Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Ondajazz

Visão Se7e

  • 333

Um antigo armazém de café, hoje transformado em bar e restaurante, com as paredes decoradas com cartazes - assim é o Ondajazz

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.
1 / 8

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.
2 / 8

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.
3 / 8

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.
4 / 8

Concerto de Selma Uamusse com a convidada Rita Redshoes, num tributo a Nina Simone.

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.
5 / 8

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.
6 / 8

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.
7 / 8

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.
8 / 8

Concerto de Selma Uamusse, também conhecida como vocalista do grupo de rock Wraygunn.

A noite é de casa cheia no Ondajazz, um espaço aberto há oito anos pelo francês Thierry Riou no coração de Alfama, em parceria com a sua irmã Corinne e o marido desta, o português Vítor. 

"É o nosso bebé, mas entretanto cresceu, já tem uma vida e uma história. Já organizámos aqui perto de 2 mil concertos", vai-nos dizendo, de forma intermitente, enquanto tenta organizar os clientes pelas mesas.

Está quase a começar o concerto de Selma Uamusse, também conhecida como uma das vocalistas do grupo rock Wraygunn, que se prepara para apresentar um tributo a Nina Simone. "Não dá para entrar mais ninguém, estamos lotados", justifica-se Thierry a mais um grupo. "Escolhemos Alfama porque queríamos fazer este encontro entre o jazz e o fado, dois estilos musicais com muito em comum. Queríamos um local popular, para difundir o jazz de uma forma não elitista", sustenta.

O espaço é um antigo armazém de café, hoje transformado em bar e restaurante, com as paredes decoradas com cartazes e fotos dos muitos músicos que já por lá passaram. "Vemo-nos como um ponto de encontro cultural. Gostamos de juntar músicos de origens diferentes e ver no que dá", diz com humor.

"Este espetáculo da Selma, por exemplo, é bem representativo do nosso espírito. Prestamos um serviço público cultural, mas não nos sentimos especiais por isso, porque foi uma escolha de vida. É como ser músico, ninguém é músico para ganhar dinheiro. Os aplausos e o sorriso do público, quando gostam de um concerto, são a nossa riqueza."

ONDAJAZZ Arco de Jesus, 7 Lisboa T. 21 888 3242 / 92 697 7352 / 91 662 3580 www.ondajazz.com Concertos de terça a sábado (a partir de ¤6)