Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Que grande xarope!

Visão Se7e

  • 333

José Caria

E não é só um: são três, os novos sabores do Quiosque de Refresco

Depois da Groselha (nome por que tratam carinhosamente Catarina Portas) e do Capilé (petit nom do seu sócio João Regal), agora os Quiosques de Refresco lançaram a tangerina, a erva-príncipe e o chá gorreana.

Três novos sabores, cada um com passagem para uma viagem: um pelas terras de Tânger (de onde no século XV partiram para Inglaterra "laranjas, pequeninas e muito doces" rapidamente batizadas tanger+inas; outro pelo Sul da Índia, de onde um dia chegou a erva-príncipe que a seu bel-prazer se pôs a crescer por essa Europa fora; e o último pela ilha de S. Miguel, que a meio do Atlântico alberga a "mais antiga e muito rara plantação de chá europeia".



Os três xaropes acabaram de chegar aos Quiosques de Refresco, em Lisboa. No Largo de Camões, Príncipe Real, na Avenida da Liberdade, na Praça das Flores ou de São Paulo, já podem ser provados diluídos em água e servidos frescos (eventualmente com uma rodela de limão).



Também lá estão à venda as garrafas de 700ml, com rótulo onde o ilustrador Lapin se autorretrata sempre com um chapéu na cabeça.



Tal como o sabor a groselha e a capilé, também estes são xaropes sem corantes nem conservantes. E cada um tem o seu segredo: groselha também se usa como calda para gelados ou panquecas; tangerina em cocktails, doces ou carnes; e a erva-príncipe tem propriedades cardiotónicas, digestivas e antidepressivas. Verdadeiros xaropes que, daqui a nada, chegarão ao resto do País e mais além.