Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Bioblitz: À descoberta das espécies do Parque de Serralves, no Porto

Sair

Durante uma semana, a biodiversidade do Parque de Serralves está à mão de semear em saídas de campo com investigadores, workshops de fotografia de natureza ou nas oficinas que interligam a arte do museu com o ambiente do Parque. O Bioblitz, assim se chama o programa, começa esta segunda, 16, para as escolas e estende-se até ao fim de semana, este reservado às famílias

No Parque de Serralves vivem mais de 60 espécies, entre mamíferos, aves, répteis e anfíbios

No Parque de Serralves vivem mais de 60 espécies, entre mamíferos, aves, répteis e anfíbios

Filipe Braga

Pelo quinto ano, o Bioblitz oferece às crianças a possibilidade de vestirem a pele de biólogo, descobrindo os milhares de espécies que vivem nos 18 hectares do Parque de Serralves, no Porto, desenhado pelo arquiteto francês Jacques Gréber. Acompanhadas por cientistas do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-inBIO), elas aprendem a identificar os morcegos anão, ferradura e hortelão, os ratinhos, musaranhos e outros que tais que só aparecem durante a noite, os anfíbios que por ali vivem junto aos charcos ou – entre as cerca de 90 aves diurnas e noturnas que visitam o jardim – os piscos, os chapins, as toutinegras, as felosas e as carriças que pousam entre sequoias, araucárias, magnólias e cedros.

No ano passado, durante esta “inventariação-relâmpago de espécies” descobriram-se “insetos, briófitas (musgos), líquenes e cogumelos”, conta Mariana Roldão, diretora do Serviço Educativo de Serralves. “E, ao longo das cinco edições”, acrescenta, em jeito de balanço, “mais espécies no âmbito da flora do que da fauna”. A iniciativa servirá, sobretudo, para promover o conhecimento científico através dos workshops (ilustração de natureza, fotografia de natureza, infusões com aromáticas, expressão dramática), das saídas de campo com investigadores e das dezenas de oficinas que interligam a arte do museu com o ambiente do parque. No fim de semana reservado às famílias, dias 21 e 22, a companhia Circolando ainda alertará para as alterações climáticas no espetáculo Água, a cruzar performance, instalação e arte pública.

Bioblitz > Parque de Serralves > Av. Marechal Gomes da Costa, Porto > T. 22 615 6500 > 16-20 abr, seg-sex (escolas) 9h30-12h30, 14h30-16h30; 21-22 abr (famílias) sáb 10h-24h, dom 8h-19h > grátis