Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Ourivesaria Coutinho: a resistente

Sair

Conceição Esteves e Hamilton Coelho, atuais funcionários da Ourivesaria Coutinho, trabalham há décadas na Rua das Flores

Lucília Monteiro

No Porto, na Rua das Flores, que esta semana está no tema de capa da VISÃO Se7e, esta quinta nas bancas, chegaram a existir quase 40 ourivesarias - sobrevive a Ourivesaria Coutinho, onde em tempos a burguesia do Porto se abastecia de "pequenos" luxos

Nascida em 1859, a Ourivesaria Coutinho é, dizem, a mais antiga da cidade. Noutros tempos, era, afinal, na Rua das Flores que se encontravam “as lojas mais ricas do burgo”. Era nesta zona do Porto que a burguesia se abastecia dos “pequenos luxos”. “Chegaram a existir 37 ourivesarias”, recorda Conceição Esteves, 58 anos, que aqui trabalha há mais de 30. O colega, Hamilton Coelho, 72 anos, funcionário de uma dessas ourivesarias antigas da rua desde os 12 anos, ainda se lembra das escapadelas para jogar à bola no terraço da Ourivesaria Aliança, ali ao lado e que entretanto fechou.

Pratas e filigranas (especialmente corações de Viana) é o que mais se vende na Ourivesaria Coutinho. Embora a maioria dos clientes sejam os turistas, há ainda “famílias inteiras que aqui fazem as compras”, garante Conceição Esteves. Muitas compram talheres em prata para, aos poucos, irem completando um faqueiro. A ourivesaria é uma das poucas ainda existentes nesta rua – juntamente com outras resistentes como a Ourivesaria das Flores ou a Ferreira Joalheiros – e de lojas antigas de atoalhados como a Monteiro’s. A Rua das Flores, que se transformou em pedonal há dois anos, é, hoje, uma das principais ligações entre a Ribeira e a Estação de São Bento. E, por isso, transformada num vai e vem de gente.

Ourivesaria Coutinho > R. das Flores, 185, Porto T. 22 200 6340 > seg-sex 9h30-12h30, 14h30-18h45, sáb 9h15-12h30

  • Clube Royale: 'soirées' como antigamente

    Sair

    O Clube Royale, do músico Gimba e da sua mulher, Tita, é um dos negócios que está a dinamizar a Rua do Poço dos Negros. Leia mais sobre o que está a acontecer nesta rua de Lisboa no tema de capa da VISÃO Se7e desta semana, esta quinta, 14, nas bancas