Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Os melhores Terraços e Esplanadas de Lisboa

Visão Se7e

  • 333

Ora está um calor que não se aguenta ora temos dias e noites mais amenas. Num caso ou no outro é às esplanadas que apetece ir. E ficar. Para tomar o pequeno-almoço, almoçar, jantar ou apenas beber um copo ou comer um gelado tenha atenção aos horários há sítios para todos os gostos. VEJA A GALERIA DE FOTOS

NA CIDADE

>> O TERRAÇO Tem uma vista desafogada, que é mais do que suficiente para se respirar a cidade. Contemplá-la. Adjectivá-la. O travelling visual pode começar na ponta onde está o Parque Eduardo VII, passar pelas Torres das Amoreiras, Igreja do Carmo, ponte 25 de Abril, rio Tejo, margem sul e acabar de novo nos telhados da cidade. E o melhor é que há espaço. Não é um daqueles locais desesperantes com cinco ou seis mesas e sempre a abarrotar de gente. Aqui há sofás, vários, e mesas e cadeiras em quantidade suficiente para se sentir sempre muito bem acompanhado.

As mais disputadas são as que têm as costas reclinadas e estão na primeira fila, logo junto ao gradeamento, assim uma espécie de plateia. O sítio é descontraído e não há guest-lists, porque Lisboa é de todos e para todos. Os comes e bebes adaptam-se a cada situação também há pequenos-almoços e vão das sanduíches em pão focaccia, aos pratos com chouriço assado, polvo ou lulas, passando por petiscos de camarão com sésamo e salmão com hortelã.

Os sumos naturais e as várias caipirinhas e caipiroskas fazem as honras alcoólicas. Sim, há tremoços. E também há dos melhores fins de tarde da urbe.

Cç. do Marquês de Tancos, 3. 10h-2h

>> CAFÉ NO CHIADO Tente não ligar em demasia aos carros que passam mesmo ao lado e deixe-se ficar. A ementa "oferece" iguarias do talho e do mar, omeletas e saladas. Para os que têm horários diferentes existe o menu "Fora de Horas".

Lg. do Picadeiro, 10 T. 21 346 0501 Seg-Qui 10h-2h, Sex-Sáb até 3h

>> CAFETARIA DO MUSEU DE SÃO ROQUE O espaço exterior, junto à entrada, oferece um "espectáculo" nada simpático. Tapumes e máquinas em manobras num chão esventrado à espera de calçada. Mas quando se entra no museu tudo muda. O barulho fica lá fora e na esplanada/pátio em forma de quadrado o silêncio torna-se a melhor companhia, apenas quebrado pelo ruído da água a cair de um repuxo. Para comer há sempre pratos do dia, de peixe, carne e vegetariano, carpaccios, pregos, sanduíches, saladas e petiscos que incluem morcela da guarda com maçã reineta ou salada de polvo.

Lg. Trindade Coelho T. 21 323 54 46. Ter-Dom 10h-18h, Qui 14h-21h

>> CAFETARIA DO MUSEU DO CHIADO Temos pena que o horário seja curto, porque o jardim, recheado de esculturas em bronze dos sécs. XIX e XX, vale mesmo a pena. A experimentar: gaspacho, sumos naturais (pêra ou ananás com menta), saladas chèvre ou de queijo brie com pimentos caramelizados, bruschetta de atum e os tomates recheados com mozzarella.

R. Serpa Pinto, 6 T. 21 343 2148. Ter-Dom 10h00-18h

>> ESPLANADA DO PRÍNCIPE REAL Deliciosamente protegida por árvores centenárias, cujas raízes tornam mais periclitantes as mesas e cadeiras, é um pequeno oásis no meio do bulício citadino. Ideal para beber uma imperial ao fim da tarde. Para refeições substanciais há peixes e carnes, massas e alguns petiscos.

R. da Escola Politécnica, Jardim do Príncipe Real T. 21 343 1000. Seg 9h-20h, Ter-Dom até 23h

>> FÁBULAS No denominado Pátio do Siza, em pleno Chiado, divide o espaço com a pizzaria Mezzogiorno. As cadeiras, diga-se, não são o supra-sumo do conforto, mas lá vão servindo para o tempo necessário de conversa, comida e bebida. Há petiscos como tacos, burritos, tábua de queijos ou enchidos, crepes doces e salgados, omeletas, cuscuz e saladas. E mais: vinho a copo, sumos, sandes e sobremesas.

Cç. Nova de São Francisco, 14 (também pela R. Garrett, 19) T. 21 347 6323. Seg-Qua 10h-24h, Qui-Sáb até 1h

>> NOOBAI É muito, mas mesmo muito concorrida. Ao fim da tarde há sempre pessoas sentadas nos degraus de ferro que esperam vaga para avistar o casario e contemplar o rio. Sumos naturais (manga com gengibre e ananás com hortelã são os clássicos e muito pedidos), tostas, quiches ou saladas fazem parte da lista. Os mais pequenos têm um espaço só para eles.

