Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Onde vamos passear? 19 ideias para começar já a planear as escapadas do ano

Escapar

Na planície alentejana ou em Trás-os-Montes, perto do mar ou da serra, nestes 19 hotéis e turismos rurais não faltam opções para um fim de semana prolongado ou umas miniférias, em 2019

Florbela Alves, Joana Loureiro, Sandra Pinto, Susana Lopes Faustino e Susana Silva Oliveira

1. Herdade do Touril, Zambujeira do Mar

Em maio de 2018, a Herdade do Touril reabriu de cara lavada. A nova decoração, assinada pela arquiteta Joana Borges de Carvalho, abrangeu as cinco casas (com 18 quartos duplos) deste turismo rural, combinando, com graciosidade, os pormenores rústicos com os modernos. A quatro quilómetros de Zambujeira do Mar, em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano, o terreno integra o Trilho dos Pescadores, o percurso costeiro incluído na rede de caminhadas e de ciclismo da Rota Vicentina. À disposição dos hóspedes estão, aliás, bicicletas tradicionais e elétricas para que todos se possam fazer ao caminho. A piscina de água salgada, aquecida, a lareira exterior e o restaurante Touril (com carta desenhada pela Tasca do Celso, de Vila Nova de Milfontes) são outras atrações da herdade. Em janeiro, fecha para manutenção. Zambujeira do Mar, Odemira > T. 283 950 080 / 93 781 1627 > a partir de €120

À volta
Rota Vicentina
Rede de percursos pedestres e cicláveis na Costa Sudoeste de Portugal, com mais de 450 quilómetros

2. The Place, Estremoz

Foram precisos quatro anos de obras para transformar o velho edifício, na rua principal da vila velha de Évora Monte, no alojamento local com que Vicky e Mitch Webber sempre sonharam. “Só pelas janelas esperámos três meses. São de madeira importada do Quénia”, explica Mitch. Os hóspedes agradecem o empenho, até porque as janelas são um dos pormenores que marcam a diferença no The Place. É a partir delas, e dos terraços dos quartos (três duplos e um estúdio), que se usufrui da belíssima paisagem alentejana. “É uma maravilha acordar com esta vista, não é?”, atira Mitch. Cada quarto tem uma decoração diferente, com objetos que o casal foi recolhendo nas suas viagens, desde esculturas a quadros do Tintin. O pôr do Sol é imperdível, quer se esteja no terraço do quarto ou na esplanada do bar/restaurante, com um copo de vinho alentejano como companhia. R. de Santa Maria, 26, Évora Monte, Estremoz > T. 92 760 3884 > a partir de €80

À volta
Herdade do Freixo
A 13 quilómetros de Évora Monte, na Herdade do Freixo fazem-se visitas em torno do vinho e da arquitetura. A adega, a 40 metros de profundidade, tem um interior em espiral, semelhante ao Museu Guggenheim, em Nova Iorque

Lucilia Monteiro

3. Quinta da Pacheca, Lamego

O Douro Vinhateiro continua a surpreender. São disso exemplo as dez barricas de grande dimensão, nas quais é possível dormir com todo o conforto e charme, no meio da vinha e dos 57 hectares da Quinta da Pacheca. Todas as Wine Barrel’s têm a mesma configuração, uma original porta de vidro redonda e uma vista soberba. Além do deck sobre as vinhas, do qual se observa o vale do Douro, as suítes (30 metros quadrados) têm ainda uma claraboia que permite observar as noites de céu estrelado. O único senão será mesmo o facto de as famílias terem de deixar as crianças com os avós, pois a área das suítes não permite uma cama extra. Cambres, Lamego > T. 254 331 229 > a partir de €240

À volta
Teatro Ribeiro Conceição
Construído em 1727, em Lamego, é um belo exemplar da arquitetura da época. Vale a pena visitar, mesmo quando não há espetáculos.

