Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Fuse Records: Há festa a dobrar este fim-de-semana na Tapada da Ajuda

Sair

Este sábado, 9, e domingo, 10, a editora Fuse Records organiza duas festas no Anfiteatro de Pedra, na Tapada da Ajuda, para celebrar sete anos dedicados à música electrónica. Esperam-se dois dias de dança e animação ao ar livre

Ao longo dos últimos sete anos, a Fuse Records produziu mais de uma centena de festas e pôs mais de 100 mil pessoas a dançar em diferentes pistas de dança de Lisboa. Para assinalar o seu 7.º aniversário, a editora especializada em música eletrónica organiza este fim-de-semana, 9 e 10, duas festas no Anfiteatro de Pedra, na Tapada da Ajuda, em Lisboa. Para o leitor não se perder, fique a saber que o recinto escolhido fica perto dos pilares da Ponte 25 de Abril, em Alcântara.

Até aqui temos tido uma grande relação urbana, mas agora queremos conectar mais a tribo com a natureza”, explica Luís Baptista (AKA Nox), um dos fundadores da Fuse Records.

Nestes dois dias de celebração, vão passar pela cabine de som quatro dj’s internacionais e sete portugueses. Este sábado, o português Joal dará as boas vindas a esta festa de aniversário, seguindo-se o britânico Samu.l e ainda Angioma, que chega de Barcelona. Mas será a artista japonesa Hito, que alimentou a sua paixão pela música quando se mudou para Berlim, uma das mais aguardadas desta primeira noite. A estreia em Lisboa acontece este sábado, 9, a partir das 21 horas.

Já no domingo, 10, o destaque vai para o londrino Damian Lazarus, fundador da Crosstown Rebels, conhecido como the magician. Lazarus distingue-se pela energia e discografia, mais alternativa, que foge ao circuito de clubes e se adapta a lugares ao ar livre. “Quisemos que tocasse de dia e de noite, por isso a sua atuação está agendada para as 18 e 30.

Na programação desta maratona musical, que durará cerca 20 horas distribuídas por dois dias, haverá ainda a oportunidade de ver (e ouvir): Analodjica, Miguel Rendeiro (no sábado) e Nox, The Slum Vagabunds, Kuin e Roddes (no domingo).

Outra novidade das festas da Fuse Records é a eliminação do ferro das cabines e dos bares. Agora “só usamos madeira e bambu para construir estas estruturas”, diz o DJ e produtor Nox. Por ali, só haverão copos recicláveis e também cinzeiros ecológicos para que os festivaleiros não deitem as beatas para o chão. Também se aboliram as palhinhas. “Com estas alterações reduzimos drasticamente o lixo”, acrescenta. E para evitar as filas à porta, compre os bilhetes antecipadamente em www.fuse.pt.

Anfiteatro da Pedra > Instituto da Agronomia de Lisboa, Tapada da Ajuda> 9-10 jun, sáb-dom 14h-23h > €20 (1 dia), €35 (2 dias)