Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Taste the Future by Heineken: Para ver, escutar e imaginar o futuro siga até ao Torreão Nascente

Sair

A partir das 18 horas desta quinta, 7, discute-se o futuro em várias áreas no Torreão Nascente, no Terreiro do Paço, em Lisboa, a propósito da iniciativa Taste the Future by Heineken, que por ali se vai prolongar até sábado,16. Às ideias e obras de cinco artistas nacionais, em áreas como a música, artes plásticas, fotografia ou design, os visitantes são convidados a acrescentar as suas próprias mensagens sobre o que aí vem

A estrutura do Taste the Future by Heineken

A estrutura do Taste the Future by Heineken

Para ler este texto, o leitor não precisa de ter mais de 18 anos, mas se quiser participar na iniciativa Taste the Future by Heineken, já precisa de provar a sua maioridade. Com o objetivo de discutir o futuro e passar os valores da marca de cerveja ao consumidor, as agências criativas HN2 e a Leo Burnett organizaram esta iniciativa que vai decorrer de quinta a sábado, de 7 a 16, no Torreão Nascente, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

“Convidamos cinco artistas portugueses a pensarem e a imaginarem o futuro com músicas, obras e peças de arte”, diz Hugo Nóbrega, da agência H2N, curador desta ação.

Wandson, um dos artistas convidados, é um fenómeno no Instagram, onde tem mais de 64 mil seguidores

Wandson, um dos artistas convidados, é um fenómeno no Instagram, onde tem mais de 64 mil seguidores

A área da fotografia estará representada por “dois fenómenos do Instagram”, explica Hugo Nóbrega. São eles, o artista Hugo Suíssas (seguido por cerca de 47 mil pessoas) que “cria ilusões com os planos que escolhe para as fotografias que tira no seu dia-a-dia”, descreve o curador, e que ali vai estar a produzir experiências interativas com o público. O resto fica em segredo para não estragar a surpresa. Já o artista Wandson (com 64 mil seguidores) inspirou-se na Heineken para tirar as fotografias originais que se podem ver na exposição que vai estar patente no Torreão Nascente, até sábado, 16.

Na área da música, Moullinex (nome do projeto a solo de Luís Clara Gomes) foi desafiado a pensar no som do futuro. Para esta missão, o artista foi “beber” inspiração à fábrica da Central de Cervejas, nos arredores de Lisboa. Ali gravou os ruídos proveniente de caricas e de garrafas, usando o sopro e a respiração. O resultado pode ser ouvido nos seis dias do Taste the Future by Heineken.

A este trio, junta-se a ilustradora Vanessa Teodoro que ali apresentará a instalação 192+1. Nela, a artista recria os 192 países onde esta cerveja é vendida, usando as diferentes línguas em que se pede esta bebida. O número um que se adiciona aos 192 remete para o voto do público, que será convidado a participar com ideias.

Por fim, o convite estendeu-se a Joana Cardoso, ligada à comunicação e cinema, que criou uma caixa gigante, com três metros por três, que lembra “aquelas caixas que transportam obras de arte”, descreve Hugo Nóbrega. Por fora, é feita em madeira, e por dentro, tem muitos espelhos “dando o efeito de ilusão, reflexo, infinito e de multiplicação”, esclarece o organizador.

No último dia da iniciativa, sábado, 16, o Taste the Future by Heineken terá novidades. A partir das 21 horas, o palco será ocupado pela dupla de dj’s da Radio Comercial, Diogo Beja e Nuno Luz. Segue-se às 22 e 30, os músicos Pedro Tatanka, dos Black Mamba e Tiago Nacarato, ex concorrente do programa Voz de Portugal, que aqui ganham o nome de Tatacarato. Mais tarde, pelas 24 horas, a animação estará a cargo de Moulinex e Xinobi, que juntos formam os Moulinobi.

O Torreão Nascente será nestes dias um ponto de encontro das artes, onde o futuro será projetado pela criatividade e talento de vários artistas nacionais. E também por todos os que queiram “embarcar" nesta viagem até ao futuro.

Vanessa Teodoro, ilustradora

Vanessa Teodoro, ilustradora

Torreão Nascente > Terreiro do Paço > 7-16, qui-sáb 18h-24h, excepto sáb (16) até às 2h > grátis