Lucilia Monteiro

4. Pousada de Bragança, Bragança

Desde a entrega da gestão da Pousada de Bragança, há seis anos, à brigantina família Gonçalves, o edifício desenhado pelo arquiteto José Carlos Loureiro, na década de 50 do século XX, sofreu uma reabilitação total. A traça modernista foi respeitada, e os pormenores originais, como o painel de azulejos de Júlio Resende ou a lareira de granito, tipicamente transmontana, da sala de estar, conferem um encanto especial às áreas comuns. A vista do castelo de Bragança e do casco histórico é partilhada pelos 28 quartos, desafogados e confortáveis. O restaurante G, uma das grandes apostas da pousada, conquistou em 2018, pela primeira vez, uma Estrela Michelin. E as criações de Óscar Gonçalves, enaltecendo os produtos da região com técnicas contemporâneas, brilham agora noutro firmamento. R. Estrada do Turismo, Bragança > T. 273 331 493 > a partir de €90

À volta
Centro de Arte Contemporânea Graça Morais
No setecentista Solar dos Vargas, requalificado pelo arquiteto Eduardo Souto Moura, foi criado um centro para divulgação da obra da pintora transmontana e de outros artistas contemporâneos.

Lucília Monteiro

5. Quinta da Lamosa, Arcos de Valdevez

Faça chuva ou sol, muito há para desbravar nesta quinta de ecoturismo, às portas do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Seja no aconchego das duas Casas do Espigueiro, da Casa da Árvore ou da Casa da Corte – construídas em pinho nórdico, as duas últimas com lareira –, seja a passear entre os castanheiros, escutando o correr lento das águas do ribeiro, que atravessa a propriedade de 8 mil hectares. A tranquilidade é regra de ouro, mas, para quem preferir passar uns dias mais ativos e em contacto com a Natureza, bastará percorrer os trilhos da Ecovia do Vez a pé ou de bicicleta (€20/dia), ou aprender a fazer broa de milho em forno a lenha, na Porta do Mezio (€30). Todas as casas da quinta têm direito a pequeno-almoço, com o pão fresco deixado à porta diariamente, pela manhã. Lugar da Zebra, Gondoriz, Arcos de Valdevez > T. 91 450 9049 > €60 a €140 (mínimo duas noites)

À volta
Centro Interpretativo do Barroco
Acabado de abrir na igreja do Espírito Santo, em Arcos de Valdevez, conduz o visitante numa viagem pela arte barroca no Minho.

6. Grand House, Vila Real de Santo António

É uma novidade fresquinha do Sotavento algarvio e, só pela localização, um edifício histórico de Vila Real de Santo António à beira do Guadiana, já vale a visita. O Grand House é o primeiro hotel de cinco estrelas da cidade e abre portas, oficialmente, na segunda semana de janeiro. Com 30 quartos, um restaurante e dois bares, um deles no terraço, resulta da reconversão do antigo Hotel Guadiana, um dos ex-líbris da cidade. A decoração original, de inspiração colonial (combina pormenores de art déco com design contemporâneo), e o serviço cinco estrelas são um chamariz para quem gosta de descansar com todas as mordomias. Av. da República, 171, Vila Real de Santo António > T. 281 530 290 > a partir de €200

À volta
Passeio de barco no Guadiana
A partir de Vila Real de Santo António, é possível subir rio acima até à aldeia de Pomarão. Ao longo do passeio descobre-se a fauna e a flora da região, assim como pequenas povoações ribeirinhas.