Miradouro do Adamastor T. 21 346 5014. Seg-Sáb 12h-24h, Dom até 22h

>> OGÂMICO Parece uma daquelas esplanadas de bairro, e também é, mas não só. Para degustar, em plena calçada portuguesa, pois então, há tostas, bagel nórdico, margueritas e uma boa selecção de cervejas importadas.

R. Ruben A. Leitão, 2 T. 21 017 0018. Seg-Sáb 17h-1h

>> OS GOLIARDOS Vinhos. E mais vinhos. Atente-se que goliardo quer dizer "frequentador de tabernas". Têm garrafas de produtores nacionais e estrangeiros. Servem a copo. Acompanhe com queijos, enchidos ou quiches. Onde? Claro, na esplanada/pátio das traseiras da casa. Mas não vão lá todos ao mesmo tempo, é que o sítio é pequeno.

R. da Mãe D'Água, 9 T. 21 346 2156. Qui-Sáb 19h-2h

>> QUIOSQUE DE REFRESCO Já têm esplanada os três quiosques lisboetas que nos transportam para iguarias de outros tempos. Para beber capilé, groselha, mazagran ou leite perfumado e comer sanduíches de bacalhau em meia-desfeita, de queijo de cabra e pasta de azeitona ou de marmelada.

Lg. de Camões. 7h30-1h; Jardim do Príncipe Real. 7h30-24h; Pç. das Flores. 7h30-24h

>> RESTÔ É muito conhecido pela urbe da cidade e ainda mais frequentado. Um clássico, pois então, que torna mais refrescantes as noites quentes da cidade. A vista é um dos pontos fortes, mas o menu com tostas quentes (de mozzarella com tomate ou de chili. Sim de chili), polvo à lagareiro ou grelhados argentinos tem clientela fiel.

Chapitô, Costa do Castelo, 7 T. 21 886 73 34. 7h30-1h30, Sáb-Dom a partir das 12h

>> TORRICADO Poufs, sofás brancos e cadeiras translúcidas de design Philippe Starck. Está-se muito confortável na esplanada do restaurante de Luís Suspiro. E a ementa uma imensa lista, diga-se, para todas as refeições. E, já agora, saiba que também pode levar para casa acompanha a preocupação com o estilo. Desde as empadinhas de porco alentejano, aos pastelinhos de bacalhau à Gomes de Sá, passando pela tosta mista especial em pão de Mafra com presunto, queijo da ilha, tomate confitado e frutos secos e pelos pratos mais substanciais para almoço ou jantar. Tem chá artesanal e limonada caseira.

Pç. Touros Campo Pequeno, Lj. 66 T. 21 797 5356. 7h30-24h

NO HOTEL

>> SKY BAR HOTEL TIVOLI Abriu na semana passada este novo recanto do Terraço do 9.º andar do hotel. E não é um, mas dois. Ou seja, um deck de madeira com almofadões no, vá lá, primeiro balcão, e uma zona mais lounge com sofás escuros e outros tantos almofadões em tons de azul e branco poucos degraus mais abaixo a "alcatifa" verde a fazer as vezes de relva era dispensável, mas o que queremos mesmo é olhar em frente. Avista-se a cidade, o rio, a margem sul e até a serra da Arrábida. A carta finger food é assinada pelo Chef Luís Baena e tem algumas preciosidades gastronómicas como o éclair de tremoços e azeitonas, peixinhos da horta, sushi de presunto de barrancos, pregos ou bifanas.

Também se pode optar por três menus que incluem uma série de petiscos. A carta de bar tem álcoois variados, das vodkas aos gins ou champanhes, e uma considerável lista de cocktails que incluem, por exemplo, o martini rosso com ananás e o Love Potion no.8 (vodka, limão, pêra, açúcar, gengibre e framboesa). Para momentos mais naturais o sumo de arando, lima e menta é boa opção. Resta acrescentar que de quinta a sábado os fins de tarde são animados pela dj Belita.

Av. da Liberdade, 185, 9º T. 21 319 8900. 15h-1h

>> BAR 38º 41' - ALTIS BELÉM HOTEL & SPA Uma cuidada ementa e o rio mesmo aos pés fazem desta esplanada um soberbo local para descontrair e conversar sem ruídos demasiado altos. Tem variados cocktails, snacks e batidos de chorar por mais. Experimente o de morango, com uma espetada dos ditos pendurada no copo, e vai ver que temos razão.

