Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

No The Wine House da Quinta da Pacheca, em Lamego, dorme-se dentro de pipas

Escapar

Na tranquilidade do Douro, há dez barricas de grande dimensão acomodadas no cimo da vinha e com terraço privado. Bem-vindos às Wine Barrels da Quinta da Pacheca, em Lamego

As Wine Barrels são dez suítes construídas em dez barricas de vinho, com terraço privado e vista para as vinhas
1 / 7

As Wine Barrels são dez suítes construídas em dez barricas de vinho, com terraço privado e vista para as vinhas

Lucília Monteiro

2 / 7

Lucília Monteiro

3 / 7

Lucília Monteiro

4 / 7

Lucília Monteiro

As visitas à adega estão incluidas no programa de enoturismo que tem ainda passeios pela quinta, provas e workshops
5 / 7

As visitas à adega estão incluidas no programa de enoturismo que tem ainda passeios pela quinta, provas e workshops

Lucília Monteiro

A sala de provas da The Wine House Quinta da Pacheca
6 / 7

A sala de provas da The Wine House Quinta da Pacheca

Lucília Monteiro

7 / 7

Lucília Monteiro

À entrada da Quinta da Pacheca, a avenida de plátanos indica-nos a direção do The Wine House. A vindima já terminou, mas o odor intenso das uvas ainda paira no ar. Aqui, absorvido pelo verde das vinhas plantadas em socalcos a perder de vista, vai abrandar o ritmo.

Na zona mais elevada desta propriedade com 57 hectares, que se estende até ao rio Douro, rasgou-se uma nova alameda para acomodar as Wine Barrels – dez barricas de vinho de grande dimensão, onde desde junho se pode dormir, com todo o conforto. Com diferentes apontamentos de cor, nas almofadas e cortinas, todas as suítes têm a mesma configuração e uma original porta de vidro redonda. “É uma nova experiência para quem procura sossego, Natureza, boa comida e vinho”, realça Sandra Dias, responsável pelo enoturismo da Quinta da Pacheca.

Construídas à imagem das barricas, feitas pelos mestres tanoeiros, as Wine Barrels, com cerca de 30 metros quadrados, têm nomes de castas do Douro, além de uma numeração similar à das pipas na adega. Assim, pode optar-se por dormir na Malvasia Fina 060, na Touriga Franca 030 ou na Rabigato 020. Além de um deck com vista para as vinhas e para o vale, por cima da cama há ainda uma pequena claraboia, que permite observar as estrelas. Maria do Céu Gonçalves e Paulo Pereira, proprietários da Quinta da Pacheca, desde 2012, procuravam “uma ideia original”, à qual o arquiteto Henrique Pinto deu forma. “Foram muitos os esquissos até chegar ao desenho final”, conta Sandra Dias. Já no próximo ano, num novo edifício, a quinta terá mais 24 quartos, um spa e piscinas interior e exterior.

A última nota vai para quem tem crianças, isto porque as Wine Barrels não permitem pôr uma cama extra. Elas, com certeza, não se vão aborrecer de ficar com os avós. Já os pais agradecerão o lento acordar, no silêncio das vinhas, com o pequeno-almoço entregue à porta.

The Wine House Quinta da Pacheca > Cambres, Lamego > T. 254 331 229 > a partir €240 (pequeno-almoço incluído)