Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Med Transfers Gin Mare: Vai começar a rota dos cocktails e petiscos

Sair

À boleia do mediterrâneo Gin Mare saboreámos alguns cocktails de autor, acompanhados de belos petiscos. Inscreva-se e traga cinco amigos

A primeira paragem foi no cosmopolita Sky Bar do hotel Tivoli, onde se serviu um cocktail cítrico com roll de barriga de atum

A primeira paragem foi no cosmopolita Sky Bar do hotel Tivoli, onde se serviu um cocktail cítrico com roll de barriga de atum

Diana Tinoco

Habitualmente, num grupo de amigos há sempre quem se destaque pelos dotes de liderança. Ora, este desafio é direcionado para estas pessoas com capacidades especiais de organizar momentos felizes. Quem está disponível para numa destas noites ir numa carrinha Volkswagen pão de forma, com cinco amigos, beber três cocktails preparados com Gin Mare e provar três petiscos? Até 31 de maio, as inscrições gratuitas estão abertas no site med-transfers.com/portugal – depois é esperar pela sorte, ou melhor, que o algoritmo vos escolha. A rota é fixa, tanto nas sete noites em Lisboa, como no Porto, durante oito serões e mais do que uma saída, que começa ao final da tarde, entre as 18 e 30 e as 22 horas, é uma experiência bem fresca e saborosa, totalmente gratuita.

Três dos melhores restaurantes com bares de cocktails de Lisboa (Sky Bar Tivoli, Pesca, Taberna Moderna) e do Porto (Rib Beef & Wine, Vermuteria da Baixa, Nogueira’s) esperam pelos convidados e assim que chegam as bebidas começam a ser preparadas à sua frente.

Em Lisboa, a VISÃO7 já apanhou boleia do Gin Mare, bebida mediterrânea de características muito frescas, devido aos botânicos utilizados (azeitona arbequina, tomilho, alecrim, manjericão, cardamomo, coentros, zimbro, frutos cítricos macerados durante mais de um ano). A primeira paragem foi nas alturas, com vista sobre a Avenida da Liberdade, no cosmopolita Sky Bar do hotel Tivoli. No copo, um cocktail muito cítrico (clementina, lima, laranja) com toque peruano do leche de tigre caseiro (sumos de lima e limão, gengibre, cebola) combinou melhor com o roll de barriga de atum e camarão com ovas tobiko. Descemos à terra e seguimos para o Pesca, do chefe Diogo Noronha, e do bartender Fernão Gonçalves, no Príncipe Real, para algo inesperado e verde: gin, sumo de limão, sumo de ervilha, xarope caseiro de lima kaffir e ostras do Sado. A melhor experiência da noite, venceu por unanimidade. Já depois do pôr-do-sol, na Taberna Moderna prova-se um cocktail com gin, sumo de maçã verde e xarope caseiro de alecrim, no prato, uma tosta com pasta de manjericão, lascas de bacalhau, tapenade de azeitona e figo seco, só para aconchegar.

As viagens entre restaurantes e bares são feitas numanuma carrinha Volkswagen pão de forma

As viagens entre restaurantes e bares são feitas numanuma carrinha Volkswagen pão de forma

Diana Tinoco

Inscrições até 31 mai em med-transfers.com/portugal > Lisboa 29-31 mai, 5-8 jun > Porto 4-7, 11-14 jun