Av. Brasília, Doca do Bom Sucesso T. 21 040 0200. 11h-2h

>> BAIRRO ALTO HOTEL É pequena para tanta procura, mas as relaxantes cadeiras e sofás, de alguma forma, compensam a espera. Isso e a vista sobre o Tejo e a cidade. E, também, claro, as já conhecidas saladas e a sanduíche Garrett (presunto Pata Negra, queijo brie, tomate marinado e manjericão). Acompanhe com um cocktail ou, e porque não, uma flûte champanhe.

Pç. Luís de Camões, 8 T. 21 340 8288. 12h30-24h

>> ENTRETANTO REGENCY CHIADO O terraço do bar Entretanto não é o segredo melhor guardado de Lisboa, não senhora. A vista panorâmica para a cidade e o rio são um dos pontos altos. O outro são as tostas, as sanduíches e as saladas.

R. Nova do Almada, 114 T. 21 325 6100. 12h-23h

>> NH LIBERDADE Neste simpático terraço pode almoçar-se ou petiscar ao fim da tarde de forma frugal junto à piscina do hotel. Saladas, hambúrgueres, chapatas, baguetes ou sanduíches e, também, sopa fazem parte da ementa.

Av. da Liberdade, 180B, 11.º T. 21 351 4060. 12h30-20h

À BEIRA-RIO

>> NOSOLO ITÁLIA BELÉM Tem apenas duas semanas de existência e já é um sucesso. Mesmo em frente ao Padrão dos Descobrimentos, que é como quem diz, "em cima" do rio, a esplanada tem conquistado adeptos através da trilogia "localização, vista, menu". São os sabores italianos que estão em destaque, numa vasta ementa para todos os gostos. A dificuldade vai ser mesmo escolher entre as 46 massas, dois risottos, 33 pizzas e várias carnes. As entradas também não são poucas, mas o carpaccio de carne e o formaggio caldo (pão torrado, queijo de cabra quente com mel e nozes) merecem nota dez. Nos líquidos, a companhia perfeita pode ser uma sangria de champanhe com morangos.

E muito, muito importante: os gelados. Depois da refeição, como refeição ou, apenas, gulodice momentânea, os gelados com fruta ou a acompanhar crepes são, de facto, muito amigos das papilas gustativas. E, já agora, de apreciável tamanho. Enquanto come, bebe e conversa é só deixar-se estar a apreciar as vistas. Acrescente-se que, além do menu infantil, há um kit infantil (papel com desenhos e lápis de cor) para entreter os mais pequenos. Se ainda não reparou na ficha técnica em baixo, o horário de funcionamento é muito alargado, por isso também há pequeno-almoço.

Av. Brasília, 202 T. 21 301 5969. 9h-1h

>> À MARGEM Quem vê de longe parece apenas um rectângulo branco entalado entre o Padrão dos Descobrimentos e o novo Altis Belém. Quando se chega perto tudo parece combinar na perfeição. O design minimalista e a música relaxante fazem companhia aos sumos naturais, aos chás e tisanas ou às saladas.

Av. Brasília, Doca do Bom Sucesso T. 91 782 4149/ 91 822 5548. Dom-Qui 10h-1h, Sex-Sáb até 2h

>> AMO.TE TEJO No fantástico edifício Central Tejo, agora museu, e debruçado sobre o rio, o Amo.te serve as tradicionais tostas e sandes em forma de coração, uma marca da casa, sushi e bebidas variadas. Uma nota para os fãs: têm ginger ale.

Museu Electricidade, Av. Brasília, Central Tejo T. 21 364 0627. Ter-Dom 10h-1h

>> CARIOCAS DO RIO A beijar o rio, a olhar os destinos rotineiros e com hora marcada dos cacilheiros. O sítio que a revista brasileira Veja catalogou como de "melhor local para namorar" serve almoços, jantares e refeições mais leves como saladas ou tostas. Para relaxar numa das espreguiçadeiras enquanto se bebe uma caipirinha.

R. da Cintura do Porto de Lisboa, Armazém F T. 21 322 0160. 12h-2h

>> DELI DELUX Saladas, sandes, tábuas de queijo e enchidos, bolos tradicionais, vinho a copo e cervejas estrangeiras. Tudo dois degraus acima do Tejo. Ao fim-de-semana o brunch é muito concorrido.

Av. Infante D. Henrique, Armazém B, Loja 8 T. 21 886 2070. Ter-Sex 12h-22h, Sáb 10h-22h, Dom 10h-20h

>> MENINOS DO RIO Costuma ter gente, muita gente. Sinónimo de que tem algo mais do que a vista. Saladas variadas, álcoois refrescantes e sushi que vem do Sushi Rio, o restaurante instalado por cima da esplanada.

R. da Cintura do Porto de Lisboa T. 21 324 2910. Dom-Qui 12h30-23h, Sex-Sáb até 2h