores e mais antigos ninhos do mundo, ossinhos de embrião e o mais antigo ovo de crocodilo. Dino Parque da Lourinhã > R. Vale dos Dinossauros, 25, Abelheira, Lourinhã > T. 261 243 160 > seg-dom 10h-19h (última entrada 17h30) > €12,50, €9,50 (4-12 anos), até 3 anos grátis

2. É um bifinho, s.f.f., Lisboa

Mal se entra no restaurante Prego da Peixaria, no bairro lisboeta de Alvalade, vê-se a zona reservada aos carrinhos de bebé e, mais adiante, um quadro de ardósia e duas pequenas secretárias. 
É aqui que, enquanto fazem desenhos, os mais pequenos podem saborear o menu júnior (para crianças até aos 12 anos) composto por bifinho raspado, com ou sem ovo de codorniz, em minibolo do caco ou o hambúrguer de salmão e choco em minibolo do caco, acompanhado por chips de batata-doce ou legumes salteados (a refeição inclui ainda sumo ou água e uma sobremesa). Apesar de esta ser a casa mais “infantil” de todas, o menu está também disponível nos Prego da Peixaria do Saldanha e do Príncipe Real. Prego da Peixaria​​​​​​> Av. da Igreja, 34A-B, Lisboa > T. 21 269 7980 
> seg-sex 12h-24h, sáb-dom 10h-1h > €4 (menu infantil, sopa €1)

A melhor altura para entrar na piscina (com quatro níveis de profundidade) é logo de manhã, quando os pinguins estão cheios de energia

A melhor altura para entrar na piscina (com quatro níveis de profundidade) é logo de manhã, quando os pinguins estão cheios de energia

D.R.

3. Nadar com os pinguins, Lagos

A sensação de nadar a poucos centímetros de pinguins é real na Boulders Beach, uma piscina original e única no País, inaugurada no verão do ano passado, dentro do Zoo de Lagos. Apenas com um vidro grosso a separar, pessoas e pinguins nadam e mergulham, observando-se mutuamente. É quase como uma dança subaquática, e, como a vontade é a de não sair da água, aconselha-se o uso de óculos de mergulho para não perder pitada da vida destas aves enérgicas e de pose divertida. A melhor altura para entrar na piscina (com quatro níveis de profundidade) é logo de manhã, quando os pinguins estão cheios de energia e, no lado dos humanos, ainda não há muita gente. Embora não seja possível tocar, para não stressar os cerca de 20 pinguins-africanos que aqui vivem (uma das espécies mais ameaçadas de extinção), não deixa de ser uma experiência inesquecível para os mais pequenos. Esta é uma réplica da Boulders Beach, praia na África do Sul cuja maior atração é precisamente uma colónia de pinguins-africanos que ali se instalou a partir de 1982. Toalha e chapéu de sol também devem fazer parte do equipamento porque aqui não falta uma praia de areia e, entre um mergulho e outro, sempre dá para descansar. Boulders Beach Zoo de Lagos > Qt. Figueiras, Sítio do Medronhal, Barão de S. João, Lagos > T. 282 680 100 > 1 abr-30 set, seg-dom 10h-19h; Boulders Beach 10h-18h30 > €18, €14 (4-11 anos)

A exposição permanente tem vitrina com três mil caracóis listrados

A exposição permanente tem vitrina com três mil caracóis listrados

Rui Duarte Silva

4. Conhecer a origem das espécies, Porto

Charles Darwin aprovaria a Galeria da Biodiversidade, o primeiro polo do Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto. Aliás, está por lá a figura do cientista, autor de A Origem das Espécies, aqui abordada de forma interativa. No átrio fixou-se o esqueleto de uma baleia, uma alusão ao livro Histórias da Terra e do Mar, de Sophia de Mello Breyner Andresen, que aqui viveu e cuja obra também é recordada. À volta do átrio, foi montada a exposição permanente, em módulos originais: desde uma vitrina com três mil caracóis listrados a uma caixa para identificar aromas da Natureza. Aproveite a visita e percorra o Jardim Botânico do Porto ao seu redor, com estufas tropicais e jardins de catos e suculentas. Galeria da Biodiversidade 
e Jardim Botânico do Porto 
> R. do Campo Alegre, 1191, Porto 
> T. 22 040 8700 > ter-dom 10h-18h (galeria), 10h-19h (jardim) 
> €5, €2,50 (5-17 anos), €14 (bilhete família), jardim grátis