7. Companhia das Culturas, Castro Marim

Arranjar melhor exemplo do que o Algarve tem de bom é capaz de ser tarefa árdua: na Companhia das Culturas, estamos a anos-luz das enchentes, dos mamarrachos, das filas para tudo e mais alguma coisa (sim, mesmo no verão). Aqui, respeita-se o espírito do lugar, o mesmo é dizer, da propriedade agrícola de 40 hectares, nas mãos da mesma família há cinco gerações. E, por isso, na Tal Qual Petiscaria, come-se o que a terra dá – e ao ritmo das estações. E, por isso, na Cork Box, a antiga garagem da debulhadora, realizam--se sessões de ioga. E, por isso, incentivam-se os passeios pela serra e pela reserva de Castro Marim. No total, são nove quartos, mais quatro apartamentos (um deles ocupa o lugar do antigo lagar de azeite) e, para quem não dispensa o areal, a Praia Verde, a pouco mais de um quilómetro. Bendito Sotavento. Sara Belo Luís Fazenda S. Bartolomeu, R. do Monte Grande, Castro Marim > T. 281 957 062 / 96 036 2927 > a partir de €90

À volta
Restaurante Fernando
No centro de Altura, é um elogio à cozinha típica da região: peixe para grelhar, cataplanas e (diz quem sabe) as melhores ostras do Sotavento algarvio.

8. Herdade da Barrosinha, Alcácer do Sal

As antigas casas dos trabalhadores da Herdade da Barrosinha, em Alcácer do Sal, que conta com mais de meio século de existência, foram remodeladas no verão passado para receber hóspedes. Situada junto ao estuário do Sado, a pouca distância das praias da Comporta, estende-se por 2 mil hectares esta propriedade localizada numa zona rural tranquila, a convidar ao descanso. Inseridas na paisagem do Litoral alentejano, as seis casas, de tipologia T1 e T2, podem alojar quatro ou seis pessoas, respetivamente. Ao lado das habitações, entre pinheiros-mansos e sobreiros, fica a piscina e, um pouco mais além, alguns animais, a vinha, a adega e a plantação de arroz. A considerar, para uma escapadinha romântica ou uns dias em família. Estrada de Torrão, Alcácer do Sal > T. 265 623 142 > a partir de €69

À volta
Comporta Café
Aberto durante o ano inteiro, no areal da praia da Comporta, o restaurante serve cozinha tradicional portuguesa com forte incidência nos pratos de peixe e no arroz.

9. Lagos Avenida Hotel, Lagos

Quem conhece Lagos sabe que este quatro estrelas algarvio (de 46 quartos, todos decorados em tons de branco e com madeira clara) nasceu no edifício da antiga Messe dos Militares, na artéria principal da cidade. A transformação foi profunda, e o que agora se vê é um hotel moderno e cosmopolita, onde qualquer pessoa pode tomar um pequeno-almoço, concentrado no serviço à la carte, com ovos, crepes ou waffles, preparados no momento (€22 para não hóspedes), e voltar para jantar no Avenida Restaurante, sob o comando do chefe Roeland Klein, com boas carnes maturadas e peixe ao sal. No último piso, o terraço com piscina infinita, aquecida no inverno (de novembro a março), e o bar, com vista privilegiada sobre a marina de Lagos e o mar, são um regalo para uns dias de descanso. Av. dos Descobrimentos, 53, Lagos > T. 282 780 090 > a partir de €120

À volta
Mar d’Estórias
Dedicada a tudo o que é português (dos doces à música, das malas aos livros), nesta loja cabe, ainda, um bistrô com comida simples e um terraço, de onde se vê a cidade e o mar.

José Caria

10. Sublime Comporta Country Retreat & Spa, Grândola

É por um caminho de areia e de caruma, perfumado por pinheiros-mansos e alfazemas, que se chega ao primeiro conjunto de casas feitas de madeira, no Sublime Comporta Country Retreat & Spa, perto da Comporta. Nesta bonita herdade que se estende por 17 hectares, somando atualmente 81 quartos, há muitos recantos para descobrir ao ritmo da preguiça. Na casa principal, o restaurante Sem Porta, inspirado nos antigos celeiros da região, disponibiliza uma ementa baseada na cozinha portuguesa. Dali vê-se o jardim biológico, com mais de 300 variedades de ervas aromáticas, legumes e flores comestíveis, que alimentam os restaurantes e o spa (ali a dois passos, com novos tratamentos e massagens desde o verão). Já no centro do jardim, no Food Circle, com 12 lugares, o chefe Tiago Santos trabalha os produtos no fogo, e a carta, servida apenas ao jantar, depende do que a estação oferece. EN 261-1, Muda, Grândola > T. 269 449 376 > a partir de €225

À volta
Cavalos na Areia
Os passeios de cavalo, organizados pela empresa Cavalos na Areia, são uma das melhores formas de apreciar a beleza natural da zona da Comporta.

