Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Pestana Porto – Goldsmith: Um hotel rematado a filigrana

Escapar

Se há luxo no Pestana Porto – Goldsmith, o novo hotel do Porto gerido pelo grupo Pestana, é o da localização. Todos os 43 quartos têm varandas viradas para a Avenida dos Aliados, Rua dos Clérigos ou Rua do Almada

Os quartos primam pelos materiais nobres (como a madeira, o granito e o mármore) e pela luz natural

Os quartos primam pelos materiais nobres (como a madeira, o granito e o mármore) e pela luz natural

Quem olha para as fachadas, revestidas a azulejos amarelos e brancos, com as varandas de ferro forjado e pintadas a verde, percebe o cuidado na preservação da arquitetura original do século XVIII. Localizado numa das zonas mais nobres da cidade, o edifício do Pestana Porto – Goldsmith, com três frentes, tem vistas privilegiadas da Avenida dos Aliados, da Rua dos Clérigos e da Rua do Almada (onde está a entrada do hotel). “Vale ouro”, sublinha Mariana Lacerda, diretora-geral do Pestana Hotel Group, responsável pela gestão, aludindo ao tema do hotel: a filigrana portuguesa (goldsmith significa ourives em inglês). Uma ideia do proprietário e promotor do projeto, David Rosas, o grupo familiar dedicado há cinco gerações à joalharia e relojoaria de luxo, com origem em Gondomar.

O interior do prédio, esse, foi completamente esventrado, embora mantenha o espírito do tempo. “Pretende-se transmitir o que foi a vivência dos espaços, com a preservação de elementos como as portadas de madeira e os rodapés de granito das janelas”, conta Luís Viana, responsável pelo projeto arquitetónico e pela decoração. Nesta, a única alusão mais direta à filigrana são as fotografias de grande dimensão de Inês D’Orey, registadas em oficinas de ourivesaria tradicionais, espalhadas pelos 43 quartos e corredores. De resto, o hotel prima pela sobriedade e pelo conforto. No último piso, instalou-se o Auru Rooftop Bar, cuja carta aposta fortemente nos cocktails de autor, com nomes de pedras preciosas e referências aos elementos da tabela periódica. Aberto a não hóspedes, tem ainda algumas sugestões de petiscos.

Em fevereiro, no primeiro piso, deverá ser inaugurado um museu dedicado à filigrana, podendo os visitantes conhecer todo o processo de produção e, inclusive, observar ourives a trabalhar. No entanto, o projeto só fica concluído com a abertura, prevista para abril, de uma loja David Rosas, no piso térreo (onde outrora existiu a Casa Navarro) – cada vez mais, de luxo.

O terraço do Auru Rooftop Bar tem vista privilegiada para a Avenida dos Aliados, Rua dos Clérigos e Rua do Almada

O terraço do Auru Rooftop Bar tem vista privilegiada para a Avenida dos Aliados, Rua dos Clérigos e Rua do Almada

Pestana Porto – Goldsmith > R. do Almada, 14, Porto > T. 21 041 7160 > a partir de €152 (sem pequeno-almoço)