Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

As melhores desculpas para quem chega atrasado à escola

Livros e discos

  • 333

Está aí o início do ano letivo e, mais útil do que muitos manuais escolares, é este pequenino livro carregado de boas desculpas para quem nunca consegue ouvir a campainha de entrada tocar: Cheguei Atrasado à Escola Porque…

Já conhecíamos as dos problemas na linha do metro, as do despertador que não tocou, as do elevador avariado no meio de dois andares, ao do acidente na autoestrada… mas Davide Cali e Benjamin Chaud, os autores de Cheguei Atrasado à Escola Porque…, levam para outro patamar o nível das desculpas dos atrasados crónicos. É tempo de regresso às aulas e este pequeno livro, garantimos, pode ser bem mais útil do que muitos dos manuais escolares que fazem peso nas mochilas.

Depois de Não Fiz os Trabalhos de Casa Porque…, também editado pela chancela Orfeu Mini, da Orfeu Negro, que desfiava fantásticas desculpas para usar com a professora, chega esta deliciosa e mirabolante aventura, assinada pela mesma dupla. Uma longa história, como anuncia o miúdo que se atrasa logo nas primeiras páginas. E recheada de criaturas maravilhosas e criativos imprevistos: umas formigas gigantes que comem o seu pequeno-almoço, um ataque de ninjas ferozes, um monte de bailarinas assustadoras que o rodeiam, um gorila colossal que confunde o autocarro com uma banana, uma misteriosa tribo de toupeiras que vive nos esgotos, uma luta com um monstro-bolha peganhento (com divertidos hábitos de leitura), um desfile de elefantes… e mais não revelamos, que estas peripécias são mesmo para ser lidas. Até porque por lá também anda uma menina perdida, de capuchinho vermelho, uma casa feita de doces, uma flauta mágica e outras histórias que tais.

Imaginação, já sabíamos bem, não falta aos textos de Davide Cali, que antes nos deu verdadeiros tesouros como A Casa que Voou (com ilustrações de Catarina Sobral, da Bruaá), Eu Espero… (Bruaá) ou Um Dia um Guarda-chuva… (Planeta Tangerina). Também o ilustrador Benjamin Chaud, autor de, entre outros livros, A Cantiga do Urso e As Férias do Pequeno Urso, não nos ia desiludir. Os seus desenhos potenciam ainda mais a história, seguindo o rapaz e o seu cão em toda esta aventura, deixando pistas e pormenores que só descobrimos à segunda, terceira ou quarta leitura. Porque vale mesmo a pena ler e reler este livro e perder tempo a apreciar as ilustrações, onde o movimento é conseguido em traços de carvão e cor e onde numa única página e, a servir uma única frase, se passam mil e uma coisas que nos deixam sempre (sem falha) com um sorriso na cara.

Sobre como termina esta história, não dizemos nem uma palavra. Mas tudo é possível, podemos garantir – por isso, em caso de aflição, é abrir o livro e tentar, pelo menos, uma destas desculpas.

Cheguei Atrasado à Escola Porque… > de Davide Cali e Benjamin Chaud > Orfeu Negro > 44 págs. > €12