João Pedro Silva

11. Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa, Fundão

Construído no início do século XVI, o Convento do Seixo Boutique & Spa, inaugurado em outubro de 2018, numa das entradas da cidade do Fundão, ainda guarda pormenores do passado, como as pias em pedra original, que podem ver-se ao lado da cama e da banheira numa das suítes (quatro, no total). O projeto, que teve como principal preocupação preservar a traça de origem do edifício, conta ainda com 24 quartos e quatro villas exteriores, a maioria com vista para as serras da Gardunha e da Estrela. Quinta do Convento, Fundão > T. 275 249 670 > a partir de €110

À volta
Aldeia histórica de Castelo Novo

Há muito para apreciar nesta aldeia da serra da Gardunha: a calçada romana, o cruzeiro do III Centenário da Restauração, a capela de Santo António e o castelo de arquitetura militar, do qual resta uma torre quadrangular.

12. You and the Sea, Ericeira

Localizado no centro da Ericeira, o You and The Sea abriu portas em julho de 2016, a tempo de os hóspedes gozarem esse verão e a praia ali a 500 metros. Estes 36 apartamentos, que apostam em diferentes tipologias (desde o estúdio ao T5) com serviço de hotel, são ideais para uma escapada a dois ou para partilhar com seis familiares e amigos. Cada apartamento tem sala de estar, cozinha equipada e uma varanda privativa. E nem falta um restaurante, o Jangada, com lareira e vista para o oceano. Na carta, há pratos inspirados no mar mas também pizzas feitas com massa de longa fermentação, cozinhadas em forno a lenha, entre outras sugestões. Para complementar a sensação de bem-estar, o spa Voya conta com uma oferta que vai desde as massagens aos tratamentos de beleza. Um bom abrigo para os dias de frio. R. das Silvas, Ericeira > T. 261 243 370 > a partir de €95

À volta
Centro de Interpretação da Reserva Mundial de Surf da Ericeira

Integra um projeto desenhado por mais de 20 criativos da ExperimentaDesign, para a Câmara Municipal de Mafra, incluindo também o Surf Café, com esplanada no varandim.

Marcos Borga

13. Aldeia da Praia, Sintra

A caminho da Praia das Maçãs, em Sintra, a antiga Colónia de Férias da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses foi transformada num parque de campismo, onde apetece estar, mesmo sem tenda. Ali há espaço para 40 tendas, mais nove tipi, com muito charme e todas as comodidades. Quem passa na estrada, na Avenida do Atlântico, repara, de imediato, no antigo depósito de água. À sua volta, foi criada uma esplanada, partilhada por três negócios que fazem a apologia dos produtos locais. A Cervejaria Hops & Drops é um taproom com oito torneiras só de cerveja artesanal portuguesa. O Invino.pt funciona como wine bar, garrafeira, loja gourmet e galeria de arte, para peças portuguesas. A carripana da Souldough está equipada com um forno a lenha tradicional, do qual saem típicas pizzas napolitanas, todas vegetarianas. Sónia Calheiros Av. do Atlântico, Praia das Maçãs, Sintra > T. 21 805 8356 > tenda própria a partir de €10; tenda tipi a partir de €59 (com casa de banho a partir de €79)

À volta
Restaurante O Crôa

Um clássico da Praia Grande, há 57 anos a servir fresquíssimo peixe grelhado, diversos arrozes e pratos de bacalhau.

