Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Abraçados pelo Alqueva na Herdade dos Delgados Dark Sky View Hotel & Spa, em Mourão

Escapar

A piscina, o restaurante e as varandas são verdadeiros miradouros neste hotel de quatro estrelas, onde a paisagem marca quem por ali passa. Bem-vindos ao novo Herdade dos Delgados Dark Sky View Hotel & Spa, em Mourão

"O hotel foi integrado no meio das árvores já existentes de forma a protegermos o território”, conta António Delgado, proprietário da Herdade dos Delgados, que se estende por dez hectares

"O hotel foi integrado no meio das árvores já existentes de forma a protegermos o território”, conta António Delgado, proprietário da Herdade dos Delgados, que se estende por dez hectares

Chegar de barco à Herdade dos Delgados será uma realidade dentro de pouco tempo. “Vamos ter um ancoradouro mesmo em frente ao hotel que vai permitir chegar pela água, é um dos serviços que nos distinguem na região”, diz António Delgado, proprietário do hotel de quatro estrelas, inaugurado no final de junho, em Mourão.

A vila raiana do Alto Alentejo encantou, de imediato, a família Delgado. “Temos viajado muito, a paisagem que se vê a partir do hotel (estamos rodeados de água) podia ser de qualquer parte do mundo. No entanto, estamos em Portugal, à beira do Alqueva, na Reserva Dark Sky. E isto é um verdadeiro luxo”, justifica. Foi esta imagem do Grande Lago que determinou a compra do terreno, dez hectares, no fim da antiga estrada por onde se faziam a entrada e a saída da vila, entretanto cortada para dar origem à barragem. O projeto, com 24 quartos e três apartamentos, todos com amplas varandas, para melhor apreciar a paisagem, tirou o máximo partido da localização, resvés ao Alqueva.

O edifício de dois andares encaixa na perfeição na paisagem natural do montado e é invisível a partir da estrada municipal que leva à herdade. “Não criámos barreiras arquitetónicas, o hotel foi integrado no meio das árvores já existentes de forma a protegermos o território”, conta o proprietário. É entre o montado que se caminha (ou corre) nos percursos pedestres existentes, e é também ao ar livre que se joga ténis, padel ou futebol de cinco. Quem preferir utilizar o spa também não fica privado da paisagem, já que, no interior, há luz natural e janelas para o exterior, um detalhe sempre presente em todos os corredores do hotel.

Os quartos foram decorados em tons terra com alguns apontamentos de cor, do azul ao verde. Qualquer que seja a localização, têm sempre varanda para se poder apreciar a vista

Os quartos foram decorados em tons terra com alguns apontamentos de cor, do azul ao verde. Qualquer que seja a localização, têm sempre varanda para se poder apreciar a vista

Cores e sabores do Alentejo
Na Herdade dos Delgados, a piscina com vista para o lago é dos locais mais apetecíveis. As espreguiçadeiras convidam a banhos de sol, mas é dentro de água, a observar a paisagem, que se relaxa verdadeiramente. Ao fim da tarde, quando a temperatura desce, tome-se uma bebida ao pôr do Sol, na esplanada na zona envolvente à piscina, que comunica com o bar e o restaurante Orion, uma pérola bem guardada, com cozinha de autor. “É uma filosofia diferente do fine dining, porque não quis menus de muitos pratos. O que pedi ao chefe foi: ponha-me o campo e o rio em três ou quatro sugestões”, revela António. E foi assim que Carlos Galhardas – que já passou pela equipa de Miguel Laffan e pelo Narcissus Fernandesii, em Vila Viçosa – desenvolveu uma carta baseada nos produtos endógenos da região, utilizando ingredientes tão característicos como beldroegas, ervas aromáticas, queijos, enchidos, frutos secos e peixes do rio.

O menu do restaurante é o espelho da identidade do território, as técnicas de alta cozinha estão lá, mas as criações são feitas de subtilezas e do respeito pelo produto. À mesa podem chegar sugestões tão diferentes como a reinterpretação de uma sopa de beldroegas (curiosamente um prato que o chefe não aprecia, mas que se desafiou a criar), lúcio e lagostins do nosso quintal com guarnição de molho de caldeirada de peixe do rio. Os vinhos e o serviço de sala estão nas mãos do sommelier Ângelo Santos, que também se surpreendeu com este recanto alentejano.

Lúcio e lagostins do nosso quintal com guarnição de caldeirada de peixe do rio, uma das sugestões da carta do restaurante, que dá destaque aos produtos endógenos da região

Lúcio e lagostins do nosso quintal com guarnição de caldeirada de peixe do rio, uma das sugestões da carta do restaurante, que dá destaque aos produtos endógenos da região

Herdade dos Delgados Dark Sky View Hotel & Spa > EM256, Mourão > T. 266 247 900 > a partir de €225

Aqui à volta

O que visitar e onde comer na região de Mourão

1. Praia Fluvial de Mourão
É preciso atravessar o passadiço de madeira, que liga o parque de merendas à pequena ilha, no meio da barragem de Alqueva, para chegar à praia fluvial de Mourão. Galardoada com Bandeira Azul, tem 320 metros de areal e um relvado para banhos de sol, com 45 chapéus de colmo. No espelho de água, há uma piscina flutuante para crianças, plataforma flutuante com torre de saltos, escada para banhistas e escorrega. Conte ainda com parque de merendas e bar de apoio. Mourão

2. Observatório do Lago Alqueva
Situado na Reserva Dark Sky, em Monsaraz, debaixo de um dos melhores céus do mundo, no Observatório do Lago Alqueva aprende-se a ver as estrelas com outros olhos. Com um programa recheado de atividades ligadas a astronomia, astrofotografia e ciência, promove sessões de observação astronómica, noturna ou solar, visitas guiadas e os sábados astronómicos, atividade direcionada para crianças, dos 6 aos 14 anos. Courela da Coutada, Monsaraz > T. 96 036 1906 > seg-dom 16h-23h30 > sábados astronómicos, 17 set, sáb 16h30 > €4 (6-14 anos) > observações, ter-sáb 21h30 > €15 (noturna), €4 (solar) > visita €1

3. Adega Velha
Ainda mal se chegou à porta, já soam as notas do cante alentejano entoadas pelos clientes da Adega Velha. O ritual é uma das atrações deste restaurante mouranense, também reconhecido pela sua comida alentejana. Na carta, destacam-se a sopa de cação, a sopa da panela, cozido de grão, o ensopado de borrego e a perdiz estufada. R. Dr. Joaquim de Vasconcelos Gusmão, 13, Mourão > T. 266 586 443 > ter-sáb 12h30-15h, 19h30-21h, dom 12h30-15h