Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Arte urbana: Do mundo para Estarreja

Sair

  • 333

A primeira edição do ESTAU – Estarreja Arte Urbana começa este sábado, 10, e conta com o traço de uma dezena de artistas nacionais e internacionais. Entre eles, está o australiano Fintan Magee

A dupla de brasileiros Bicicleta Sem Freio terá à disposição o mural do festival com maiores dimensões (mais de 660 metros quadrados) e o maior que já pintou

A dupla de brasileiros Bicicleta Sem Freio terá à disposição o mural do festival com maiores dimensões (mais de 660 metros quadrados) e o maior que já pintou

Serão oito dias pautados por artistas de arte urbana, de diferentes nacionalidades, que prometem colorir o primeiro Estarreja Arte Urbana (ESTAU). Pinturas murais, workshops, conferências, visitas guiadas, concertos, performances e projeção de filmes fazem parte do programa. Uma das grandes surpresas é a estreia em Portugal de Fintan Magee, artista australiano que já assinou murais em Hong Kong, Las Vegas, Tunísia, Dublin e Londres e recebeu o prémio Peoples Choice Award, nos Cliftons Art Prize, em Brisbane, Austrália.

O australiano Fintan Magee estreia-se em Portugal

O australiano Fintan Magee estreia-se em Portugal

Estarreja terá assinaturas de artistas dos quatro cantos do mundo. Ao australiano juntam-se o argentino Bosoletti, a polaca NeSpoon, o espanhol Isaac Cordal e a dupla brasileira Bicicleta sem Freio, muito bem acompanhados pelos talentosos portugueses Add Fuel, Hazul, Samina e Kruella D’Enfer. Desafios não faltam, principalmente para os brasileiros Bicicleta sem Freio, que terão à sua espera “a maior tela que alguma vez pintaram”, um mural com mais de 660 metros quadrados, como nos explica a curadora do projeto, Lara Seixo Rodrigues. O português Samina, para além de ter um mural por sua conta, também dará um workshop sobre stencil, a técnica de moldes para trabalhos de arte urbana. O workshop será dividido em duas sessões, na próxima segunda, 12, e terça, 13, entre as 14 e 30 e as 18 horas. Direcionado para o público sénior, haverá um outro workshop, a cargo do projeto Lata 65, de Lara Seixo Rodrigues, que já trabalhou com mais de 130 idosos pelo mundo e que, “mais do que lhes mostrar o que é a arte urbana, os põe a pintar um mural”.

A artista polaca NeSpoon é uma das estrangeiras a pintar em Estarreja

A artista polaca NeSpoon é uma das estrangeiras a pintar em Estarreja

O ESTAU é uma iniciativa da Câmara Municipal de Estarreja e da Mistaker Maker e é também “o primeiro festival de arte urbana no País com esta percentagem de artistas estrangeiros”, orgulha-se Lara Seixo Rodrigues. Porém, os motivos para ir até Estarreja espreitar estendem-se para lá das pinturas. As estreias cinematográficas Graffiti Grangmas’ (17 set, 21h15) e Tour Paris 13 (12 set, 21h30), a antestreia Sky is the Limit (13 set, 21h30) e o filme português Espigar nas Gentes (17 set, 21h30) serão apresentados para mostrar o melhor cinema sobre o tema da arte urbana.

Momento único será também o concerto de Filho da Mãe, com ilustração no momento e numa parede pela artista Cláudia Guerreiro, a baixista dos Linda Martini. No final, quando as obras estiverem concluídas, Lara Seixo Rodrigues fará as honras da casa com três visitas guiadas ao recente roteiro de arte urbana: 16 set (16h); 17 e 18 set (17h), estas duas últimas acompanhadas por uma intérprete de língua gestual.

ESTAU > vários locais de Estarreja > 10-18 set > programa completo em https://www.facebook.com/events/1173292499399627/