Lucilia Monteiro

14. Quinta dos Murças, Peso da Régua

Localizada entre a Régua e o Pinhão, na margem direita do Douro, a Quinta dos Murças é o primeiro projeto de enoturismo do Esporão no Norte. Dez anos depois da recuperação da vinha, onde se pratica a produção biológica, e da adega, abrem-se agora as portas aos hóspedes. A casa, com cinco quartos e uma enorme varanda sobre o rio (da qual não apetece sair, garantimos), tem piscina, jardins e horta. À disposição está também a cozinha e a sala de jantar, na qual podem ser servidas as refeições, simples, caseiras e de sabor regional. Para usufruir da envolvente desta casa oitocentista, recuperada pelo arquiteto João Botelho, sugerem-se piqueniques ou passeios por trilhos pedestres, já delineados. Se desejar conhecer a garrafeira e a sala de provas, é necessário descer à antiga cave. Quem optar por fazer a viagem de comboio, o que se aconselha, vivamente, é sair na estação de Covelinhas: um portão dá acesso direto à propriedade. Covelinhas, Peso da Régua > T. 93 455 0006 > a partir de €120 (quarto) e de €650 (casa)

À volta
Miradouro de São Leonardo da Galafura
Situado próximo de Covelinhas, é um dos miradouros mais conhecidos do Douro. Tem uma panorâmica extraordinária sobre o rio e os socalcos que o rodeiam.

D.R.

15. Aqua Village Health Resort & Spa, Oliveira do Hospital

Depois de se descer a estrada de ziguezagues que serpenteia a montanha, chega-se ao Aqua Village Health Resort, distinguido recentemente com o prémio de Melhor Resort de Luxo para Famílias da Europa, na pacata aldeia de Penalva de Alva, em Oliveira do Hospital. Os 30 apartamentos, com sala e cozinha, diferem pela tipologia (T1, T2 e 1 suite/moradia), pela banheira de hidromassagem na varanda e pela vista para o rio Alva. Apesar de apetecer ficar por ali a tomar um banho quente, há que ir até à beira-rio, onde estão duas enormes estruturas suspensas (em fibra de vidro e revestidas, por dentro, a cortiça), um dos lugares mais cobiçados do hotel. Nas “gotas”, assim lhe chamam, fazem-se massagens, usando o mel da região. Mas há mais para deixar a preguiça dar largas à imaginação: restaurante, sala de cinema, kids club (com jogos de tabuleiro, insuflável e brinquedos) e um spa bem equipado. Av. Principal, 1, Caldas de São Paulo, Oliveira do Hospital > T. 238 249 040 > a partir de €120

À volta
Museu do Azeite
Acabado de inaugurar na Bobadela, no museu conta-se a história da produção de azeite (moagem, prensagem e decantação), da época romana até aos nossos dias

16. Casa de São Lourenço, Manteigas

Só pela vista sobre o vale glaciar do Zêzere e a vila de Manteigas, que se alcança do terraço, já valeria a pena a visita à Casa de São Lourenço – Burel Panorama Hotel, o primeiro cinco estrelas da serra da Estrela, aberto no final de setembro. Mas se a esta se juntar a recuperação da antiga pousada, obra do arquiteto Rogério de Azevedo (1948), o mobiliário original de Maria Keil do Amaral e o bem-receber dos proprietários, João Tomás e Isabel Costa, teremos bons motivos para rumar ao ponto mais alto do País. Dos 21 quartos (quatro dos quais são suítes), não há como fugir da serra, que entra pelas janelas adentro, bem como do restaurante panorâmico, do spa ou da piscina aquecida com vista sobre o glaciar. A decoração tem a lã das ovelhas no burel – autoria da Burel Mountain Originals – das mantas às paredes, além de peças de design português (Vicara, Olaria de Molelos, Bordallo Pinheiro, Marco Sousa Santos, entre outros). É, portanto, também uma casa-património. Estrada Nacional 232, km 49,3, Campo Romão, Manteigas > T. 275 249 730 / 96 828 5937 > a partir de €175

À volta
Burel Factory
Na fábrica, em Manteigas, conhece-se todo o processo do burel e a história dos lanifícios portugueses (visitas guiadas gratuitas seg-sáb 11h, dom 12h).

