Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Guia dos melhores brunches de Lisboa e Porto

Visão Se7e

  • 333

A fórmula americana de juntar pequeno-almoço e almoço adequa-se muito bem aos despertares tardios dos dias mais frios. Os melhores brunches em Lisboa e no Porto, para saborear com o vagar da estação

.
1 / 16

.

OLIVIER AVENIDA - O + Alegre €25 5-10 anos €12,5 4 anos Grátis
2 / 16

OLIVIER AVENIDA - O + Alegre €25 5-10 anos €12,5 4 anos Grátis

ESTUFA REAL - O + Substancial €37 (sem bebidas alcoólicas), 4-10 anos €18,50, 4 anos Grátis
3 / 16

ESTUFA REAL - O + Substancial €37 (sem bebidas alcoólicas), 4-10 anos €18,50, 4 anos Grátis

TARTINE - O + Tradicional €16
4 / 16

TARTINE - O + Tradicional €16

RITZ FOUR SEASONS HOTEL LISBOA - O + Familiar €39 (sem bebidas alcoólicas), 8-14 anos €15, 7 anos Grátis
5 / 16

RITZ FOUR SEASONS HOTEL LISBOA - O + Familiar €39 (sem bebidas alcoólicas), 8-14 anos €15, 7 anos Grátis

KAFFEHAUS - O + Ressacado €11,90
6 / 16

KAFFEHAUS - O + Ressacado €11,90

DETOX LOUNGE BY LIQUID - O + Saudável €16,90
7 / 16

DETOX LOUNGE BY LIQUID - O + Saudável €16,90

THE DECADENTE - O + Internacional €14
8 / 16

THE DECADENTE - O + Internacional €14

.
9 / 16

.

TERRELLA - O + Eclético €12,50 (inclui uma bebida e café); 6-11 anos 50%, 5 anos Grátis
10 / 16

TERRELLA - O + Eclético €12,50 (inclui uma bebida e café); 6-11 anos 50%, 5 anos Grátis

CASINHA BOUTIQUE CAFÉ - O + Democrático €9,95
11 / 16

CASINHA BOUTIQUE CAFÉ - O + Democrático €9,95

THE TRAVELLER CAFFÉ - O + Internacional €13,25
12 / 16

THE TRAVELLER CAFFÉ - O + Internacional €13,25

BREYNER 85 - O + Trendy €10 (inclui duas bebidas)
13 / 16

BREYNER 85 - O + Trendy €10 (inclui duas bebidas)

GRANDE HOTEL DO PORTO - O + Familiar €15 (bebidas não incluídas); 5-10 anos 50%, 4 anos Grátis
14 / 16

GRANDE HOTEL DO PORTO - O + Familiar €15 (bebidas não incluídas); 5-10 anos 50%, 4 anos Grátis

ROSA ET AL TOWNHOUSE - O + exclusivo €20 (menu) ou à la carte
15 / 16

ROSA ET AL TOWNHOUSE - O + exclusivo €20 (menu) ou à la carte

TABERNA DO BONJARDIM - O + Intimista €15, 6-12 anos 50%; 4 anos Grátis
16 / 16

TABERNA DO BONJARDIM - O + Intimista €15, 6-12 anos 50%; 4 anos Grátis

Lisboa

  • Olivier Avenida - O + alegre €25 5-10 anos €12,5 Crianças até aos 4 anos não pagam

No último domingo, pouco depois das 13 horas, as salas do restaurante Olivier Avenida, no interior do Hotel Tivoli Jardim, estavam cheias de gente nova - e de gargalhada fácil. "No meu brunch é importante que as pessoas se sintam satisfeitas, podem repetir à-vontade e, sobretudo, podem fazer combinações muito diferentes", diz o restaurateur Olivier. O brunche, em versão buffet, é composto por uma seleção variada de pães, croissants, panquecas, queijos, presuntos e carnes laminadas, salmão fumado, ovos mexidos e escalfados, bacon, cogumelos, sopa, dois pratos quentes e ainda sushi e sashimi do Yakuza (propriedade de Olivier). Também inclui compotas e doces variados, bolos, frutas, sobremesas diversas, como o pastel de nata d'Honra, sumos, chá e café. O brunch estará disponível aos domingos até à primavera. Hotel Tivoli Jardim, R. Júlio César Machado, 7 T. 21 317 4105, 93 498 9440. Dom 12h30-16h

