Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

No hotel White, em Lisboa, estamos quase no céu

Escapar

A luz de Lisboa serve de guia no White, o novo hotel na zona do Saldanha. No inverno, são os quartos a conquistar os hóspedes; no verão, é a piscina que, no último andar, refresca os dias

Os 45 quartos do White ganham mais profundidade com o mobiliário branco e os jogos de espelhos das paredes

Os 45 quartos do White ganham mais profundidade com o mobiliário branco e os jogos de espelhos das paredes

Bastam 13 passos para percorrermos a estreita fachada do White, junto ao Saldanha. E só isso já é motivo de curiosidade – ou não estivéssemos nós numa zona da cidade com prédios de fachadas largas e alguns edifícios modernos. O hotel faz jus ao nome: a cor branca está sempre presente, quer nas zonas comuns quer nos quartos, e a tão afamada luz de Lisboa entra pelas janelas deste hotel de três estrelas.

A decoração, da responsabilidade de Rui Cristóvão, tem várias referências ao mar, em pequenos objetos, nas imagens de algumas cabeceiras das camas ou na água que se vê e ouve correr no teto e numa das paredes da receção. Pequenos apontamentos de cor, quadros e outras peças como búzios ou conchas contrastam na brancura das paredes e mobiliário. Ao todo, são 41 quartos, nenhum é interior e quase todos têm configurações diferentes. Sempre presentes, as janelas deixam entrar a luz e ver as vistas, por exemplo, para a Avenida da República e Saldanha. Também existem muitos espelhos sendo que alguns escondem o sistema de smart tv. O mesmo se passa nas quatro suítes, localizadas no nono andar: duas Sky e duas High, todas duplex e, no caso das Sky, equipadas com kitchenette. Entre as quatro, há duas viradas para a Avenida da República, com varandas para observar o vai e vem da cidade. Mais acima no último andar, a vista é ainda mais abrangente. No terraço Sky White, existe uma piscina com 13 metros de comprimento (os mesmos da fachada) e, daqui, os olhos alcançam Monsanto e o rio Tejo, numa visão de quase 360 graus. “Somos um hotel três estrelas a competir com os de quatro aqui da zona”, diz Alexandra Monteiro, assistente da direção.

A tecnologia não foi esquecida e, por isso, no White, já não se põem papéis na porta a pedir para não incomodar/limpar o quarto. Tudo isso é feito através de um equipamento dentro do quarto e ativado por toque. Do lado de fora, no mesmo aparelho onde se passa a chave, fica visível o pedido. Outra coisa que, no White, também já não se faz é bater à porta dos quartos e, como tal, existe uma campainha para anunciar as visitas. Dlim-dlão.

A piscina do White tem 13 metros de comprimento (os mesmos da fachada do edifício), e, daqui, os olhos alcançam Monsanto e o rio Tejo, numa visão de quase 30 graus

A piscina do White tem 13 metros de comprimento (os mesmos da fachada do edifício), e, daqui, os olhos alcançam Monsanto e o rio Tejo, numa visão de quase 30 graus

White > Av. da República, 9, Lisboa > T. 21 006 0700 > a partir de €90