Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

No Caleidoscópio, agora estuda-se 365 dias por ano, 24 horas por dia

Sair

  • 333

O edifício icónico do Caleidoscópio, no jardim do Campo Grande, em Lisboa, foi transformado em Centro Académico com sala de estudo, auditório, centro de exposições e centro de documentação

O novo Caleidoscópio abriu portas há pouco mais de uma semana e, desde então, que as visitas dos estudantes têm vindo a aumentar

O novo Caleidoscópio abriu portas há pouco mais de uma semana e, desde então, que as visitas dos estudantes têm vindo a aumentar

António Bernardo

A sala de estudo panorâmica, com 175 lugares e vista sobre o lago e jardim do Campo Grande, é o coração do recém-inaugurado Caleidoscópio – Centro Académico da Universidade de Lisboa. É aqui que todos os estudantes da cidade vão poder estudar 365 dias por ano, 24 horas por dia, num edifício equipado com wi-fi, sistema de impressão, auditório (onde podem ser realizados concertos, apresentações de livros, conferências...), centro de exposições, loja (com produtos da Universidade de Lisboa) e centro de documentação (com nove pontos de consulta de base de dados e um acervo que inclui, entre outros, documentos, produções académicas e científicas).

Integrado na requalificação da zona norte do jardim do Campo Grande, o edifício do novo Centro Académico foi cedido pela Câmara Municipal de Lisboa à Universidade de Lisboa, que, após a realização de um concurso público, atribuiu à McDonald’s a exploração de uma parte do Caleidoscópio. A McDonald’s financiou as obras, sendo o projeto da responsabilidade de Pedro Oliveira, arquiteto que manteve a estrutura e traça originais, de formas hexagonais (projetado em 1971 por Nuno San Payo), bem como o painel de cerâmica em relevo (da autoria de Maria Emília Silva Araújo), acrescentando, no exterior, do lado do lago, um novo pormenor: uma pala. Segundo o reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra, “a ideia foi disponibilizar aos estudantes um espaço de estudo num ambiente agradável e bem equipado: se os estudantes querem estudar, o mínimo que podemos fazer é arranjar um sítio onde se sintam e estejam bem”.

O novo Caleidoscópio abriu portas há pouco mais de uma semana e, desde então, que as visitas dos estudantes têm vindo a aumentar. “Estão a começar a descobri-lo”, diz Helena Saramago, a responsável pela loja e centro de documentação, as duas áreas do Centro Académico ainda por abrir (devem entrar em funcionamento em novembro). O Caleidoscópio é, agora, dos estudantes. Ficou lá atrás o tempo em que, aqui, se via cinema e se faziam compras.

A sala de estudo panorâmica tem 175 lugares e vista sobre o lago e jardim do Campo Grande

A sala de estudo panorâmica tem 175 lugares e vista sobre o lago e jardim do Campo Grande

António Bernardo

Caleidoscópio – Centro Académico da Universidade de Lisboa > Ed. Caleidoscópio, Jardim do Campo Grande, Lisboa > seg-dom, 24 horas por dia

António Bernardo