  • Estufa Real - O + substancial €37 (sem bebidas alcoólicas), 4-10 anos €18,50 Crianças até aos 4 anos não pagam

Passando o portão do Jardim Botânico da Ajuda, entre as árvores e plantas da América do Sul, Chile e Austrália, passeiam-se os pavões e redescobre-se o restaurante Estufa Real. Há 15 anos que todos os domingos, entre as 12 e as 16 horas, é servido um brunch em versão buffet. Começou por ter cereais, torradas e sumos, mas, ao longo dos anos, sofreu alterações. "Hoje, mais do que um brunch, é um almoço buffet", comenta Guiomar Machaz, coordenadora de eventos do restaurante. Numa das salas, todas com vista para o jardim, há três mesas "tipo casamento", repletas de muitos petiscos quentes e frios. Na maior, os dois pratos de peixe, um de carne e um vegetariano. No último domingo, serviram-se bife de vitelão à portuguesa, caril de peixes do Atlântico, lombos de bacalhau com broa de milho e couscous de verduras com tofu. Também não podem faltar ostras, mexilhões, camarões e salmão fumado, assim como uma grande seleção de saladas. Nas duas mesas mais pequenas, ficam os queijos, pães e tostas, as frutas e uma fonte de chocolate que faz as delícias das crianças... e não só. Nos dias de sol, o jardim é muito simpático para as brincadeiras dos mais pequenos. Jardim Botânico da Ajuda, Cç. do Galvão, T. 21 361 9400. Dom 12h-16h 

  • Tartine - O + tradicional €16

Quem se passeia entre a Rua Garrett e o Largo de São Carlos já se deve ter sentido tentado pelos pães, bolos e tartines do Tartine. O pequeno terraço, ideal para dias sem chuva, e os jornais e as revistas disponíveis reforçam a vontade de ficar mais tempo (a despropósito, o bolo rei já chegou às prateleiras do Tartine). Numa mesa para dois ou na mesa grande comum, serve-se um menu (bastante) flexível. Desta forma, o cliente poderá optar pelas sugestões que mais lhe agradarem. Pain au chocolat, croissant ou brioche. Um dos três ovos: quente, mexido ou estrelado. Ou, se preferir, os ovos benedict ou os royal (o preço aumentará). Em relação às bebidas quentes, a oferta inclui chocolate quente, galão, leite de soja ou cappucino. O sumo de laranja natural, o iogurte natural biológico (ou de soja) com granola, e um pratinho com queijo, fiambre, manteiga e doce complementam a oferta do brunch, que esta disponível todos os dias da semana. R. Serpa Pinto, 15A T. 21 342 9108. Seg-sex 8h-12h, Sáb 10h-17h

  • Ritz Four Seasons Hotel Lisboa - O + familiar €39 (sem bebidas alcoólicas), 8-14 anos €15, Crianças até aos 7 anos não pagam

No último domingo, os sofás confortáveis à entrada do restaurante Varanda, no Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, serviam de sala de espera aos muitos clientes que aguardavam por uma mesa para provarem o brunch preparado pelo chefe executivo Pascal Meynard. E mesmo ali ninguém se sente esquecido, antes pelo contrário: há sempre um funcionário atento que vai mantendo o contacto. Os mais pequenos saem do restaurante em direção à Ritzlândia, uma sala para crianças dos 4 aos 12 anos com várias atividades, o que dá uma certa vida ao sítio e distrai o olhar do relógio. Não espere confusão ou demasiado barulho. Para dar início ao verdadeiro banquete que se segue, uma bebida de boas vindas. Depois, cada cliente - vêem-se muitas famílias com filhos - pode servir-se à-vontade, de uma farta seleção de pães, queijos artesanais nacionais e internacionais, charcutaria fina, iogurtes caseiros, compotas e muesli. A estas opções mais próximas de um pequeno-almoço tradicional, acrescem ovos benedict, ostras, gyosas, sushi e mariscos. Para as crianças, há pizas, mini-hambúrgueres, pregos no pão. Na mesa dos doces, o chefe pasteleiro Fabian Nguyen surpreende com os seus mil folhas (uma receita especial do hotel Ritz), arroz doce, tarte de maçã, entre muitas outras sugestões com fruta ou chocolate. R. Rodrigues da Fonseca, 88, T. 21 381 1400. Dom 12h-16h