O Parque de Natureza de Noudar tem mais de mil hectares

O Parque de Natureza de Noudar tem mais de mil hectares

5. Pelos trilhos de Noudar, Barrancos

Explorar os mais de mil hectares do Parque de Natureza de Noudar, em Barrancos, é tarefa para vários dias, tal é o número de atividades disponíveis. Os trilhos da Natureza, por exemplo, podem ser percorridos a pé, de bicicleta ou em viaturas elétricas todo o terreno e passam pela eira, pelo moinho de água e pela anta. Entretanto, cruzamo-nos com fuinhas, lontras e texugos, e plantas de nome curioso, como a erva-vaqueira e a couve-bastarda. Fazer piqueniques e visitas guiadas, explorar o castelo de Noudar, observar as estrelas 
ou pernoitar no alojamento do parque, com piscina, restaurante e deliciosos pequenos-
-almoços com produtos da região, também podem fazer parte da visita. Parque de Natureza de Noudar > EM 1023, Noudar, Barrancos > T. 285 950 000 > percursos pedestres grátis, visitas guiadas a partir de €7, aluguer bicicleta €5/hora, €2,55/hora (criança)

Na Baobá fazem-se sessões de leitura e exposições

Na Baobá fazem-se sessões de leitura e exposições

Mário João

6. O maravilhoso mundo das livrarias, Lisboa

Foram criadas para albergar literatura infantil e juvenil, cativando os miúdos para o talento de escritores e ilustradores. Na Baobá estão em destaque os títulos da Orfeu Mini, a chancela para os mais novos da Orfeu Negro, responsável pela livraria, mas também há obras de outras editoras. Volta e meia, fazem sessões de leitura e exposições. Já na It’s a Book foram privilegiadas editoras de todo o mundo, que dificilmente se encontram por cá, e selecionados ainda livros de pequenas editoras portuguesas. Numa mesa comprida decorrem oficinas regulares, tendo muitas vezes como ponto de partida a exploração dos universos fantásticos guardados nas estantes. Baobá > R. Tomás da Anunciação, 26B, Lisboa > T. 21 192 8317 > ter-sex 10h30-14h, 14h45-19h30, sáb 10h-19h > It’s a Book > R. do Forno do Tijolo, 30A, Lisboa > T. 91 458 7805 > ter-sex 12h30-19h30, sáb 11h-18h

7. Entrar no campo de batalha, Porto de Mós

Só pelo espetáculo multimédia a reconstituir a Batalha de Aljubarrota e os acontecimentos que a originaram, fica garantida a atenção dos miúdos. Também os núcleos expositivos tiram partido das novas tecnologias. No exterior, é possível percorrer o planalto de S. Jorge – onde decorreu a batalha, em 1385 – e conhecer as posições do exército português, comandado 
por Nuno Álvares Pereira, e do exército franco-
-castelhano. Uma viagem no tempo. Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota > Av. D. Nuno Álvares Pereira, 120, São Jorge, Calvaria de Cima, Porto de Mós > T. 244 480 060 > ter-dom 10h-17h30 > €5 a €7, família €20

Uma ida às piscinas do Penha Longa com os miúdos é sempre uma boa ideia

Uma ida às piscinas do Penha Longa com os miúdos é sempre uma boa ideia

8. Mergulhar a ver 
a serra, Sintra

Do nevoeiro do costume, nem sinal. O verão também chegou a Sintra, dá-se por ele logo às dez da manhã. Como estamos em terra de príncipes e de princesas, faz sentido escrever que a paz e a tranquilidade reinam nas piscinas do Penha Longa. Foram renovadas e têm agora, à semelhança da “piscina infinita”, um conjunto de espreguiçadeiras para estar dentro de água sem estar. À atenção dos pais-galinha: esta é a maneira ideal de olhar pelos petizes ainda pouco seguros nas artes natatórias. O dia é bem passado, entre almoço no Aqua, atividades no kids club (por marcação, pagas à parte) e visita ao antigo minigolfe (transformado num parque infantil com escalada, slide, castelos e carrinha “pão de forma” de brincar). A tratar as crianças como reizinhos, que de resto é o que eles são. S.B.L. Penha Longa Resort > Estr. da Lagoa Azul, Sintra > T. 21 924 9011 > 7h30-21h > €30 (época baixa), €50 (jun-ago), menores 12 anos pagam 50%