17. Vila Galé Collection Braga

Ocupa um dos edifícios mais marcantes do centro histórico de Braga, onde funcionou o antigo hospital de São Marcos, desde a sua fundação, em 1508 (por iniciativa de D. Diogo de Sousa), até ao fecho, em 2011. Na recuperação feita pelo grupo Vila Galé, procurou-se respeitar a arquitetura original (sobretudo da ala antiga, à volta de um belo claustro ajardinado) e recordar, com painéis informativos e objetos litúrgicos, a influência da Igreja nos destinos da cidade. O hotel de quatro estrelas, com 123 quartos, foi inaugurado em junho de 2018 e disponibiliza dois restaurantes, piscinas exteriores e interior e um spa. Lg. Carlos Amarante, 150, Braga > T. 253 146 000 > a partir de €120

À volta
Palácio do Raio

Construído entre 1752 e 1754, é uma das obras mais significativas do arquiteto André Soares. Alberga o Centro Interpretativo das Memórias da Misericórdia de Braga.

Lucília Monteiro

18. Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, Ílhavo

O hotel de cinco estrelas funciona como uma espécie de show room da Vista Alegre, com a decoração minimalista dos três pisos, inspirada nas pinturas manuais, nas peças brancas e nos moldes da marca de cerâmica. Os 95 quartos estão divididos entre este edifício moderno (com spa e restaurante), o palácio reabilitado (outrora pertencente aos fundadores, a família Pinto Basto) e uma nova ala, criada nas casas reconvertidas do antigo bairro operário. Dentro desta pequena “aldeia”, há ainda o Museu da Vista Alegre, com um registo fabuloso dos 195 anos da fábrica, a capela de Nossa Senhora da Penha de França (classificada como monumento nacional), o teatro e as lojas, para quem não resista a fazer umas compras. Lugar da Vista Alegre, Ílhavo > T. 232 420 000 > a partir de €100

Aqui à volta
Museu Marítimo de Ílhavo

Aqui conta-se a história da pesca do bacalhau à linha, nos mares do Norte (não falta, inclusive, um aquário dos bacalhaus.

D.R.

19. Tivoli Évora Ecoresort, Évora

O primeiro Tivoli no Alentejo, que é também o único hotel no mundo revestido a cortiça (o edifício principal), fica em Évora, a pouco mais de uma hora de Lisboa. A novidade é fruto da integração do Ecorkhotel – Suites & Spa no portefólio da Minor Hotels, detentora da marca Tivoli. Integrado na paisagem alentejana, numa propriedade que se estende por 38 mil metros quadrados, o agora Tivoli Ecoresort Hotel, a três quilómetros de Évora, cidade Património Mundial da UNESCO, é um refúgio no campo. Tem 56 suítes de tamanho generoso e um terraço privativo, sendo a villa, com nove quartos e uma piscina privada, uma das novidades. Entre sobreiros, azinheiras e oliveiras, fazem-se passeios a pé ou de bicicleta e, no restaurante Cardo, provam-se as deliciosas propostas da gastronomia alentejana, preparadas com produtos da própria horta. Nesta altura do ano, o spa com vários tratamentos de assinatura é das zonas mais procuradas no hotel; em dias soalheiros, há que subir ao terraço e observar, sem pressas, a vista para o montado. Qtª da Deserta e Malina, Évora > T. 266 738 501 > a partir de €84

Aqui à volta
Restaurante Origens

Perto da Praça do Giraldo, em Évora, o chefe Gonçalo Queiroz recria pratos do receituário alentejano, com produtos endógenos da região.