  • Kaffehaus - O + ressacado  €11,90

No dia a seguir a beber um copo a mais, não precisa de se trancar em casa, sem comer. No café do Chiado, de inspiração austríaca, o Kaffeehaus, há um medicamento, em forma de brunch, que cura esses pequenos excessos. Wir sind Kaiser (Somos Imperadores, em português) é ideal para um desses dias de ressaca, brinca o proprietário e cozinheiro Konrad Trettir. "É um brunch muito intenso", justifica. E o intenso é explicado pela sua composição: salsicha tipo Viena, com molho de guisado à moda de Salzsburgo, ovos mexidos, pão e manteiga. Também há outros brunches (no total, são oito, mais um especial, que muda todas as semanas e que pode ter pratos asiáticos, gregos...), servidos todos os sábados e domingos: o Wiener Frühstück, o mais doce da ementa e que combina pão austríaco, croissant, minibolo de mármore, doce, Nutella, mel e manteiga; o Kaffeehaus Frühstück, o mais clássico, composto por pão, fiambre, salame, queijo Brie, queijo Emmental, manteiga, ovo mexido com cebolinho e muesli com iogurte e mel; o Vital Brunch, à base de granola, com iogurte e frutas frescas, queijo Ricotta com manjericão servido morno, Knäckebrot e manteiga. Os preços variam entre os €4,20 e os 11,90 euros. R. Anchieta, 3, T. 21 095 6828. Sáb-dom 11h-20h

  • Detox Lounge by Liquid - O + saudável €16,90

Aos sábados e domingos, a partir das 11 horas, a bonita sala do Detox Lounge by Liquid, com vista para o Largo do Carmo, fica perfumada com o cheiro a canela, mel e pão torrado. Há dois menus diferentes de brunches, que são servidos até às 19 e 30, neste pequeno restaurante de comida saudável, no primeiro andar do edifício onde, entre 1908 e 1912, viveu Fernando Pessoa. O Brunch Detox é composto por papa de aveia, feita com leite de arroz, que o cliente pode enriquecer com um suplemento (frutos secos, passas, sementes de abóboras, sésamo ou papoila, por exemplo), uma torrada generosa (que pode ser barrada com queijo creme caseiro, compota, manteiga ou mel) e uma barra energética biológica. Para acompanhar, escolha um dos smoothies da carta. São confecionados à base de legumes e frutas, e são o ponto forte da casa. Para o ajudar na escolha, Teresa Alves Barata, a proprietária, aconselha o clorofílissimo, com maçã, abacaxi, abacate, pepino, gengibre, espinafres, aipo e salsa. A partir de dezembro, este menu vai mudar ligeiramente: "Vamos incluir as panquecas, sem açúcar, em vez da barra energética", anuncia Teresa. No brunch Fernando Pessoa, em vez da papa de aveia, é o iogurte grego da Yonest, com granola e mel (ou compota), que desafia o apetite. Chega à mesa acompanhado por uma torrada e por um muffin (ou uma fatia de bolo, daqueles que nos fazem lembrar os das nossas avós). "São dois menus saudáveis mas substanciais, aqui não contamos as calorias, mas sim os nutrientes", acrescenta Teresa Alves Barata. R. da Trindade, 1, T. 91 340 1279. Sáb-dom 11h-19h30

