Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Os quadros de Tamara Alves são infantis – e podem crer que isto é um elogio

Sair

Tamara Alves é a artista residente deste ano do Martinhal Beach Family Resort, em Sagres. A street artist inspirou-se na paisagem que circunda o hotel para criar uma série que tem tudo a ver com as histórias para crianças

Num dos quadros, Tamara Alves pintou uma menina-aventureira, muito amiga de uma raposa. Tal como em O Principezinho, de Saint-Exupéry

Num dos quadros, Tamara Alves pintou uma menina-aventureira, muito amiga de uma raposa. Tal como em O Principezinho, de Saint-Exupéry

Não é o Elmer, mas, para quem está habituado ao imaginário dos livros para crianças, parece o Elmer. No enorme jardim do Martinhal, em Sagres, existe um elefante pintado com as “mãozadas” coloridas das crianças (se fossem dedos, diríamos dedadas, como é de mãos que se trata, dizemos “mãozadas”). No quadro pintado por Tâmara Alves, a street artist de 34 anos que em 2017 é a artista residente do hotel conhecido por estar direcionado para as famílias, é uma raposa que aparece colorida com essas mesmas “mãozadas”.

Tamara há de explicar que se inspirou no casal de raposas que costuma andar pelas redondezas. Ela que, de resto, não tem por hábito pintar a paisagem: “Achei, porém, que aqui era importante fazê-lo. A paisagem merece”. Agarrada à raposa está uma menina, “uma miúda aventureira” que, como em O Principezinho, se torna amiga da raposa. “Este trabalho despertou a minha criança interior”, diz Tâmara.

O convite para ser a artista residente do hotel surgiu em maio. Tamara visitou o Martinhal e, conforme conta, durante dois dias, fez pesquisa de campo, transformando-se numa autêntica “investigadora”. Viu a praia, a ilha em frente, a vegetação circundante, as raposas, as andorinhas, os pintassilgos, o céu estrelado, o pôr do Sol. Lembrou-se da sua infância, passada não muito longe daqui, no Carvoeiro, do seu avô a dizer “amanhã vai estar calor”, perante um bonito pôr do Sol cor-de-rosa. E observou o modo como os miúdos andam por aqui, “à solta e sem medos”.

"Este trabalho despertou a minha criança interior", diz Tamara Alves

"Este trabalho despertou a minha criança interior", diz Tamara Alves

Já em Lisboa, onde pintou os dez quadros que durante um ano vão estar à venda no Martinhal (atualmente são dez, mas ela tem ideia de fazer ainda mais um), foi buscar referências a Peter Pan e a O Principezinho. Recordou a célebre frase da obra de Saint-Exupéry, o essencial é mesmo invisível aos olhos. Tinha a preocupação de ser fiel ao seu trabalho e, ao mesmo tempo, dar resposta à encomenda. Usou spray, aguarela, tinta-da-china e, em alguns casos, lápis de cor. Desenhou as ditas andorinhas (um tríptico que está exposto na recepção) e uma menina-raposa (mesmo à entrada do hotel). Preocupou-se em manter os salpicos da tinta de spray, para dar “expressão”.

Os quadros de Tamara Alves foram apresentados no Luxury Art & Design Weekend, que decorreu, nos dias 4 e 5, no Martinhal Beach Family Resort Hotel, em Sagres. Durante o fim de semana passado, contou Tamara que ficou com vontade de correr e de saltar, sobretudo, de parar o tempo. E o mais provável é que o tenha conseguido.

Na série de dez quadros, a street artist usou spray, aguarela, tinta-da-china e lápis de cor

Na série de dez quadros, a street artist usou spray, aguarela, tinta-da-china e lápis de cor

Martinhal Sagres Beach Family Resort Hotel > Quinta do Martinhal, Sagres > T. 282 240 200