Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O Gosto dos Outros... Kiko 
Martins

Sair

O chefe de cozinha – que recentemente inaugurou o restaurante Surf and Turf, em Lisboa, e lançou o livro A Cevicheria – partilha os sítios onde gosta de comer, correr e viajar

Kiko Martins

Kiko Martins

Francisco Rivotti

1. Capela do Senhor da Pedra, Vila Nova de Gaia Em Miramar, Vila Nova de Gaia, freguesia da mulher de Kiko Martins, o chefe destaca a Capela do Senhor da Pedra, no meio da praia. “É uma paisagem linda e invulgar”, diz.

2. Praia Ponta Ruiva, Sagres Kiko Martins descobriu esta praia há mais de 20 anos. “É um dos lugares mais bonitos em que já estive: perfeito para namorar, meditar e pensar na vida”, afirma. Foi também aqui que o chefe de cozinha começou a fazer surf.

3. Go Juu, Lisboa Neste restaurante, o chefe de cozinha sente-se em casa. Gosta da forma como se trabalha o saquê, “com respeito e carinho, como um escanção trata o vinho”. E nunca elege nenhum prato. “Fico nas mãos do sushiman”.

4. Serra de Sintra Para Kiko Martins, a serra de Sintra é um “sítio mágico”. “É incrível começar a correr num sábado às 5 e 30 da manhã e acompanhar o desenrolar da madrugada até ao nascer do Sol”, conta. Também pelas subidas e descidas da serra, é aqui que vem com frequência. “Só corro em montanha, tem mais adrenalina”, justifica. “Tento correr quatro a cinco vezes por semana.”

5. Rio de Janeiro, Brasil O Rio de Janeiro terá sempre “um lugar especial” no coração de Kiko, por ser a cidade onde nasceu e viveu até aos dez anos. Recorda-se dos almoços em casa e da vida à volta da mesa, do calor e do clube de futebol Flamenco.

6. Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, Lisboa Além de ter, conforme diz, “um grande interesse cultural”, o Museu de Arte, Arquitetura e Teconologia (MAAT) é “uma obra arquitetónica incrível”.