9. Piratas por um dia, Portimão

Para embarcar nesta aventura em mar aberto é importante não enjoar. A Volta de Robinson (€70 adulto, €40 crianças 4-12 anos, inclui barbecue) dura o dia todo e é um dos vários passeios que a caravela pirata Santa Bernarda, com cerca de 23 metros e dois mastros, faz ao longo da bonita costa algarvia. A partida é no rio Arade, no cais antigo de Portimão. A viagem entusiasma pela paisagem e pela sensação de se estar num barco pirata, seja no salão interior seja na proa, alimentando a imaginação 
de adultos e crianças. Navega-se primeiro até ao Carvoeiro, logo a seguir para o farol de Alfanzina, erguido num imponente promontório, e depois até Benagil. É nesta zona que ancora a caravela para os piratas por um dia serem levados, em embarcações mais pequenas, a explorar as grutas mais bonitas do Algarve. A aventura continua numa praia só acessível por mar, onde, feito o desembarque, os espera um almoço especial (peixe e carne grelhados, saladas, batatas, fruta e bebidas). Os banhos nestas águas calmas e cristalinas são obrigatórios, e o tempo disponível ainda permite apanhar sol. Depois, é altura de voltar à Santa Bernarda e rumar na direção de Alvor. O regresso é feito, sempre que possível, de velas içadas, como num verdadeiro barco pirata. Santa Bernarda Caravela Pirata > Cais Gil Eanes, Portimão > T. 282 422 791, 96 702 3840 
> passeios a partir de €35

D.R.

10. Jogar à bola, saltar e pular em cima do trampolim, Sintra

Para jogar futebol, basquetebol, dodgeball ou simplesmente saltar não precisa de ser criança. Mas será assim que vai sentir-se no UPUP, aberto em meados de maio, em Cabra Figa, perto de Sintra, onde todas as atividades são feitas em cima de um trampolim. Ali, os frequentadores com mais três anos podem ocupar um dos 80 trampolins. Para quem quiser aperfeiçoar a técnica de saltar, sugere-se o saco de ar, com quatro pistas de aceleração e 1,5 metros de profundidade, e ideal para treinar novos truques, voar e fazer pose para a fotografia. Independentemente das habilidades, ali ganha quem se divertir mais a desafiar a lei da gravidade. UPUP > N249-4, lt. 3, km 4,4, Cabra Figa, Sintra > T. 21 132 6741 > seg-qui 10h-22h, sex 10h-23h, 
sáb 9h-23h, dom 9h-21h > €12 (bilhete individual a partir dos 7 anos, 3-6 anos inclui um adulto), 
€39,50 (bilhete família)

11. Cinéfilos em ponto pequeno, Lisboa

É com Moonrise Kingdom, sétima longa-metragem de Wes Anderson (para maiores de 12 anos), exibida este sábado, 30, às 15h, que a Cinemateca Júnior, em Lisboa, se despede das sessões Sábados em Família (em julho só por marcação e em agosto encerra para férias). Já no Monumental, também em Lisboa, assiste-se à história da destemida órfã Kiara e da sua doninha de estimação, no filme Snow: Uma Viagem Heroica, este sábado, 30, pelas 11h30. No dia seguinte (domingo, 1 de julho, à mesma hora), exibe-se Peter Rabbit, baseado na personagem das histórias infantis – o filme encerra o Ciclo Monumental dos Miúdos nesta sala de cinema. Já na Galeria Zé dos Bois, no Bairro Alto, há matiné de cinema e dj set para os mais pequenos (dos 2 aos 5 anos), no sábado, 14, às 16h. Numa parceria com o PLAY – Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil de Lisboa, inclui uma sessão de 30 minutos de curtas--metragens, seguida de danceteria e ainda uma visita acompanhada às exposições patentes. Cinemateca Júnior > Palácio Foz, Pç. dos Restauradores, Lisboa > T. 21 346 2157 > 30 jun, sáb 15h 
> €3,20 < 16 anos €1,10 > Monumental > Av. Praia da Vitória, 72, Lisboa > T. 21 314 2223 > 30 jun, sáb, 11h30 > €3 < 12 anos €2 > Galeria Zé dos Bois > R. da Barroca, 59, Lisboa > T. 21 343 0205 > 14 jul, sáb 16h > grátis, €4 (adultos)