  • The Decadente - O + internacional €14

O edifício que fica em frente do Miradouro de São Pedro de Alcântara, e que, atualmente, alberga o hostel The Independent, foi construído para ser a residência oficial de um embaixador suíço. Desde agosto de 2011 que abriu as portas dos seus quartos a hóspedes, maioritariamente estrangeiros. Nessa altura inaugurou também o restaurante The Decadente, também acessível a lisboetas. É lá, no piso térreo, que podem degustar-se as três sugestões de brunches. O Nordic é composto por tártaro de salmão com lima e aneto, tomate assado, ovo, beringela assada e um mix de folhas. Já o Americano combina panquecas com compota de frutos vermelhos, ovo, bacon, salsicha, batata com paprika e o vegetariano apresenta uma seleção de cogumelos Paris, tomate e beringela assados, ovo e agrião. Depois de escolher o prato, o cliente pode servir-se de uma mesa com vários complementos, entre eles, iogurtes, cereais, frutas, sumos naturais, saladas e bolos. R. de São Pedro de Alcântara 81 T. 21 346 13 81 Dom 12h-17h

E mais...

  • Bica do Sapato O buffet é criado com produtos sazonais e, por isso, os pratos quentes mudam todas as semanas. Bica do Sapato, Av. Infante D. Henrique, Armazém B, Cais da Pedra a Sta Apolónia T. 21 881 0320. Dom 12h30-16h. €25 (bebidas não incluídas), 5-9 anos €12,50, 4 anos Grátis
  • Brasserie Flo É composto por uma seleção de sumos naturais, ovos, saladas, tártaros, buffet frios, pratos quentes, mariscos e sobremesas. Hotel Tivoli, Av. da Liberdade, 185 T. 21 319 8900. Dom 12h-16h. €28,50 (bebidas não incluídas), 6-12 anos €14,25, 6 anos Grátis
  • Cafetaria Mensagem Um brunch que varia semanalmente e que combina uma seleção de entradas e saladas, pratos quentes e sobremesas. Altis Belém Hotel & Spa (Doca do Bom Sucesso T. 21 040 0200). Dom 12h30-16h. €35 (com bebidas incluídas exceto café), 6-12 anos €17,50, 6 anos Grátis
  • Terraza Uma oferta completa e diversificada de pratos da gastronomia nacional. Grande Real Villa Itália Hotel & Spa, R. Frei Nicolau de Oliveira, 100, Cascais. T. 21 096 6000. Sáb-dom 12h30-16h. €25, 5-11 anos €12,50, 4 anos Grátis
  • Quinoa Têm duas opções: o Brunch Quinoa (com sumo de fruta, iogurte com fruta fresca e granola caseira, meia de leite, seleção de pães, croissant, saladas de queijos e enchidos, ovos mexidos, manteiga e compotas) e o Brunch Alecrim (com sumo de fruta, iogurte com fruta fresca e granola caseira, meia de leite, seleção de pães, croissant, queijos, fiambre, manteiga e compotas). R. do Alecrim, 54 T. 21 347 9326. Ter-sáb 9h-19h. €15 (Quinoa), €9,90 (Alecrim)
  • Pau de Canela Em versão buffet e à discrição. Inclui saladas, ovos, salmão fumado, fruta, doces, croissants, cereais, iogurtes, sopa, sumos, vários tipos de pão, carnes frias, queijos, compotas, bôla, quiches ou folhados. Têm ainda um seleção de produtos em glúten. Pç. das Flores, 25-29 T. 21 397 2220. Sáb-dom, fer 10h-17h. €18, 4-8 anos €7, 3 anos Grátis

Porto 

  • TERRELLA - O + eclético €12,50 (inclui uma bebida e café); 6-11 anos 50%, Crianças até aos 5 anos não pagam

