Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Glory Bar: Explosões de sabores dentro de um copo

Sair

  • 333

Os cocktails e gins são a glória do novo bar do hotel Turim Restauradores

Beber um White Cloud no Glory Bar é quase como assistir a uma encenação teatral. A preparação deste cocktail especial da casa, um dos 11 de assinatura da carta, inclui uma nuvem de algodão-doce, que depois desaparece, mas deixa um gosto que se sente ao primeiro trago. O bar está a funcionar desde agosto em Lisboa, no Turim Restauradores, o hotel vizinho do elevador da Glória que lhe inspirou o nome. Dos tempos em que aqui funcionou uma casa de fado, ainda restam os tetos de madeira escura, o pé-alto, os arcos de pedra e os vitrais das janelas. O ambiente, a remeter para o medieval, foi atualizado com mobiliário novo, sofás de veludo e mesas de vidro, candeeiros de ar vintage e uma televisão, que, por enquanto, faz a banda sonora do bar com um canal de música. Agora, a entrada faz-se pela receção do hotel, mas haverá, em breve, uma porta na rua com acesso direto ao Glory Bar.
“A ideia era fazermos um bar de especialidade e não um igual aos outros. Inovámos na forma como são apresentados os cocktails e os gins”, explica Tiago Pimentel, responsável pela área no grupo Turim. Para desenvolver a carta, chamou-se a empresa Cocktail Team e um dos seus fundadores, Hugo Silva, que ficou encarregue de criar a lista de cocktails especiais da casa – e que aqui são preparados com bebidas de sabores menos comuns, como o xarope de Bubble Gum, com que se faz o Teenager Bianca (leva ainda morangos, natas e licor de morango, €5), ou o xarope de Chocolate Cookie que encontramos no Ginja Choco Cookie (€7). “E ainda com técnicas como a esferificação, para dar mais textura às bebidas e criar explosões de sabor na boca”, acrescenta a barmaid Ana Matias. Através desta técnica são criados o caviar de rosas e morango do Port Art, o cocktail mais conhecido por Portugal Glory (kiwi fresco, Porto seco, Pisang Ambon, creme de cacau branco com clara de ovo ou natas (€8,50), e o caviar de romã, servido no gin Edgerton (€14). No Glory, há ainda cerca de 40 gins, todos preparados a preceito: botânicos queimados numa ardósia, copos aromatizados e depois gelados, servidos com uma rodela de maçã flamejada, com gomos de fruta ou grão de café, uvas ou morangos. A carta completa-se com cerca de uma dezena de cocktails clássicos. Tudo servido com pipocas doces e salgadas, feitas no tacho, à moda antiga.

Glory Bar > Turim Restauradores Hotel > R. da Glória, 9, Lisboa > T. 21 340 0270 > seg-qui 16h-00h30, sex-dom 16h-1h30