12. Interagir 
com o passado, Mora

É através de hologramas, vitrinas interativas e de um filme em 3D a mostrar um povoado neolítico que se explora o Museu Interativo do Megalitismo, em Mora. Em 750 metros quadrados de área expositiva, que simula a topografia do terreno, faz-se uma viagem no tempo até ao período Megalítico desta região alentejana, com a ajuda dos achados arqueológicos. Na sala de atividades testam-se os conhecimentos com vários jogos em mesas interativas. Museu Interativo do Megalitismo > R. da Estação 4, Mora > ter-dom 10h-19h > €5, €2,50 (3-12 anos), €3,50 (mais de 65 anos)

À espera dos mais experientes estão os cavalos, da Companhia das Lezírias, com os quais se dão longos passeios

À espera dos mais experientes estão os cavalos, da Companhia das Lezírias, com os quais se dão longos passeios

Alexandre Bordalo

13. A galope no Parque da Pena , Sintra

O percurso de 15 minutos no robusto pónei de raça Shetland leva os mais pequenos num passeio pela zona envolvente à Abegoaria e Quinta da Pena, em Sintra. Embora tenha sido especialmente treinado para proporcionar, aos mais pequenos, 
a sua primeira experiência equestre, o passeio 
é sempre acompanhado por um guia. À espera dos mais experientes estão os cavalos, da Companhia das Lezírias, com os quais se dão passeios mais longos, percorrendo o verdejante Parque da Pena. Para uma volta em família, escolha-se a charrete, numa viagem que inclui o Vale dos Lagos, o Chalet e o Jardim da Condessa d’Edla e a Quinta da Pena. Abegoaria e Quinta da Pena > Parque da Pena, Sintra 
> T. 21 923 7300 > seg-dom 10h-18h (última entrada 17h), turismo equestre 10h-16h30 > €7,50, €6,50 (6-17 anos); passeio de cavalo a partir de €15 (30 min), passeio 
de pónei €7 (15 min), passeio de charrete €3,50, 
€2 (jovem), até 3 anos grátis

No Zoo Santo Inácio vivem cerca de 800 animais, de diversas espécies, originários de todo o planeta, distribuídos por 15 hectares

No Zoo Santo Inácio vivem cerca de 800 animais, de diversas espécies, originários de todo o planeta, distribuídos por 15 hectares

D.R.

14. Safari verde, 
Vila Nova de Gaia

Pequeno e enérgico, o cão-da-pradaria continua a não se deixar apanhar pelos miúdos. A corrida acaba sempre em gargalhada, com o animal a levar a melhor, claro. Começa assim o percurso pelo Zoo Santo Inácio, onde vivem cerca de 800 animais, de diversas espécies, originários de todo o planeta, distribuídos por 15 hectares. A visita permite ficar cara a cara com o leão asiático, observar os deslizes da lontra, os mergulhos do pinguim, os voos da águia e a preguiça do tímido hipopótamo pigmeu. 
Entre uma e outra coisa, surgem os camelos, mabecos, linces, tigres, lémures, flamingos, cangurus, lamas e suricatas. 
O programa de atividades diário inclui demonstração de aves e alimentação de espécies. Zoo Santo Inácio > R. 5 de Outubro, 4503, Avintes, Vila Nova de Gaia > T. 22 787 8500 > seg-dom 10h-19h > €9,90 (3-12 anos), €14,90 (13-64 anos), €12,90 (mais de 65 anos)

15. Brincar 
aos cientistas, Coimbra

O Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra agarra a atenção dos miúdos com os módulos interativos Em Forma com a Ciência (partindo à descoberta do corpo humano), os filmes projetados na cúpula do Hemispherium, ou a exposição Rosetta – No rasto do cometa, sobre a viagem da sonda espacial. Aqui estimula-se a autonomia, com as crianças a moverem-se pela curiosidade, escolhendo os desafios que mais lhes interessam e com monitores para responderem a qualquer dúvida. Existem também atividades extra-agendadas, sempre à volta da ciência. Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra > Rotunda das Lages, Parque Verde do Mondego, Santa Clara, Coimbra > T. 239 703 897 > ter-sex 9h30-17h30, sáb-dom 10h-18h > €12 diário