O difícil será escolher. E o melhor mesmo é ir de barriga vazia para o brunch neste restaurante que tem como consultor o chefe de cozinha Hélio Loureiro. Servido em formato buffet, tem muito por onde se perder. Desde os sabores mais habituais (variedade de pão e pastelaria, scones, waffles, donuts, cereais, ovos mexidos, salsichas, fiambre e queijo fatiados) aos menos usuais (como feijão branco com calda de tomate e enchidos, saladas variadas, tomates recheados ou cogumelos salteados). Para quem faz do brunch um almoço (que enche o estômago até ao final do dia), conte com sopa e um prato quente, que vai alternando entre carne e peixe. Este domingo servia-se arroz de tamboril e massa gratinada com legumes "a pensar nas crianças que não gostam de peixe", conta Diogo Matos, o gerente. Mas em próximos brunches poderá encontrar arroz de pato, bacalhau lascado com broa ou lombinho de porco com castanhas. Nas sobremesas não falta uma lista imensa de doces de perder a cabeça: bolo brigadeiro de chocolate, tarte de limão merengada, mousse de chocolate, rolo de laranja, além de fruta laminada. Sem esquecer o mata-bicho onde não faltam frutos secos e bagaço. O ambiente descontraído convida a levar a família. Aconselha-se reserva. R. Ofélia Diogo da Costa, 105C, Porto T. 91 0659368. Dom 11h30-16h30 

  • CASINHA BOUTIQUE CAFÉ - O + democrático €9,95

A casinha serve brunch durante todos os dias. Seja pela manhã, para os que gostam de um pequeno almoço reforçado, ou (como já aconteceu) às 11h da noite, para quem não tem horário preestabelecido para fazer as refeições. "Adapta-se às necessidades das pessoas", diz Joaquim Oliveira, um dos donos tomando à letra o slogan da marca: "É você quem estabelece a ordem natural das coisas, os seus desejos são ordens." O brunch inclui um croissant normal ou com cereais, um scone simples com manteiga e compota, iogurte grego com framboesa ou sopa do dia, tosta tradicional vegetariana ou de salmão, presunto e brie (esta opção acresce €1) e ainda uma fatia de cheesecake (de framboesa, oreo ou lima), tarte de maçã ou brownie. O brunch da Casinha é "muito eclético", serve clientes dos 18 aos 80 anos, especialmente ao fim de semana. "Cada vez há mais procura. É um brunch para a família inteira, podem trazer os filhos e os avós. Nomeada para os Prémios Mercúrio, que premeia os melhores do comércio e indústria (os vencedores são conhecidos no dia 24), a Casinha prepara-se para abrir, em breve, na Baixa do Porto, em Braga e em Lisboa. Av. da Boavista, 854, Porto T. 93 4021001. Seg-dom 9h-24h

  • THE TRAVELLER CAFFÉ - O + internacional  €13,25

A húngara Ingrid Simon parece não se ter enganado quando, há dois anos, abriu uma coffee house, mesmo ao lado do Coliseu do Porto, a pensar nos "viajantes". A maioria dos clientes são turistas que aqui vêm à procura de sabores dos quatro cantos do mundo. Seja através dos smoothies de fruta, batidos, wraps, da bebida indiana chai ou diferentes chás e cafés. Mas um dos menus mais requisitados tem sido, de facto, o brunch. Disponível a qualquer hora do dia, é constituído por ovos mexidos (com bacon ou salmão fumado), croissant, pão, compota, manteiga, um muffin (de cheesecake de mirtilo, triple chocolate, maçã, canela e nozes ou chocolate com marshmallows), salada de fruta com iogurte. Para beber, opte entre meia de leite, americano, café ou chá. "No final são poucos os que ainda comem a salada de fruta...", revela Ingrid. Os portugueses vêm sobretudo ao fim de semana, a partir das 14 horas. "Às vezes às 20 horas ainda estamos a servir brunches", conta a proprietária deste café onde é possível encontrar diferentes nacionalidades numa mesma tarde. Porque, como ela gosta de dizer, citando uma frase do escritor americano James Michener: "Se rejeitas a comida, ignoras os costumes, receias a religião e evitas as pessoas, é melhor ficares em casa". R. Passos Manuel, 165, Porto T. 22 2013172/93 6440865. Seg-qui 8h15-21h, sex-sáb 8h15-01h, dom 8h45-20h

