Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

7 bons livros para ler nestas férias

Livros e discos

Sete livros, sete sugestões, sete novidades chegadas recentemente às livrarias. Para ler à sombra do chapéu-de-sol, com vista para o mar e, de preferência, com um mojito na mão

Aproveitem-se as horas livres das férias de verão para se pôr a leitura em dia com as sugestões da VISÃO Se7e. Nestas muitas páginas, há histórias de amizade, como a que pode ler-se em As Oito Montanhas, do escritor italiano Paulo Cognetti, que viu a sua prosa ser amplamente traduzida e chegar a mais de 30 países. Ainda na ficção, um romance noir: O Meu Nome Era Eileen. Premiado com o PEN/Hemingway, revela as ambições da jovem autora americana Ottessa Moshfegh.

Entre ficção e realidade, o livro Viagem ao Sonho Americano, da jornalista Isabel Lucas, conta as suas aventuras pelos Estados Unidos da América a partir da sua literatura. As viagens marcam igualmente o tema de Itália – Práticas de Viagem, de António Mega Ferreira. Nesta obra, o escritor dá a conhecer as suas quatro décadas de viagens no país transalpino, mas deixa um aviso: "Este livro não é um guia nem um roteiro turístico-cultural”. Há mais voltas a dar, agora pelo mundo das livrarias, numa viagem guiada pelo jornalista catalão Jorge Carrión, autor da obra Livrarias, considerada pelo jornal britânico The Guardian como um dos dez melhores livros de viagens. De regresso, novamente, ao mundo da ficção, sugere-se O Ministério da Felicidade Suprema, da escritora indiana Arundhati Roy. Ao longo de mais de 400 páginas revelam-se as mil e uma facetas de uma Índia moderna. Por fim, em O Deslumbre de Celília Fluss, o novo livro de João Tordo que encerra a trilogia dos “lugares sem nome”, fala-se de dor e de perda. Para pôr dentro da mala, antes de partir de férias.