16. Mineiro por um dia, Lousal

Percorrer os 280 metros de extensão da Galeria Waldemar, é quase como vestir a pele dos mineiros que ali trabalharam até 1988 – esta é a única galeria mineira subterrânea visitável em Portugal e fica no Centro Ciência Viva do Lousal, no concelho de Grândola. A aventura começa no exterior, de capacete e lanterna na mão, envolta numa paisagem árida e de lagoas de águas ácidas que mais parece o cenário de um filme. No interior, ao longo do corredor já sem os carris das vagonetes, descobrem-se os paióis dos explosivos, os poços e a zona de onde se extraía o minério. A estrutura de contenção das terras, de madeira e o peso de algumas ferramentas utilizadas são uma surpresa, assim como a colónia de morcegos que vive no final da galeria. Galeria Waldemar > Centro Ciência Viva do Lousal, Av. Frédéric Velge, Lousal > T. 269 750 520/22 > ter-dom 16h > €6

No Pena Aventura Park, há emoções fortes

No Pena Aventura Park, há emoções fortes

Andres Fraga

17. Voar como um pássaro, Ribeira de Pena

O Fantasticable é a principal atração do Pena Aventura Park. Um cabo com 1 538 metros, a 150 metros de altura, para quem se atreva (e tenha mais de 35 kg) a tentar atingir 120 km por hora. Mas vivem-se outras emoções fortes no parque de 16 hectares, entre as serras do Alvão, do Barroso e do Marvão: paintball, escalada, alpine coaster (uma espécie de montanha-russa em carros tobogã), canoagem, rafting e tiro com arco. Há ainda uma área distinta, o Pena Aventura Kids, para crianças entre os 3 e os 12 anos, com desafios similares ajustados a estas idades. Para quem queira prolongar o passeio, e experimentar todas as propostas, existem bungalows e um hotel. Pena Aventura Park > R. do Complexo Turístico de Lamelas, 2, Portela de Santa Eulália, Ribeira de Pena 
> T. 259 498 085 > seg-sex 10h-18h, sáb-dom 10h-20h, 
a partir de 15 jul seg-dom 10h-20h > €5 a €35 (preços 
por atividade)

O Hello Park, no Parque Recreativo do Alto da Serafina, em Monsanto, há mais de 20 obstáculos, cada um com o seu desafio, pensados para crianças dos 4 aos 9 anos

O Hello Park, no Parque Recreativo do Alto da Serafina, em Monsanto, há mais de 20 obstáculos, cada um com o seu desafio, pensados para crianças dos 4 aos 9 anos

18. Por caminhos de cordas e pontes movediças, Lisboa

A avaliar pela quantidade de gargalhadas que se ouvem no circuito de arborismo do Hello Park, aberto há um ano no Parque Recreativo do Alto da Serafina, em Monsanto, fica-se com a certeza de que esta é uma zona divertida e bastante concorrida. Ali, há mais de 20 obstáculos, cada um com o seu desafio, pensados para crianças dos 4 aos 9 anos, mais ou menos aventureiras. Passar por pontes movediças e, com a ajuda de cordas, trepar obstáculos que aparecem pela frente são algumas missões sugeridas. Mas esta é apenas uma das atrações que se podem encontrar nos sete mil metros quadrados deste parque, que tem também uma pista de carros a pedal, um insuflável gigante e uma piscina de bolas. Todos os equipamentos estão à disposição das crianças, que podem andar livremente por todas estas brincadeiras. “O mais importante é que se divirtam”, diz André Resende, um dos responsáveis pelo Hello Park. Tudo isto, enquanto os pais relaxam na esplanada Green House, a beber um sumo de laranja ou um gin tónico bem fresco. Hello Park > Parque Recreativo do Alto da Serafina, Monsanto, Lisboa > T. 21 585 1285, 91 027 1045 > ter-
-dom 9h-20h, a partir de jul não encerra > €7/hora, festas de aniversário €15 (por criança, 3h, inclui lanche)

E AINDA:

19. Aqueduto das Águas Livres, Lisboa
Uma travessia sobre o vale de Alcântara, ao longo de um passadiço com cerca de 1 500 metros, permite ver a Ponte 25 de Abril e a Margem Sul. Aqui encontra-se o arco de pedra mais alto do mundo, com 62,29 metros. Cç. da Quintinha, 6, Lisboa > 
T. 21 810 0215 > ter-dom 10h-17h30 > €3, grátis (até 12 anos), €1,50 (estudantes e mais de 65 anos)

20. Parque da Vila, Aljustrel
Os jogos de água são uma das atrações deste jardim, que tem minigolfe, parque infantil, skate park e campo de street basket. Ao lado, fica o Parque Desportivo, para jogar ténis ou futebol. Av. 1º de Maio, Aljustrel > sempre aberto