  • BREYNER 85 - O + trendy €10 (inclui duas bebidas)

O sábado amanhece chuvoso e a cidade ainda mal acordou. Neste bar que é também academia de música e artes, dão-se os últimos retoques na sala que recebera, na noite anterior, a festa de karaoke. O brunch, servido desde julho, tem feito o edifício art deco acordar mais cedo aos sábados. Ana Novais, curso de cozinha tirado em Itália e dona de uma empresa de catering, é a responsável pelo menu mediterrânico que varia de semana para semana. Com a chegada do frio, veio também a sopa. A panela já tem o creme de ervilha com manjericão a fumegar. Nas mesas, marcadores de papel a fazer lembrar os antigos panos de renda. Além da sopa, há tarte de curgete, pinhões e azeitonas, pasta com pesto e chouriço, rolinhos de pizza, brie embrulhado em massa quebrada com cogumelos salteados e panquecas, que podem ser barradas com Nutella ou compota. Catarina Moutinho e Vítor Barbosa são os primeiros a chegar. Adoram "experimentar novos brunches e ter duas refeições numa só." R. do Breyner, 85, Porto T. 93 6440865. Sáb 13h-16h

  • GRANDE HOTEL DO PORTO - O + familiar €15 (bebidas não incluídas); 5-10 anos 50%, Crianças até aos 4 anos não pagam

É um dos casos em que o "boca a boca" fez o seu caminho. Não tardou que o brunch do Grande Hotel do Porto atraísse apetites novos e de tradição. Para isso contribuiu uma cuidada e paciente regeneração do hotel, a que a escritora Alice Vieira chama a sua "casa" no Porto e onde o cineasta Manoel de Oliveira filmou algumas cenas de Amor de Perdição. Ora, de perdição, pecaminoso mesmo, é o brunch de domingo. Para o restaurante D. Pedro II, salão digno da realeza, conflui toda a espécie de apreciadores da mesa farta e requintada, servida em ambiente nobre e romântico, sem os sobressaltos e impaciências típicas dos "comedoiros" domingueiros. O Porto da nobreza de espírito, de todas as gerações, cabe todo ali. Sereno, afável, conversador. Cúmplice. Aos bem recheados buffets de saladas, frios e sobremesas, juntam-se salgadinhos, sopa do dia e, tal como num destes domingos, bolsinhas de salmão com molho açafronado e panadinhos de peru com ervas aromáticas. Mas há sempre surpresas. Talvez por isso, quem vai, volta. Passando palavra. A partir de 1 de dezembro e até ao dia 24, o brunch vai de férias e dá lugar ao buffet de Natal. Outra perdição que nos espera, diz quem já por ali pecou. Rua de Santa Catarina, 197, Porto T. 22 2076696. Dom 12h-15h

  • ROSA ET AL TOWNHOUSE - O + exclusivo €20 (menu) ou à la carta

Para entrar é preciso bater à porta, à moda antiga. O edifício do século XIX, com cinco andares, situado no Quarteirão das Artes, não é um restaurante. É sobretudo "uma casa", como gosta de lhe chamar Patrícia de Sousa, uma das responsáveis deste projeto de Bed & Brunch Collection. O brunch, servido ao fim de semana, é uma forma de "devolver o edifício à cidade". "Há pessoas que não conseguem ficar cá a dormir e vêm especificamente para o brunch." Tal como outros pormenores desta casa, também ele é pensado como "uma experiência" que alia a gastronomia slow food ao bem estar. Cheira a compotas acabadas de fazer. Na sala com vista para o jardim, com mobiliário trazido de um café berlinense dos anos 50, o brunch é "adaptado às necessidades de cada um". Pode pedir o menu de €20 se gostar de uma refeição "mais almoçarada", que inclui pratos quentes como shakshuka e chorizo hash, ou escolher à la carte. Onde consta o iogurte com granola caseira, ovos benedict (ovo escalfado com presunto e molho holandês), fatias douradas e panquecas com compota, creme fraiche e fruta ou chocolate e gelado. Para beber, opte por sumo de laranja natural ou uma das 38 variedades de chá (algumas ervas vêm diretamente do jardim como salva, tomilho ou limonete). "Há clientes que chegam às 12 e saem às 17 horas", conta Patrícia, que aconselha a reserva prévia. O Rosa et Al organiza workshops de brunch (€40). R. do Rosário, 233, Porto T. 91 6000081. Sáb-dom 12h-16h

