Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Amor e uma cabana (e outros mimos) no Sublime Comporta Country Retreat & Spa, em Grândola

Escapar

Nesta herdade, por entre pinheiros-mansos, há 22 novas villas para descobrir, um jardim biológico, dois restaurantes e um spa. No Sublime Comporta Country Retreat & Spa, tudo está em sintonia

Todas as villas do Sublime Comporta têm piscina privada
1 / 6

Todas as villas do Sublime Comporta têm piscina privada

No Food Circle, no meio do jardim orgânico, servem-se refeições a 12 comensais feitas maioritariamente no fogo
2 / 6

No Food Circle, no meio do jardim orgânico, servem-se refeições a 12 comensais feitas maioritariamente no fogo

Fabrice Demoulin

Neste cantinho ao ar livre, saboreiam-se os dias de sol de inverno
3 / 6

Neste cantinho ao ar livre, saboreiam-se os dias de sol de inverno

Nelson Garrido

O restaurante Sem Portas, fica na casa principal do Sublime Comporta
4 / 6

O restaurante Sem Portas, fica na casa principal do Sublime Comporta

NELSON_GARRIDO

Ao todo há 91 quartos nesta herdade na Comporta
5 / 6

Ao todo há 91 quartos nesta herdade na Comporta

Nelson Garrido

6 / 6

Nelson Garrido

Assim que se abre o portão do Sublime, na estrada que liga a Comporta a Grândola, os pinheiros-mansos, os sobreiros e o chão de areia lembram a proximidade da praia. Apesar de não ser tempo de ir a banhos, vale a pena fazer uma caminhada, a pé ou de bicicleta, para apreciar a beleza natural da região, conhecida pelos seus campos de arrozais e pelas suas águas turquesa.

O Sublime nasceu em 2014, numa bonita herdade que se estende por 17 hectares, somando atualmente 81 quartos. Seguindo o trilho até à casa principal, descobrem-se as primeiras casas feitas de madeira que recriam as típicas cabanas da Comporta, embora com uma interpretação contemporânea – cada uma com tipologia diferente (com 2, 3, 4 e 5 quartos) e terraço. Se no verão é a piscina exterior que nos “prende” por ali, nesta altura do ano são as lareiras nos quartos e na sala que nos fazem sentir aconchegados. A decoração sóbria, pensada por Gonçalo Pessoa, proprietário do hotel, e pela sua mulher, Patrícia, que partilham o gosto pelas viagens, é enriquecida pelo desenho dos arquitetos José Alberto Charrua e Miguel Câncio Martins, que assina também o design de interiores.

No edifício principal, o restaurante Sem Porta, inspirado nos antigos celeiros da região, impõe uma paragem para saborear a ementa baseada na cozinha portuguesa, com destaque para os produtos da região. Dali vê-se o jardim biológico, concebido por Graça Saraiva, da Ervas Finas, com mais de 300 variedades de ervas aromáticas, legumes e flores comestíveis que alimentam os restaurantes e o spa. “Este jardim é uma espécie de laboratório vivo, que se inspira nos recursos locais existentes, na história do lugar, nas características próprias de cada planta, e nas pessoas, que dele vão cuidar e usufruir”, explicam os proprietários. No centro do jardim, está o Food Circle, um restaurante com 12 lugares à mesa, onde os produtos são trabalhados no fogo, pelo chefe Tiago Santos, e a ementa, servida apenas ao jantar, depende da época do ano e do que o jardim tem para oferecer. Um lugar especial, este, sem dúvida, onde se respira sossego e boa energia.

No spa, renovado este ano, as massagens e os tratamentos são feitos com produtos do jardim orgânico e da marca Amala

Sublime Comporta Country Retreat & Spa > EN 261-1, Muda, Grândola > T. 269 449 376 > a partir de €225 (época baixa), a partir de €360 (época alta)