21. Festival Internacional de Escultura na Areia, Silves
Em 15 000 m2 descobrem-se esculturas de areia tão diferentes como as de José Saramago e dos Mínimos. Uma animação de video mapping acontece todas as noites na área Star Wars. EM 524 entre Pêra e Algoz, Silves > T. 282 317 084 > até 14 jul, seg-dom 10h-22h; 15 jul-15 set, seg-dom 10h-24h > €9,90, €4,90 (6-12 anos), até 5 anos grátis

22. Cale do Oiro, Aveiro
Neste spa salínico, construído nos tanques de evaporação de sal, flutua-se como no Mar Morto. Além de massagens, há uma esplanada de madeira. Marinhas Grã Caravela e Peijota, Canal das Pirâmides, Aveiro > T. 234 097 573 > seg-dom 10h-19h > €2 (banho salgado) a €4 (com visita guiada)

23. Passadiços do Paiva, Arouca
São oito quilómetros de Natureza, ao longo dos quais correm as águas do rio Paiva. Com crianças, aconselha-se fazer o passeio no sentido Areinho/Espiunca. Depois 
da subida inicial, o caminho 
é descendente, com paragem obrigatória no Vau. www.passadicosdopaiva.pt 
> seg-dom 8h-20h (mai-set); 
9h-17h (out-mar) > €1 a €2

24. Parque Ambiental 
do Buçaquinho, Ovar
Ao longo de 24 hectares de mancha verde, descobrem--se seis lagoas, com patos e rãs, um jardim de plantas aromáticas e um parque infantil. Percursos para fazer a pé ou de bicicleta, pelos trilhos de madeira ou até 
à alta torre de observação. R. do Buçaquinho, Cortegaça, Ovar > T. 800 204 679 > seg-sex 9h-17h, sáb-dom 10h-18h

25. LU.CA, Lisboa
O novo teatro para crianças 
e jovens ocupa um edifício 
do século XVIII, cujo interior foi recuperado. Além da programação, fazem-se visitas aos bastidores, do palco ao subpalco, dos camarins aos escritórios. Calçada da Ajuda, 76-80, Lisboa 
> T. 21 593 9100 > bilheteira: 
ter-dom 10h-13h, 14h-18h

26. Museu Geológico, Lisboa
Tem mais de 100 mil minerais, fósseis e esqueletos, entre outros achados, mas é o crocodilo de Chelas, que viveu há mais de 12 milhões de anos naquela área, que mais curiosos ali leva. R. da Academia das Ciências, 19, Lisboa > T. 21 346 3915 > seg-sáb 10h-18h > €2,50

27. Praia das Rocas, Castanheira de Pera
A loucura instala-se de hora a hora, com a chegada das ondas. Nesta praia artificial não faltam ainda atividades, como slide, canoas, escalada, gaivotas e paddle. Pç. Amarela, Castanheira de Pera > 
T. 236 438 098 > seg-dom 9h30-19h30 > 1 dia a partir de €4, família €19

28. Experiência Pilar 7, Lisboa
A varanda de vidro a 72 metros do chão, lado a lado com o tabuleiro rodoviário da ponte, tem uma vista fabulosa da zona ribeirinha de Belém e do Tejo. Há ainda núcleos expositivos a falar da história e da engenharia da estrutura. Centro Interpretativo da Ponte 
25 de Abril > Av. da Índia, Lisboa > 
seg-dom 10h-20h > €6, estudantes €4, crianças até 5 anos grátis

29. Kartódromo Internacional de Palmela, Palmela
A pista júnior recebe pilotos dos 7 aos 12 anos, entre 
1,20 m e o 1,60 m, que aqui 
aprendem a mecânica 
do carro, como acelerar 
e abrandar, sempre 
em segurança. Herdade de Algeruz, Palmela 
> T. 265 538 500 > ter 14h-20h, 
qua-dom 10h-22h > €11 (ter-sex, 
15 m), €12 (sáb-dom, 15 m)

30. The Blue Room, Cascais
Na escola do surfista Frederico Morais, os aprendizes, a partir dos seis anos, conhecem as técnicas e regras deste desporto, e aprendem a respeitar 
o mar, a ganhar confiança 
e a criar laços. Av. Marginal, São João do Estoril, Cascais > T. 92 748 8112 > qua-sex 15h, sáb-dom 12h30 > aulas de grupo (duas horas) a partir de €30; individuais a partir de €80