  • TABERNA DO BONJARDIM - O + intimista €15, 6-12 anos 50%; Crianças até aos 4 anos não pagam

À media luz, a sala, no primeiro andar, está quase completa. São 14 horas de um sábado e o brunch começou a ser servido há uma hora. A mesa tem pão de girassol, fatias de queijo e fiambre, croissants simples e de chocolate, chá, limonada, groselha e vinho a copo para quem preferir. Numa outra mesa, junto à janela, há lasanha de bacalhau, ovos mexidos, salsichas frescas e saladas (entre peixe e carne, o menu vai variando semanalmente). A sopa de curgete e as panquecas vêm quentinhas diretamente da cozinha. A sala, decorada em tons quentes, não é grande. Daí que esta Taberna ofereça um dos brunches mais intimistas da cidade. Luís Pinho e Luísa Teixeira estão prestes a terminar a refeição. Já provaram quase tudo, à exceção da lasanha. Acham o sítio "acolhedor", com um menu "equilibrado". "Aos fim de semana queremos relaxar. O brunch é uma forma de termos uma refeição mais prolongada", dizem. Para o final, está guardada a fruta laminada e a tarte de nata. Na Taberna, onde sobressaem as caixas de vinho em madeira a decorar as paredes, os almoços de sábado são, por norma, mais demorados, sem os habituais petiscos "para picar" da ementa. Neste horário, as conversas são demoradas e o relógio pede calma na arte de saborear um pequeno almoço tardio. R. do Bonjardim, 450, Porto T. 22 2013560. Sáb 13h-16h

E mais...

  • BbGourmet Nos restaurantes das Antas, Bolhão e Bull & Bear serve-se brunch (€15; 7 anos 50%) aos sábados e domingos das 12 às 16 horas
  • Café Progresso O café centenário serve brunch diariamente e a qualquer hora (seg-qui 7h-19h, sex 7h30-24h, sáb 8h-24h, dom 10h-17h). Inclui ovos mexidos, torrada, compota e manteiga, sumo de laranja, café e leite por €5,44. R. Ator João Guedes, 5, Porto T. 22 3322647
  • HF Ipanema Park Aos domingos, o brunch é servido das 12 às 16 horas, por €15 e acesso ao parque de estacionamento. Reservas pelo T. 22 6194100. R. de Serralves, 124, Porto T. 22 5322121
  • Porto Palácio Hotel Vip Lounge O Sunday Brunch (domingos das 12 às 15 e 30), servido no último piso do hotel, com vista sobre a cidade, propõe uma seleção de muffins, iogurtes, compotas, bolas de carne, panquecas, tábua de queijos, saladas e outras iguarias. Custa €30. Av. Boavista, 1269, Porto T. 22 6086600
  • Casa de Chá de Serralves O brunch foi renovado e inclui sumo natural do dia, croissant com compota, manteiga e mel, iogurte com fruta e muesli, e sanduíche de brie com ovos e agrião (€16,50). Ao sábado e domingo das 10 às 18 e 30. R. D. João de Castro, 210 T. 91 727 3653
  • Zazá-sanduíches & bar É a última novidade: o brunch (entre €15 a €20) começa este domingo (das 12h às 15h) e inclui salmão, ovos estrelados com bacon e salsicha, pequena pastelaria, sumo de laranja, smoothies e sobremesa. R. Ramalho Ortigão, Porto 91 0257947